Melhor impossível,

Eu já tinha uma pequena participação no blog com a Lica.
A novidade é que vou ficar por aqui full time jogando conversa fora e servindo deliciosos crocretes.
Nossa conversa fiada vai render longas tardes descontraídas. Aqui, no nada que penso saber, vou falar um pouco e aprender muito com vocês.
Quero TUDO.
O outro lado da história é que a Lica me puxou pela orelha “Ei fia, hora de deixar a boa vida de passear pelas ilhas do Caribe.” Escutando algo assim ao som de Rubertinho ( somos primos ), não tive dúvida alguma :

” Tudo estava igual como era antes
Quase nada se modificou
Acho que só eu mesmo mudei ( mais prendada ).
E voltei.

Onde andei ( Achei sem graça viver no Caribe. Sombra, água fresca e comida servida. Cadê a graça ? ) não deu para ficar
Porque aqui, aqui é meu lugar
Eu voltei pras coisas que eu deixei
Eu voltei. “

beijos,

Anúncios

Ficou branco ?

Sempre que faço Mousse de Maracujá uso o suco concentrado da Maguary.
Infelizment não temos um mercadinho brasileiro próximo de casa. No Wal Mart é possível encontrar bastante coisas latina da marca Goya. Arrisquei e trouxe para casa o Passion Fruit – nossa frutinha azedinha conhecida como Maracujá -.
Desandou. O suco era muito ralo e o mal resultado foi um mousse de cor branca de sabor extremamente leve.
Não gostamos.

Image and video hosting by TinyPic

beijos,

Definitely, Maybe

O final de semana já bateu em nossa porta.
E eu já fiz uma pequena lista do NADA que vamos fazer. Segunda-feira é feriado e de hoje até lá a palavra de ordem é “descanso”. Na minha listinha coloquei alguns filmes, entre eles temos o Definitely, Maybe ( Três vezes amor ).

Sinopse
Will Hayes está passando por um processo de divórcio. Sua filha de dez anos, Maya, começa a questioná-lo sobre como era sua vida antes do casamento. A pequena quer saber sobre absolutamente todos os detalhes de comos seus pais se conheceram e se apaixonaram. Will acaba se recordando de muitas coisas, inclusive de outros relacionamentos do passado.

Beijos,

Talharim com escarola

Image and video hosting by TinyPic

A inspiração para fazer esse jantar ultra rápido veio de um blog muito legal que você pode conferir AQUI! Eu falei inspiração porque realmente não fiz como ela sujere lá, pois não tinha alguns ingredientes, então resolvi fazer com o que tinha e foi realmente uma grata surpresa misturar a massa com escarola, achei realmente delíciosa a mistura. Para fazer não tem segredo, eu cozinhei uma medida de talharim para 3 pessoas e deixe a massa al dente e reservei. Numa wok aqueci 3 colheres de sopa de azeite extra virgem e dourei 3 dentes de alho picadinho, nesse momento acrescentei meio maço de escarola já lavado e cortado em tiras mas é tipo assim só dar um susto não deixei ficar cozinhando e juntando liquído na panela (por isso é legal o uso da panela wok), feito isso junte a massa e dê uma salteada para pegar o tempero, o sabor do alho e do azeite. Eu tostei fatias de bacon no microondas e depois quebrei os pedaçinhos por cima da massa, e polvilhei com parmesão ralado.

Aspargos crocantes com ovos quentes

Image and video hosting by TinyPic

Tenho que dizer que depois que os livros do Jamei entrou em minha casa tenho me aventurado bastante em coisas novas, e minha nova paixão são os aspargos crocantes com ovos quentes, eu poderia florear e escrever bastante mas vou resumir tudo em apenas uma dica – se você ainda não provou essa maravilha não deixe mais passar porque é simplesmente divino. No livro ele sugere que pode ser uma pequena entrada, um lanche, um café da manhã e aqui foi um almoço pra mim que me surpreendeu e me deixou bastante feliz.

  • 12 brotos médios de aspargos, com as extremidades removidas
  • 12 tiras de pancetta fatiada finamente ou de bacon defumado
  • Azeite de oliva
  • 4 ovos caipiras de preferência
  • Sal e pimenta do reino

Preaqueça o forno a 220 graus. Embrulhe os brotos de aspargos com a pancetta, deixando as pontas para fora. Acomode-os em uma assadeira ou travessa refratária. Regue com um pouco de azeite de oliva e asse no forno preaquecido por 10 minutos, até que a pancetta fique crocante e dourado. Enquanto os aspargos estiverem assando no forno, prepare os ovos. Coloque-os em água fervente ligeiramente salgada por 5 minutos. Depois escorra, quebre a tampa das cascas e coloque-os em porta ovos, ou em uma travessa de ovos, caso queira servir como petiscos em uma festa. Sirva 3 aspargos para cada pessoa afundar no ovo, com uma boa pitada de sal e pimenta.

*Fonte – Jamie em casa

Oniguiris

Image and video hosting by TinyPic

Image and video hosting by TinyPic

Quase no último minuto do segundo tempo venho eu com minha participação nesse lindo evento da Akemi. E vi nesse evento lindas receitas, com fotos também muito lindas e eu resolvi seguir a linha desse bloguinho que é comer e cozinhar de uma maneira bem simples, mostrando que todos somos capazes de fazer nosso próprio ranguinho com muito estilo e foi assim que eu escolhi essa receita, também porque eu sou LOUCA por oniguiris, esse simples bolinho que para meu gosto não vai sal, mas minha querida amiga D. Maria fala que você deve molhar as mãos em água com sal (isso para o gosto brasileiro) eu molho apenas na água, você pode também usar aqueles pózinhos os pirlimpimpim , aqueles para temperar arroz, que vende em lojinhas japonesas. Bom para fazer o arroz, você apenas coloca uma medida de arroz (grão japonês) e para cada medida de arroz a mesma de água dentro da panelinha oriental própria para fazer arroz e deixe cozinhar, depois de pronto deixe lá descansando por mais uma hora, retire o arroz da panelinha , molhe as mãos na água e vai formando os bolinhos, depois dos bolinhos formados eu gosto de devolvê-los a panelinha oriental e deixar só na função aquecer. Eu como assim só com shoyu, pra mim isso é uma felicidade total. Se você tem dificuldade em comer com hashi pode utilizar esse trequinho fofo aí de silicone.

Image and video hosting by TinyPic

D. Maria é minha querida vizinha, ela morou no japão bastante tempo hoje tem apenas os filhos lá, e um aqui no Brasil, a Larissa mostrei a vocês o bolinho dela aqui no blog é neta da D. Maria. Essa senhora é forte e doce tudo ao mesmo tempo, é linda pelo menos para meus olhos e eu tenho um carinho imenso por ela, com ela conheci muitas coisas da cultura e culinária japonesa.

Foi ela que me apresentou o cozido japonês (me disse que é assim uma espécie de feijoada japonesa)

Image and video hosting by TinyPic

Ela também faz essa delíciosa salada que leva uma massa coreana, shoyu, fatias de um omelete feito bem fininho e uma verdura é simplesmente maravilhosa.

Image and video hosting by TinyPic

E por fim vou apresentar a vocês minha doce D. Maria!

Image and video hosting by TinyPic

Almôndegas recheadas com ovinhos de codornas

Image and video hosting by TinyPic

Essa receita veio de um blog bem legal que você pode conhecer entrando AQUI! Ela retirou de um outro blog que tenho paixão que é o Chocolatria, eu ainda vou fazer a receita da Simone. Mas eu peguei a idéia e fiz as almôndegas como já estou acostumada, e essa foi realmente uma refeição muito saborosa. Imagina aquela comidinha de mãe com cheirinho de casa, será que consegue entender o que estou falando?! Foi exatamente isso que encontrei neste simples jantar, arroz branquinho, purê de batatas, saladinha de alface e almôndegas recheadas dentro do molho de tomate.

  • 250 grs de carne moída
  • 2 colheres (sopa) cheias de aveia em flocos finos
  • 1 ovo
  • 1 dente de alho macerado com sal e grãos de pimenta do reino
  • 1/2 cebola processada
  • 8 ovos de codorna cozidos

Para fazer a carne – coloque a carne em um recipiente e acrescente a aveia, ovo, alho macerado, cebola e mexa bem até que a carne tenha adquirido uma liga, então pegue pequenas porções e cubra o ovinho de codorna já cozido e reserve.

Faça um molhinho – eu dourei em azeite extra virgem um cebola e um dente de alho bem picadinho, juntei 2 latas de tomates pelados processados, um toquinho de orégano e coloquei as almôndegas no molho, pois enquanto o molho é apurado as bolinhas lindas de carne são devidamente cozidas.

Depois servi com os acompanhamentos que citei acima.