O encontro do leite ninho, cereja e leite condensado

brigadeiro

Brigadeiro de leite ninho com recheio de cereja foi o que deu deste encontro, e tenho que dizer que foi sucesso por aqui – um docinho tão brasileiro e cheio de histórias pra contar, é hit em todas as festinhas de aniversário – ele é figura carimbada não pode faltar. Acredito que todos tem uma boa história pra contar ao comer esse doce e se você é uma dessas pessoas conte a sua história aqui nos comentários eu vou amar saber.

Na cestinha – 1 lata de leite condensado, 5 colheres (sopa) de leite ninho, 1 colher (sopa) de manteiga, 50ml de leite, 200g de cereja em calda, leite ninho para enrolar os doces.

Preparo – Numa panela de fundo grosso, coloque o leite condensado, o leite em pó, manteiga e leite – leve ao fogo baixo para cozinhar sem parar de mexer até soltar do fundo da panela, transfira para um prato e deixe esfriar.

Com as mãos untadas de manteiga e as cerejas bem escorridas da calda, pegue um pouco da massa fria, recheie com uma cereja e modele e passe pelo leite em pó – coloque nas forminhas.

brigadeiro aberto

Quando partir tive a grata e singela surpresa de encontrar um formato de coração na cerejinha, é ou não muito amor?!

Anúncios

Como antigamente

café

Sei que hoje os tempos são outros e existem mil máquinas de café expresso, com cápsulas ou que são capazes de moer o grão na hora e tals (eu mesma tenho uma máquina de expresso que utiliza cápsulas), mas ainda gosto muito do cafézinho passado na hora pelo coador de pano e nesse caso pode ser no menor para uma pessoa apenas ou no maior para mas amigos que gostem de dividir esse momento. Um abre aspas para a caneca vermelha que foi do meu pai, e por muitos anos vi meu pai fazer esse ritual do café todas as manhãs para acompanhar sua leitura diária do jornal impresso – tenho um carinho enorme por ela.

* Esse coador e suporte para uma única dose eu encontrei na minha ida a Tiradentes (MG).