Mafufo de carne com couve manteiga

Image and video hosting by TinyPic

Vou a feira toda semana e ainda tenho que levar o Enzo o que faz desse passeio ser muitas vezes uma verdadeira aventura e quando chego lá compro sempre o que esta com o preço melhor e que esteja bem fresco e tal e foi em uma dessa semana que voltei pra casa com um maço de couve manteiga e logo pensei no que fazer com a danadinha e a receita escolhida foi esse mafufo pois sempre faço com folha de uva ou repolho verde mas a capinha escolhida dessa vez foi mesmo minhas lindas folhas de couve manteiga e já deixei o mafufo montadinho na panela só para ir ao fogo no dia seguinte é realmente muito prático.

Para o recheio –

  • 300 g de carne moída
  • 1 cebola pequena picadinha
  • 1/2 pimentão vermelho picadinho
  • Salsinha e cebolinha picadas
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • Sal e pimenta a gosto

Para montar –

  • Folhas de couve manteiga escaldadas em água quente e com talos retirados
  • 3 tomates picadinhos
  • 1 cebola bem picada
  • 1 litro de caldo de legumes

Para fazer o recheio basta juntar todos ingredientes e misturar bem para ficar homogêneo e reserve. Numa panela grande coloque água e escalde as folhas de couve para que você consiga enrolar os mafufos, com as folhas frias coloque um pouco de recheio dando o formato de um charutinho e enrole a folha faça isso com todas as folhas – depois desse processo pegue uma panela com fundo pesado e regue com azeite, coloque um pouco de tomates picados, cebola coloque os mafufos cubra com restante de tomates e cebola picados por cima coloque um prato para fazer peso e os mafufos não abrirem, regue com o caldo quente e leve ao fogo para cozinhar. Sirva com arroz branco e eu de quebra ainda fiz uma banana da terra fritinha.

Foi um lindo almoço!

Anúncios

Cuscuz de legumes

Image and video hosting by TinyPic

“Atrás do trio elétrico só não vai quem já morreu…”

Não definitivamente eu não fui atrás do trio elétrico e sim fui em busca de paz ou nem tanta paz assim numa chácara lá pertim de Uberaba o que me fez também chegar até o mercado municipal de Uberaba muito bem acompanhada por minha familia e um doce amigo para comprar algumas delícias e voltar cheia de bagagem saborosa. E quando cheguei em casa muita bagunça pois estou arrumando minha sala, então deixei o pintor aqui e quando voltei fiquei com vontade de fechar a porta e ir embora novamente (rs). A saga da abóbora eu dou continuidade logo mais assim como a saga da reforma da sala – e enquanto isso na sala da justiça ou melhor na cozinha da Lica sai esse cuscuz que não leva frango, nem sardinha muito menos camarão mas fez bonito na minha mesa de almoço.

Para o refogado de legumes –

  • 1 abobrinha grande cortada em cubinhos
  • 1 beringela cortada em cubos pequenos
  • 1 cebola picadinha
  • 1 dente de alho picado
  • 120 g de azeitonas sem caroço picadas
  • 130 g de ervilhas congeladas
  • 1/2 pimentão vermelho em cubos pequenos
  • Sal e pimenta a gosto
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • Salsinha e cebolinha picadinho

Para o cuscuz –

  • 1 tablete de caldo de legumes
  • 2 xícaras (chá) de água quente
  • 2 xícaras (chá) de farinha de milho em flocos pré-cozidos

Numa panela grande e de fundo pesado, aqueça o azeite e refogue a cebola e alho até ficaram transparentes, nesse momento junte a abobrinha, beringela e pimentão e deixe que cozinhem, quando estiverem quase macios junte os demais ingredientes misture bem e adicione o caldo de legumes, água e deixe levantar fervura e então começe a acrescentar a farinha fazendo uma chuva com a mesma por cima do caldo com legumes e mexendo sem parar até que adiquira consistência. Nesse momento unte uma assadeira de anel com azeite e enfeite com fatias de tomates, fatias de ovos cozidos e azeitonas, coloque a massa do cuscuz e deixe resfriar um pouco para só depois desenformar.

Kibe com abóbora

Image and video hosting by TinyPic

Cadê aquele item de luxo chamado “tempo”? E eu sigo com minha saga em consumir a abóbora de maneiras bem diferentes, para claro não comer o prato com a mesma cara todos os dias. rs E foi assim que cheguei nessa receita super interessante que me rendeu um kibe úmido e bastante saboroso.

  • 500 g de carne moída (eu utilizei coxão mole)
  • 250 g de trigo para kibe
  • 1 cebola grande ralada
  • 1 maço de hortelã processado
  • Sal e pimenta síria a gosto
  • 2 xícaras de abóbora crua ralada

Para o recheio

  • 2 tomates grandes em rodelas
  • 1 cebola e fatias bem finas
  • pedaçinhos de manteiga com sal gelada

Coloque o trigo para kibe numa travessa e cubra com água e deixe de molho por 2horas, se ficar excesso de água retire expremendo o trigo, junte então a carne os temperos e misture tudo até ficar bem homogêneo , unte uma forma com azeite e coloque metade da massa do kibe cubra com recheio e feche com o restante da massa – com auxilio de uma faca faça riscos mas profundos e regue com azeite leve ao forno médio e deixe até estar dourado e cozido.