Omelete de espinafres

Image and video hosting by TinyPic

Esses dias estava vendo um programa de culinária do Mestre Cuca, chef Alan e ele fez uma semana inteirinha só com receitas a base de ovos, e nesse dia estava sentada em frente a tv vendo o programa e pensando no que fazer para o jantar quando ele deu essa dica, tudo que tinha em casa não pensei duas vezes e fiz. Foi um jantar simples e muito saboroso! Para fazer as omeletes usei dois ovos, sal, pimenta-do-reino moída na hora, uma colherinha de chá de leite, e um tanto de espinafres já cozidos e picados é só bater bem e fritar ou como no meu caso que usei a omeleteira elétrica. E a dica dele era servir com arroz branco feito na hora e um delícioso molhinho de tomate que foi reduzido com vinho tinto.

Image and video hosting by TinyPic

Salada de risone

Image and video hosting by TinyPic

Não tem segredo apenas cozinhei a massinha e juntei a ela um pouco de milho verde, tomatinhos picados em rodelinhas, salsinha, cebola picadinha, pimenta-do-reino moída na hora, sal e azeite. Servi com folhas de agrião e berinjela grelhada no azeite. Pra mim está perfeito para um dia quente e para vocês?!

Nhoque de forno

Image and video hosting by TinyPic

Esse nhoque é bem facil de fazer e tem um resultado divino! Eu servi com um galetinho assado que foi marinado no suco de laranja, assunto para um outro post (risos). Mas esse nhoque com uma saladinha de folhas já é uma refeição perfeita.

  • 1 kg de batatas
  • 2 ovos
  • 2 colheres (sopa) de margarina (eu utilizei manteiga sem sal)
  • 3 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
  • Sal a gosto
  • 2 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • 2 colheres (sopa) de maionese (eu não usei)
  • Manteiga para untar e farinha de rosca para polvilhar
  • Molho de tomate para cobrir o nhoque
  • Mussarela para cobrir o molho de tomate

Cozinhe as batatas em água e sal e passe-as pele espremedor. Acrescente os ovos, a margarina (manteiga no meu caso), queijo ralado, o sal e a farinha de trigo. Mexa bem, coloque a mistura no refratário untado e polvilhado. Cubra com o molho de tomate (que eu fiz com tomates frescos, azeite, cebola, alho, manjericão e um pouco de vinho tinto) e cubra com a mussarela. Passe papel aluminio e leve ao forno preaquecido por cerca de 20/30 minutos.

*Fonte: Revista Receita Minuto

Image and video hosting by TinyPic

Simples como a vida deve ser

Image and video hosting by TinyPic

Foi um dia de calor ontem por aqui, e olhando minhas lindas folhas de couve manteiga na geladeira não tive dúvidas em fazer uma salada bem fresquinha para o jantar. Couve manteiga cortada em tirinhas finas, meia cebola picadinha, 2 colheres (sopa) de salsinha picadinha, pedaçinhos de manga, sal, pimenta-do-reino, limão, e 3 colheres (sopa) azeite bem quente. Basta juntar tudo com muito carinho e no final colocar o azeite bem quente. Acreditem essa saladinha é mesmo uma delícia!

Projeto do filho!

Image and video hosting by TinyPic

O Raphael (meu filhote), passou o ano todo desenvolvendo um projeto chamado empreendedorismo o qual a sala dele ficou com o tema “dinheiro” então fizeram um cd, contando a história do dinheiro e foi uma longa caminhada, aprendendo os custos do produto, por quanto poderiam vender e claro desenvolvendo esse produto. Sabado foi o tão esperado dia de montar sua lojinha e vender seu produto, e tinha seguranças, caixas, vendedores, atendentes na area de convivivência da loja e todos tinham que desenvolver suas funções. A coisa mais linda do mundo ver aqueles toquinhos de gente trabalhando e explicando tudinho o que aprenderam, mostrando aos clientes seus produtos através do computador. E colhendo os frutos de um trabalho de um ano inteiro. Achei tão lindo que resolvi dividir com vocês.

Rapha contando a cliente a história do dinheiro

Image and video hosting by TinyPic

Rapha com seu amiguinho de sala

Image and video hosting by TinyPic

Detalhe do avental

Image and video hosting by TinyPic

Com a turma de trabalho e sua professora a quem eu tiro o chapéu todos os dias, sempre!! Um doce de pessoa e vem acompanhando o Rapha pelo segundo ano seguido e já sinto meu coração apertado só de me lembrar que ano que vem não será mais ela. Paula você é um expetáculo no que faz, e também uma pessoinha linda! Muito obrigada pelo carinho dispensado ao Rapha! Não vou esquecer jamais, viu?!

Image and video hosting by TinyPic

O quadro das moedas

Image and video hosting by TinyPic

O produto que eles desenvolveram e colocaram a venda na lojinha, um cd contando a história do dinheiro

Image and video hosting by TinyPic

Aqui o projeto dos pequenininhos, eu achei tão fofo, mais tão fofo que não resisti em dividir com vocês, o tema deles foi o pão de queijo, aprenderam a fazer e tudo mais como as outras salas, e ao comprar eles ainda te ensinavam a receita. Gente vocês não podem imaginar que fofo aquelas mãozinhas tão pequenas te ensinando a receita de um pão de queijo que é a cara do Brasil, pra mim quase um patrimonio histórico do nosso país. Me lembrava o tempo todo da minha querida amiga Valentina ela teria se derretido por inteiro (risos).

Image and video hosting by TinyPic

Carne de panela

Image and video hosting by TinyPic

As panelas finalmente começam a sair dos armários por aqui, porque a vida continua e porque tem boquinhas famintas para comer aqui (risos). E ontem resolvi tirar a minha panela de pressão (a qual tenho verdadeira paixão) de dentro do armário e colocá-la pra funcionar novamente e saiu um jantar bem simples parecendo comida de roça (fazenda), e maravilhosa a qual o perfume invadiu até meu hall e deixou os vizinhos completamente enloquecidos (risos). Simples como deve ser a vida! Espero que gostem.

  • 1 quilo de paleta bovina (pedaço)
  • 1 colher (chá) de óleo de canola
  • 1 cebola grande picadinha
  • 2 dentes de alho socados com um pouco de sal e uma pimenta dedo-de-moça
  • 1 colher (sopa) de suco de limão
  • 1 colher (chá) raspas da casca de limão
  • 300 g de tomate em cubinhos
  • 1 colher (sopa) de extrato de tomate
  • 2 colheres (sopa) salsinha picadinha
  • Água quente
  • Batatas pré cozida

Aqueça o óleo na panela de pressão, doure bem a peça de carne (já limpa e temperada com a pasta de alho, o suco de limão e as raspas de limão). Depois de bem dourada e fundo da panela ter ficado bem moreninho junte água quente e feche a panela e cozinhe até a carne ficar bem molhinha desfiando mesmo. Nesse momento, junte a cebola, o tomate, extrato de tomate e as batatas feche novamente a panela e deixe apenas as batatas terminarem de cozinhar e o molho engrossar. Abra a panela e transfira a carne para o prato de serviço e salpique salsinha e sirva.
*As batatas devem estar pré-cozidas, assim elas não se desmancham no molho e ficam macias e bem bonitas.
*É importante que a água que esteja bem quente, pois se colocar água fria na carne quente ela endurece mais ainda e fica bem rigída no centro.

Por fim me perdoe as fotos mal tiradas estou ainda esquentando os tambores (risos).

Image and video hosting by TinyPic

Bavette com molho de linguiça fresca

Image and video hosting by TinyPic

Para atender o delicioso chamado da Verena, posto essa massinha bem simples que você faz num estante com ótimos ingredientes. Aproveito pra começar a falar sobre a linguiça fresca que hoje encontramos pelo menos aqui no Brasil uma variedade enorme delas, com ervas finas, alho, pimenta, erva doce e por aí vai. No mercado municipal você encontra pra mim uma das melhores linguiças frescas de São Paulo. É como sempre falo tendo bons ingredientes, carinho e vontade você consegue uma refeição perfeita!
Para fazer essa massa apenas conzinhei o bavette deixando al dente,ao retirar do fogo e escorrer a massa somei uma colher de sopa de manteiga sem sal e reservei. Numa panela coloquei um pouco de azeite , dourei alho picadinho junto com a cebola, coloquei a linguiça (que já havia retirado a pele) depois dela bem refogada, juntei um bom molho de tomate (que fiz a partir de tomates frescos reduzindo com um pouco de vinho tinto), umas folhinhas de manjericão tudo isso somei a massa , e ao levar ao prato salpiquei lascas de parmesão. Com um bom vinho, tive um jantar pra mim perfeito!

Manjar com banana e especiarias

Image and video hosting by TinyPic

Antes de ficar afastada eu tinha algumas receitas que considero legais para postar, e como agora as panelas estão esquentando lentamente vou aproveitar para colocá-las aqui e uma delas é exatamente esse manjar que achei diferente pela calda que leva (pois aqui no Brasil estamos acostumados a fazer calda de ameixa seca para esse doce) porém bastante saboroso. Quem gosta de se aventurar em novos sabores esta aí uma oportunidade.

  • 1/2 litro de leite integral
  • 10 colheres (sopa) de açúcar
  • 200 ml de leite de coco
  • 200 g de creme de leite
  • 5 colheres (sopa) de amido de milho (maisena)

Banana com especiarias

  • 1 colher (sopa) de manteiga sem sal cortada em pedaçinhos
  • 3 bananas-nanicas em rodelas
  • 4 colheres (sopa) de açúcar mascavo
  • 1 colher (chá) de especiarias em pó (canela, pimenta-do-reino) a pimenta eu usei bem pouquinho só pra dar um toquinho mesmo.

Manjar: bata no liquidificador o leite com o açúcar refinado, o leite de coco, o creme de leite e o amido de milho. Despeje a mistura numa panela, leve no fogo e cozinhe em fogo baixo, sem parar de mexer, por 20 minutos, ou até encorpar o creme. Retire do fogo e distribua o manjar em uma forma, umedecida com água. Leve a geladeira por 2 horas.
Banana com especiarias: Coloque numa frigideira a manteiga e as rodelas de banana. Leve ao fogo e cozinhe, mexendo cuidadosamente, para a banana não desmanchar. Salpique o açúcar e as especiarias, reduza o fogo e tampe a frigideira. Cozinhe por mais 1 minuto e retire do fogo. No momento de servir, desenforme o manjar, coloque nos pratos e disponha as rodelas de banana com calda. Decore com hortelã.
* Eu utilizei na calda de banana uma xícara de café de água pois achei que ficaria muito grossa a calda sem essa adição de água.

*Fonte: Revista Menu

Mané sem jaleco

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

Essa é minha participação no rei da quinzena o feijão. Eu resolvi fazer uma comida mineira carregada de histórias pelo fato desse blog ter muitos visitantes Portugueses e fiquei pensando em brindá-los com a oportunidade de conhecer melhor nossas comidas e raízes. Em Minas Gerais existe também um prato chamado “Mané com jaleco” que nada tem a ver com esse pois é a base de carne com mandioca (qualquer dia posto a receita desse aqui). A cozinha mineira é muito romantica pra mim e eu acredito que o mineiro já nasce cozinhando (risos). Esse prato rústico é maravilhoso e me faz voltar no tempo. Espero que vocês gostem!

  • 1 1/2 xícara (chá) de feijão vermelho ou carioquinha cozido sem sal e sem caldo
  • 1 xícara (chá) de arroz cozido com sal e temperos
  • 1 xícara (chá) de bacon em cubos
  • 1 xícara (chá) de cebola picadinha
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 colher (chá) de alho amassado
  • 10 folhas de couve rasgadas com as mãos
  • 4 ovos
  • Salsinha picadinha
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

Numa panela grande sobre o fogo médio, frite o bacon até dourar bem. Junte o alho e a cebola e refogue até dourar. Puxe o refogado para o canto da panela e abaixe o fogo. No centro da panela ponha os ovos, fure as gemas com um garfo e frite até ficarem firmes e levemente dourados. Ponha os ovos sobre o refogado no canto da panela. No centro da panela, ponha o azeite a pimenta e o sal, o arroz e o feijão e refogue-os por cinco minutos, misturando devagar. Misture tudo, inclusive os ingredientes que estavam reservados no canto da panela, com cuidado para que os grãos nãos se partam e os ovos fiquem em pedaços. Puxe toda a mistura para o canto da panela novamente e no espaço vazio, refogue a couve por 4-5 minutinhos, sem parar de mexer. Misture tudo novamente e sirva. Para acompanhar uma pimentinha de cheiro e fatias de linguiça fresca assada.

Fonte: Chef- Vicente Teixeira

Image and video hosting by TinyPic

Agradecimento!

Quero agradecer a todos pelo carinho e dizer que li os emails de pessoas tão queridas, amizades tão preciosas que conquistei através desse espaço aqui. Nem tudo são flores mas os emails não queridos eu deixei de lado (risos). Estou melhor pelo menos no que diz respeito ao ânimo mas ainda sinto fortes dores na coluna e não fico muito sentada por isso ainda estou de molho. Muito obrigada a todos vocês pelo carinho sempre!

O coração do homem pode fazer planos, mas a respota vem dos lábios do Senhor!!