Talharim com abobrinha, manjericão e limão

Não falei que as abobrinhas eram muitas?! (risos) Esse foi o almoço de hoje, essa massa é uma maravilha, fiquei realmente muito feliz em ter feito essa receita que retirei de uma revista Claudia Cozinha bem antiga, na verdade eu comprei um lote de revistas Claudia Cozinha que estavam de promoção no site da abril.

  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 2 dentes alho picados
  • 3 abobrinhas cortadas em fitas (eu usei o ralador)
  • Sal e pimenta-do-reino branca à gosto
  • 1/3 xícara (chá) de manjericão
  • 1 colher (sopa) de casca de limão ralada
  • 2 colheres (sopa) de suco de limão
  • 200 g de talharim cozido al dente
  • 2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado

Em uma frigideira grande (eu usei minha wok), aqueça o azeite e refogue o alho até começar a dourar, acrescente a abobrinha e refogue (não deixe cozinhar demais) acrescente a massa, as raspas de limão o manjericão e suco, misture bem e sirva a seguir polvilhado com queijo parmesão ralado.

Anúncios

Quiche Lorraine

Jantar de ontem, essa receita é do querido Álvaro Rodrigues, esse tem o poder adoro todas as receitas dele e tenho muitos arquivos cheios delas. A quiche ficou muito boa, e a massa é crocante uma delícia.

Massa

  • 250 g de farinha de trigo
  • 1 colher (chá) de sal
  • 1/2 xícara (chá) de manteiga sem sal gelada e picada
  • 1 gema
  • 4 colheres (sopa) de água gelada

Recheio

  • 100 g de bacon picado e frito
  • 100 g de presunto picadinho
  • 130 g de queijo prato ralado

Cobertura

  • 2 ovos (ligeiramente batidos)
  • 400 ml de creme de leite fresco
  • Sal à gosto
  • Pimenta-do-reino branca
  • Noz moscada ralada
  • Parmesão ralado para polvilhar

Preparo da massa: Coloque numa tigela, a farinha com a manteiga e o sal e vá esfarelando com a ponta dos dedos até obter uma “farofa” bem úmida. Em seguida, junte a gema e a água e amasse delicadamente até obter uma massa lisa, macia e homogênea. Leve a geladeira por 1 hora. Eu fiz toda a massa no processador é bem facil.

Preparo do recheio: Frite o bacon e separe a da gordura que ser forma e misture com o presunto e o queijo ralado e reserve.

Preparo da cobertura: Bata ligeiramente os ovos, acrescente o creme de leite e os temperos e envolva delicadamente.

Montagem: Aplique a massa no fundo e lateral das fôrmas de quiche (as minhas tem 7 cm de diâmetro), fure toda a massa com um garfo, espalhe o recheio e despeje por cima a cobertura, salpique parmesão ralado. Leve ao forno pré aquecido à 200 graus, até que estejam bem dourados.

  • Dica- eu fiz meia receita da cobertura e deu pra todas as quiches perfeitamente.

Vou deixar aqui uma dica de recheio pra quem não come presunto e bacon.

  • 300 g de salmão fresco temperado (assado e lascado grosseiramente)
  • 300 g de brócolis (cozidos al dente)
  • 130 g de queijo prato ralado ( ou queijo gruyére)

Misture tudo e recheie a massa e coloque a cobertura.

Frango salteado com legumes

Almoço de hoje, vocês devem estar se perguntando: Frango novamente?! Sim pessoal, essa é carne que mais consumo depois da redução de estômago, por ser macia. Tinha uma grande quantidade de abobrinha na gaveta da geladeira então resolvi usar minha wok (viu Valentina a panela não sai mais de cima do fogão) e fiz esse franguinho que ficou danado de bom, servi com esse arroz branco feito com lascas fininhas de alho.

  • 500 g filé de frango em tiras
  • 1/2 xícara (chá) de shoyo
  • 4 abobrinhas cortadas em palitos
  • 1 pimentão vermelho grande em cubos
  • 2 cebolas cortada em pedaços grandes
  • Sal se necessário
  • 1 colher (sopa) de óleo vegetal

Esquente bem a wok e coloque o óleo e refogue o frango, até que esteja bem cozidinho. Acrescente o pimentão e deixe refogar um pouco, coloque a cebola e a abobrinha e refogue por uns 3 min, os legumes deve ficar todos al dente.
Franguinho ainda na panela.

Frango assado no suco de laranja

Almoço de domingo, tinha que ser algo facil, tipo coloca no forno e não pede muito acompanhamento, porque o filhote queria jogar “o jogo da vida”, então resolvi assar esse franguinho a receita é da querida Palmirinha, sempre faço esse frango fica molhadinho e macio mas tão macio que solta do osso, pra acompanha um arroz de açafrão e uma boa salada, um suco natural e partir pro abraço (risos) estava realmente muito bom.

  • 1 q de coxa frango
  • 200 g de bacon fatiado
  • 300 ml de suco natural de laranja
  • Sal, pimenta-do-reinho, tomilho, oregano à gosto
  • 2 dentes de alho amassadinhos

Tempere o frango com o alho, sal, pimenta, tomilho e óregano, enrole a fatia de bacon em cada pedaço de frango e coloque em uma assadeira, junte o suco de laranja e leve ao forno médio, até estar cozido e dourado. Ai vai a foto da saladinha que não tem receita e é tão boba que fico até sem jeito de postar aqui, mas estava uma delícia. Alface lisa, tomate, pepino em conserva, lascas de parmesão, cebola roxa e semente de papoula.

Yakisoba

Dias atrás a Clarice postou uma deliciosa receita de yakisoba, eu adoro esse prato e também a pouco tempo comprei uma panela wok. Sempre que queria comer esse prato eu ia a um restaurante super simples e muito honesto na liberdade. Mas resolvi começar a fazer em casa mesmo e ficou uma delícia, aprovadissimo. A compra da panela wok teve um empurrão da querida Valentina, pois em um de seus posts ela falava maravilhas dessa panela e eu não aguentei de vontade de ter uma em casa, Val eu adorei a dica a panela é realmente uma maravilha.

  • 500 g de filé de frango cortado em cubinhos
  • 1 xícara (chá) de molho pronto para yakisoba
  • 300 g de macarrão para yakisoba pré-cozido
  • 2 colheres (sopa) de óleo vegetal
  • 2 colheres (sopa) de óleo de gergelim
  • 500 g de legumes para yakisoba picados (brócolis, cenoura, couve-flor, pimentão verde, acelga e cebola)
  • 1 vidro de cogumelos fatiados
  • 1/2 xícara (chá) de shoyo

Tempere o frango com 1/2 xícara de molho para yakisoba e deixe na geladeira por 30 min. Enquanto isso frite o macarrão que já deve estar cozido no óleo de gergelim e reserve em uma travessa. Na mesma panela, aqueça as duas colheres de óleo vegetal e frite o frango por aproximadamente 5 min, mexendo sempre. Acrescente os legumes, os cogumelos e misture bem, não deixe cozinhar demais, eles devem ficar al dente. Adicione o restante do molho, o shoyo deixe ferver, misture o macarrão e sirva em seguida. Uma foto do molho que usei.

Cookies com gotas de chocolate

Essa receita eu tirei de uma revista Cláudia Cozinha, tenho que dizer que minha primeira experiência com cookies foi um desastre, cheguei a desanimar, não queria mais testar nenhuma receita com medo de perder os ingredientes, mas vi esta receita e a foto estava tão linda e meu menininhos aqui adoram esse biscoito então me enchi de coragem e executei a receita, os menininhos adoraram o meu filhote comeu um monte, como eu não como doce estou confiando neles.

  • 2 1/4 de xícara (chá) de farinha trigo
  • 1/2 colher (chá) de bicarbonato de sódio
  • 14 colheres (sopa) de manteiga em temperatura ambiente (1 colher de sopa tem 10 gramas)
  • 3/4 de xícara (chá) de açúcar cristal
  • 1/4 de xícara (chá) de açúcar demerara
  • 1 colher (shá) de sal
  • 2 colheres (chá) de essência de baunilha
  • 2 ovos
  • 2 xícaras (chá) de chocolate meio amargo em gotas

Aqueça o forno em temperatura média. Numa tigela, misture a farinha com o bicarbonato. Na batedeira, bata a manteiga com os dois tipos de açúcar até obter uma mistura fofa. Reduza a velocidade da batedeira e junte o sal a baunilha e os ovos. Bata bem. Adicione a mistura de farinha e bata até ficar homogêneo. Retire da batedeira e junte as gotas de chocolate e misture bem. Coloque porções de meia colher (sopa) da massa em uma assadeira sem untar, deixando um espaço de 2 cm entre os biscoitos. Mantenha a massa que sobrar na geladeira. Leve ao forno por dez minutos ou até os biscoitos crescerem e dourarem na borda. Tire do forno e deixe descansar por três minutos. Com uma espátula retire os cookies e deixe esfriar em cima de uma grade. Faça o mesmo com restante da massa.

Presente!

Acho que o marido ficou com pena, ou então não aguentava mais a reclamação do fogão antigo, que aliás era horrivel, o forno não esquentava direito um terror. Então escolhi esse modelo, com 2 fornos independentes e grill, só usei um forno por enquanto (hehehe) e adorei. É o caçula da cozinha.