Para os querubins

Image and video hosting by TinyPic

Iogurte natural de abacate e muitos sonzinhos de agradecimentos – pois o Enzo tem paixão por abacate e quando é iogurte então nem se fala. Sem muitas delongas e nem desespero na cozinha você pode fazer essa delícia de sobremesa para seu pequenininho basta pegar metade de uma abacate avocado duas medidas de nidex (maltodextrina) e meio potinho de iogurte natural com auxilio do mix ou liquidificador deixe o iogurte bem lisinho e cremosinho.

* Se você experimentar algo adoçado com Nidex vai logo pensar – mas isso não adoça nada. Amiguinha não se esqueça que quem é familiarizado com açúcar é tu colega seu bb não conhece açúcar então para o paladar dele vai fazer toda a diferença sim, pode acreditar.

* Já estou deixando explicado aqui pois recebi vários email´s falando sobre o Nidex e realmente ele não adoça como açúcar mas você deve lembrar que seu pequeno não conhece açúcar e nem deve conhecer tão cedo.

Anúncios

Marido na cozinha

Image and video hosting by TinyPic

Essa semana cheguei acreditar que minha vida tinha pego carona com algum cometa – tamanha a velocidade da passagem do tempo. E foi uma semana de várias noites mal dormidas visto que os dentinhos superiores do Enzo estão apontando e ele ficou bem irritado e foi esse um dos motivos do marido ter feito pouso em minha amada idolatrada salve salve cozinha e olha que ele fez bonito e se eu fosse vocês não perderiam essa receita de uma massinha bem simples e que rendeu um jantar cheio de elogios e uma cozinha bemmmmmmmm sujinha (risos) o importante é elogiar e não reclamar pois eu adoro quando ele vai pra cozinha.

Para preparar cozinhe um espaguete al dente escorra e regue com um fio de azeite e reserve. Numa panela quente refogue as rodelinhas de calabresa e quando estiverem bem fritinhas retire e reserve. Coloque um bom azeite e nele refogue cebola – alho e tomate bem picadinho e quando esse tomate estiver quase derretendo junte 380 g de polpa de tomate some a esse molho a calabresa e tempere com sal – um toquinho de açúcar e deixe apurar, molhinho apurado some a massa e leve a mesa com um bom pedaço de parmesão para ralar na hora e aquele maravilhoso azeite que você tem em casa pois toda boa dona de casa tem uma azeite de respeito na dispensa.

* Fonte – Maridex

Cupcake de azeitonas

Image and video hosting by TinyPic

Como assim cupcake salgado?! É meninas esse é nosso jeitinho brasileiro ou melhor é a mais pura criatividade do brasileiro aflorando e como eu não vou entrar no mérito da questão (aquele do existir ou não – do ser fiel a receitas ou não), quero apenas passar pra frente uma maravilhosa massa de pão – uma textura super macia uma massa que rasga a um leve toque – fora o recheio que achei super saboroso e simples. Então quero deixar claro que esse pãozinho é imperdível.

Eu ia tirar foto do pãozinho aberto mas devo contar que minha casa “graças a Deus” é sempre cheia de crianças e as vezes é impossível controlar a fome dos pequenos e sendo assim não tive tempo de garimpar um pãozinho aberto. Mas podem confiar no recheio que é realmente bastante gostoso.

  • 1/2 copo americano de leite integral
  • 4 xícaras (chá) farinha de trigo
  • 1 pitada de sal
  • 1/2 copo americano de açúcar
  • 5 ovos
  • 1 tablete de manteiga (200g)
  • 2 tabletes de fermento biológico (30g)

Recheio

  • 1/2 xícara (chá) azeitonas verdes picadinhas
  • 1/2 xícara (chá) azeitonas pretas picadinhas
  • 200 g de queijo cremoso
  • 250 g de queijo parmesão ralado grosso

Preparo – Separe todos os ingredientes e ligue o forno em temperatura 180 g. Esfarele o fermento biológico, pegue uma colher (sopa) da farinha de trigo já medida e acrescente no fermento – misture bem – junte um pouco do leite já medido para receita e misture bem, tampe e deixe fermentar até criar bolhas. Coloque na batedeira todos ingredientes secos – depois a mistura de fermento os ovos e vai batendo e acrescentando o leite aos poucos – quando a massa ficar toda unida, abaixe a velocidade da batedeira e acrescente a manteiga cortada em cubos aos poucos – depois de misturar todos ingredientes e da massa batida ela deve ficar com a textura elástica e até grudenta – nesse momento tampe a vasilha da batedeira e deixe a massa crescer – depois de dobrar de volume é hora de moldar e rechear os pãozinhos. Para o recheio basta misturar as azeitonas o queijo cremoso e 100g de parmesão misture bem e com auxilio de uma colher vai recheando os pães. Unte as mãos com óleo vegetal, pegue um pouco de massa abra como se fosse um disquinho de pizza, coloque o recheio – feche as pontas e coloque na forminha de papel e faça isso com toda a massa. Depois pincele com ovo batido, polvilhe parmesão ralado e coloque um pedaçinho de azeitona em cima – deixe crescer novamente e depois é só levar ao forno até dourar.

* o copo utilizado na receita é 200ml
* a xícara é de medida e não de jogo de chá

Açúcar pode?!?!

Image and video hosting by TinyPic

Pode usar açúcar na alimentação do seu bebê? Se não pode – como faço então para dar aquele delicioso creminho de abacate?! Ou como faço quando a fruta esta sem graça? Agora entra em ação não a Lica mas a mamãe Lica e minha dica é a utilização do Nidex é excelente, e dá aquela levantada na papinha doce da criança quando necessário – né pessoal. O Nidex nada mais do que maltodextrina um tipo de carboidrato menos doce e ele é bastante utilizado na cozinha molecular.

* Lica adverte – não dê nem um alimento para seu bebê sem antes consultar o seu pediatra.

Banana e maracujá = paixão

Image and video hosting by TinyPic

Essa receita veio de uma cozinha doce bem doce e encantadora que é a cozinha da Patrícia – desde o dia que vi essa receita fiquei doida para fazer mas tenho que dizer que meu tempo tem sido bastante curto nos ultimos meses e sendo assim tenho testado poucas receitas da minha enorme lista de receitas.

Mas quero aconselhar a todos que passarem por aqui a não deixar de fazer esse bolinho – pois a mistura da banana com o maracujá é realmente surpreendente e o bolinho é super macio e úmido – perfeito para acompanhar um chá.

Bolo:
½ xícara + 1 colher (sopa) – 125g – de manteiga sem sal, amolecida
¾ xícara + 1 ½ colheres (sopa) – 150g – de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara e na colher na hora de medir
2 ovos
1 ½ xícaras + 1 ½ colheres (sopa) – 225g – de farinha de trigo com fermento
½ colher (chá) de bicarbonato de soda
½ colher (chá) de canela em pó
½ colher (chá) de noz moscada moída na hora
1 xícara de banana madura e amassada
½ xícara (130g) de iogurte natural
¼ xícara (60ml) de leite

Cobertura:
1 ¾ xícaras (245g) de açúcar de confeiteiro, peneirado
1 colher (sopa) de manteiga amolecida
3 colheres (sopa) de polpa de maracujá (com as sementes)

Pré-aqueça o forno a 180ºC; unte com manteiga uma forma de bolo inglês de 15x25cm ou uma forma redonda de 20cm e polvilhe com farinha.*

Na tigela grande da batedeira, bata a manteiga e o açúcar até obter um creme claro. Acrescente os ovos, um a um, batendo para incorporar. Com o auxílio de uma colher de pau, acrescente os ingredientes secos, todos peneirados, seguidos pela banana, o iogurte e o leite. Misture para combinar, mas não mexa demais. Transfira a massa para a forma.
Asse em forno médio por aproximadamente 50 min (se usar a forma redonda, o tempo de forno será maior). Faça o teste do palito.
Retire do forno e deixe esfriar na forma, sobre uma grelha, por 5 minutos. Desenforme e transfira o bolo sobre a gradinha para que esfrie por completo.

Cobertura: coloque todos os ingredientes numa tigela refratária e leve ao banho-maria, em fogo médio, sem deixar que o fundo da tigela toque a água. Mexa constantemente até atingir uma consistência firme o suficiente para espalhar sobre o bolo. Cubra o bolo imediatamente, pois a cobertura firma rapidinho – você pode colocar a cobertura só na parte superior ou sobre todo o bolo.

* eu assei meus bolinhos em forminhas de bolo inglês descartáveis e o rendimento foram 5 bolinhos dessa altura que esta na foto.

*xícara utilizada como medida tem 240 ml.

Sopa de milho para o Enzo e para o papai…

Image and video hosting by TinyPic

Bolinho de milho bem temperadinho e apimentado – O Enzo ama sopa de milho e eu fico sempre inventando algo para não jogar o bagaço no lixo e sendo assim vez ou outra pinta o querido bolinho de milho tão feito nas fazendas no estado de Goiás na época do milho – só pra constar em Goiás se consome muito mas muito milho mesmo e de diversas maneiras e essa é uma delas.

Para fazer o bolinho – coloquei numa tigela o bagaço de três espigas e juntei 3 colh (sopa) de farinha de trigo – 1 ovo – 1 colher (sopa) queijo ralado – 1 colher (chá) de fermento em pó – sal – pimenta – e bastante cheiro verde, basta misturar bem e com auxilio de outra colher formar os bolinhos e colocar em óleo quente para fritar. Sirva com um molhinho de pimenta extra é realmente simples e delicioso.

*Se achar a massa muito mole coloque um pouco mais de farinha.

Strogonoff de Berinjela

Image and video hosting by TinyPic

O tempo em que estive ausênte continuei visitando os blogs de pessoas tão queridas que conheci, algumas até conheço pessoalmente outras já conversamos por telefone e outras apenas no mundo virtual e com isso fui conhecendo também outros blogs novos que foram surgindo – vez ou outra a pessoa passava por aqui e divulgava seu espaço e eu ia até lá , apenas não comentava pois meu tempo é bastante curto – outro caminho foi olhando na listagem de blogs das pessoas que eu já conhecia e foi assim que cheguei na cozinha dessa moça – amiguinhas, ela tem receitas super hiper legais e vou te dar uma dica não deixe de visitá-la nem mesmo de fazer esse belo stogonoff que entrou com força total para o meu cardápio – mas Lica como faço para ir até lá? Muito simples o endereço esta aqui.

  • 2 berinjelas grandes com casca cortada em cubos
  • 1 cebola picada
  • 100 g de champignon pequeno (não utilizei )
  • 3 colheres de mostarda *
  • 3 colheres de catchup*
  • 2 colheres de shoyo*
  • 4 colheres de vinagre de sidra
  • 1 caldo de legumes (eu utilizei meu próprio caldo que deixo congelado)
  • 1/2 xícara (chá) de vinho tinto seco
  • 1 colher de manteiga*
  • Salsa picadinha
  • 1 caixinha de creme de leite light
  • Noz moscada

Coloque as berinjelas picadas de molho em água, sal e vinagre por 10 mts. Aqueça uma panela e derreta a manteiga – junte a cebola e deixe refogar , acrescente os cubos de berinjela e deixe refogar por 5 mts. Acrescente o shoyo, o vinho, o champignon e a noz moscada, refogue por mais 5 mts, junte a mostarda o catchup e o caldo de legumes, mexa e refogue por mais 2 mts, junte o creme de leite e a salsinha.

* a colher que eu utilizei na receita foi colher de medida e não do jogo de talher.