Mané Pelado

Image and video hosting by TinyPic

Esse bolo é sem dúvida meu bolo de infância – feito em todas as fazendas e em todas as casas em Goiás. Pra mim sem dúvida esse bolo é a cara de Goiás. Por isso tenho um carinho especial por essa receita e só agora me dei conta que nunca tinha postado aqui nessa cozinha e logo pensei: Que falha minha nunca servir para meus visitantes tão queridos esse bolinho com uma canequinha de café?! Não deixe de tomar nota dessa receita pois você terá um bolo simples – cheio de sabor e bem molhadinho.

Beatriz minha querida amiga quero fazer esse bolinho pra gente colocar a conversa em dia em? rs

  • 500 g de mandioca ralada (rale naquele lado do ralinho para queijo)
  • 300 g de queijo minas curado ralado (no ralo grosso)
  • 300 g de açúcar
  • 4 ovos
  • 200 ml de leite de coco
  • 1/2 xícara (chá) de leite
  • 100 g de manteiga em temperatura ambiente
  • manteiga para untar
  • açúcar refinado para polvilhar

Numa tigela grande junte a mandioca, queijo, açúcar, ovos, leite de coco, leite, manteiga e misture tudo muito bem. Unte e polvilhe a forma com açúcar e deite a massa sobre a mesma leve ao forno preaquecido a 180 graus por +/- 1 hora ou até que esteja dourado.

Anúncios

Macarrão de panela de pressão

Image and video hosting by TinyPic

Quando chega as férias mãe tem que se virar nos 30 e fazer todos os dias parecer dia de festa, tipo o domingão (que sempre tem um almoço mas caprichado) e tal e aqui em casa é bem assim viajamos e o restante do tempo tenho que me virar para manter os meninos tranquilos – felizes e satisfeitos com a almoço de cada dia. E foi então que num jantar que teria que ser feito bem ligeirinho roulou esse macarrão que eu achei parecido com um macarrão oferecido nas merendas escolares de quando eu ainda era criança – gostei da viagem no tempo e da sensação de conforto e saudades que a receita me proporcionou e sendo assim me encantei por ela.

  • 4 colheres (sopa) de óleo de soja
  • 250 g de salsicha picadinha
  • 1 cebola média picada
  • 3 dentes de alho picados
  • 300 g de molho de tomate pronto
  • 250 g de creme de leite de caixinha
  • 1 litro de água
  • 500 g de macarrão tipo parafuso
  • 2 colheres (chá) de sal
  • Parmesão ralado para salpicar

Em panela de pressão, aqueça o óleo e refogue a salsicha, a cebola o alho e deixe refogar bem. Junte o molho de tomates, creme de leite, a água, o macarrão e o sal. Tampe a panela e leve ao fogo por 3 mts após o inicio da fervura. Retire do fogo e deixe descansar por 10 mts. Abra a panela e sirva com o queijo.

*Fonte – revista receita minuto

Hambúrguer de beringela

Image and video hosting by TinyPic

Essa receita faz parte do meu arquivo preferido, aquele que não sai da cozinha e volta e meia aparece no cardápio da casa. Também saiu de um blog que eu tenho muita adimiração e respeito e aproveito para divulgá-lo e você passe lá que vai ficar encantado – é só entrar aqui.

Depois coloco aqui minha versão de almôndegas com molho de tomate fresco e espaguete.

Ingredientes
600 gramas de berinjela descascada e cortada em pedaços pequenos
2 colheres de sopa de óleo
1 colher de sobremesa de alho picado
2 cebolas picadas
3 tomates sem pele e sem sementes
1 colher de sopa de orégano
Molho de pimenta a gosto
½ xícara de salsinha
½ xícara cebolinha
Algumas folhinhas de manjericão
Sal a gosto
½ xícara de aveia em flocos finos
½ xícara de farinha de arroz (creme de arroz)
½ de farinha de trigo
Farinha de rosca (temperada com orégano, gergelim e sal) e farinha de trigo para empanar

A primeira coisa é deixar de molho a berinjela descascada, em água e sal, por 1 hora.
Aqueça o óleo, frite o alho e a cebola. Adicione o tomate e refogue um pouco. Acrescente a berinjela, mexa bem e depois coloque salsinha, cebolinha, manjericão e as gotinhas de molho de pimenta. Pode colocar um pouquinho de sal.
Leve no processador por pouco tempo, até misturar tudo e virar uma massa. Volte para a panela, em fogo baixo, adicione as farinhas e a aveia. Mexa até ficar uma massa que dê para enrolar. Desligue o fogo e espere esfriar.

Para modelar melhor, unte as mãos com um pingo de óleo.
Para a almôndega, faça bolinhas e passe-as na farinha de trigo. Frite em um pouquinho de óleo e sirva quente. Pode ser congela depois de frita. Quando for comer, deixe um pouquinho fora do freezer e coloque no forno para aquecer.

Para o hambúrguer, faça uma bolinha um pouco maior e modele no formato de hambúrguer. Depois passe na farinha de trigo e, em seguida, na farinha de rosca temperada. Coloque em uma forma untada com óleo e asse em forno médio. Quando tiver bem firme, vire para que doure dos dois lados. Pode ser congelado também e não precisa ser assado antes.

Dicas: Preferimos a berinjela japonesa por ter menos sementes e a acharmos menos ácida.
Usamos a farinha de arroz da Yoki. Na embalagem está escrito creme de arroz.
Se gostar, pode colocar um caldo de legumes, mas aí tome cuidado para não exagerar no sal.

*Fonte – Blog Vegetariano como o quê?

Querubim na cozinha

Image and video hosting by TinyPic

Rapha (meu filho mais velho) sempre fica a minha volta quando vou para cozinha e sempre querendo ajudar, querendo saber o que vai sair do forno ou das panelas e eu volta e meia deixo ele fazer algo por lá e ele fica todo orgulhoso – então sempre que tenho uma receita mais simples ou mesmo que vou enrolar bolachas ou biscoitos, pães e tal eu o convido para ajudar – agora anda um pouco mas complicado pois quando vou fazer algo ele fica brincando com irmão e sendo assim ele me cobra esses momentos e foi num dia um tanto mais tranquilo que eu o deixei se aventurar na cozinha. Ele quando abriu essa revista e viu a bebida já focou no ingrediente CAFÉ e já ficou a sonhar com a tal vitamina (rs).

* O Rapha é enloquecido por café.

  • 1 banana-nanica média
  • 1 colher (chá) de café solúvel
  • 1 colher (sopa) de chocolate em pó
  • 250ml de leite gelado
  • 200 g de iogurte natural
  • 2 colheres (sopa) de açúcar

Bata todo os ingredientes no liquidificador. Sirva bem gelado.

*Fonte – Receita Minuto (revista)

Wraps de frango com homus

Image and video hosting by TinyPic

Calor, calor e mais calor. Anda muito quente – abafado e no final do dia não dá pra aquecer o fogão o forno então nem sonho em ligar durante a tarde ou fim de tarde – e todos os dias tenho feito refeições leves e rápidas de serem executadas e essa receitinha que não seria bem uma receita e sim uma dica vem bem a calhar. Agora já deixo o aviso se as boquinhas a serem alimentadas forem “nervosas” é melhor dobrar a quantidade pois é bem levinho e saboroso e o contraste do filézinho de frango quentinho com a salada e homus frio é bem gostoso.

  • 6 filés de frango sem pele (cerca de 500g)
  • 2 colheres (sopa) de azeite extravirgem
  • Raspas e suco de 1 limão siciliano
  • 1 dente de alho amassado
  • 1 colher (chá) de cominho em pó
  • 4 pães sírios ou tortilhas
  • 200 g de homus
  • 25 g de rúcula um punhado de salsa – sal e pimenta a gosto

Tempere os filés de frango com azeite, raspas de limão, alho, cominho, sal e pimenta a gosto – misture bem e reserve. Aqueça um frigideira (de preferência de fundo estriado) coloque os pedaços de frango e frite de 4 a 5 mts de cada lado ou até que estejam dourados e bem passados- retire e reserve. Aqueça os pães em forno preaquecido a 150 graus por 3 mts, espalhe o homus sobre a fatia de pão, a rúcula a salsa e o frango e sirva.

*Fonte – Culinária de Todas as Cores

Torta de legumes assados e queijo branco

Image and video hosting by TinyPic

Essa foi a torta que mais me marcou nos últimos tempos – nela encontrei uma massa perfeita de sabor delicado textura crocante e um recheio harmonioso de sabor intenso – verdadeiramente amei essa torta e mesmo não gostando das fotos eu resolvi dividir com todos essa receita que agora vai morar no meu caderninho e acredito que vai ser outro sucesso dessa cozinha. Quem se aventurar por favor volte para deixar sua opinião que pode estar certo é de grande importância para mim e para todos os outros visitantes.

  • 1 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
  • 1/2 xícara (chá) de manteiga
  • 1 ovo
  • Sal a gosto

Recheio

  • 1 berinjela em rodelas
  • 1 pimentão vermelho em tiras
  • 1 cebola em lascas
  • 2 abobrinhas em bastões (eu utilizei mini abobrinhas)
  • 3 tomates cortados ao meio
  • 2 dentes de alho picados
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 2 colheres (chá) de alecrim picadinho
  • 125 g de queijo branco picado em cubos
  • 2 colheres (sopa) de parmesão ralado na hora
  • Sal e pimenta a gosto

Para a massa – coloque a farinha de trigo em uma tigela e , no centro, coloque a manteiga, o ovo e o sal. Aos poucos incorpore a farinha de trigo até obter uma massa homogênea. Forre o fundo e as laterais de uma fôrma para torta de 23cm.

Para o recheio – distribua os legumes numa assadeira de forma que eles não fiquem uns por cima dos outros. Junte o alho, o azeite e o alecrim, cobrindo os legumes por igual – tempere a gosto e leve para forno preaquecido a 200 graus por 35mts ou até os legumes ficarem macios – nesse ponto retire do forno e deixe esfriar completamente para só depois utilizar.

Montagem – depois do recheio frio, a massa aberta na assadeira – basta cobrir a massa com o recheio de legumes – colocar os cubos de queijo branco e salpicar o parmesão ralado e levar ao forno preaquecido a temperatura média por +/- 20 a 25 mts ou até que a massa esteja dourada. Sirva regado com um fio de azeite.

*Fonte – livro Culinária de Todas as Cores

Image and video hosting by TinyPic

Cuca de maçã

Image and video hosting by TinyPic

Os dias estão quentes, bem quentes e realmente pede mais um refresco (suco) do que um cafézinho mas tenho que contar pra vocês que eu não vivo sem um cafézinho e um dia desses fiz essa cuca pra minha sogra e sogro tomar um café da tarde em minha casa – como iria viajar logo em seguida cortei os quadradinhos e presenteei os porteiros e uma linda vizinha e todos sem exceção adoraram. Eu achei a massa bem interessante bem macia com peso pra sustentar a corbertura e falando em cobertura a maçã cozida fica realmente uma delícia mas na farofa quando repetir a receita vou retirar um tanto bom do açúcar pois achei que ficou doce demais (não gosto das coisas muito doces – talvez seja por isso), a casa ficou com um delícioso perfume de maçã.

Massa

  • 2 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) de açúcar
  • 1 ovo
  • 1 colher (sopa) de manteiga à temperatura ambiente
  • 1 pitada de sal
  • raspas de 1 limão
  • 1 tablete de fermente biológico (15g)
  • 1 xícara (chá) de leite morno
  • 4 maçãs verdes
  • uva passas a gosto

Farofa

  • 1 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
  • 1 1/2 xícara (chá) de açúcar
  • 2 colheres (chá) de canela em pó
  • 100 g de manteiga derretida

Massa – Misture a farinha de trigo peneirada com o açúcar. Acrescente o ovo, a manteiga, o sal e a raspa do limão. Dissolva o fermento no leite, acrescente aos demais ingredientes, misture bem, cubra e deixe descansar por 15 mts. Espalhe a massa em uma fôrma untada com manteiga e polvilhada com farinha de trigo. Descasque as maçãs e corte-as em fatias finas. Cubra totalmente a massa com as maçãs e distribua as uvas passas.

Farofa – Misture muito bem todos ingredientes para obter uma farofa. Cubra totalmente as maçãs com a farofa e leve ao forno preaquecido para assar por aproximadamente 30 mts.

*Fonte – revista receita minuto