Refogado com jiló

Image and video hosting by TinyPic

Jiló é algo muito consumido no meu estado (Goiás), lá já se coloca o tal do jiló na papinha das crianças, pelo menos era assim na minha época de infância pra que os pequenos ja se acostuma-se com o paladar amargo do temido jiló. Eu declaro aqui meu amor por ele, e vou fazer uma série de receitas utilizando o mesmo, para quem sabe animar alguém a provar, meu esposo não podia nem ouvir falar e hoje no entanto é apaixonado por esse verdinho amargo (risos).

  • 500g de carne moída
  • 3 colheres (sopa) de óleo (eu utilizei azeite próprio para cozinhar)
  • 1 cebola média picadinha
  • 2 dentes de alho picadinhos
  • 5 jilós cortados em pedaços grandes
  • 2 tomates sem pele e sem sementes picados
  • 1/4 xícara (chá) de molho de tomates
  • 1/4 xícara (chá) de água
  • Sal a gosto

Frite a carne moída no azeite até que esteja bem sequinha. Junte a cebola, o alho , sal e refogue por 5 minutos. Acrescente o jiló, os tomates, o molho de tomates e a água. Cozinhe em fogo brando com a panela semitampada por mais 5 a 10 minutos.

*Você pode também retirar o sal e acrescentar um cubinho de caldo de carne.

*Fonte: Revista Receita Minuto

Anúncios

25 comentários sobre “Refogado com jiló

  1. Lica, teu prato tá de dar água na boca. Eu nunca provei jiló, lá em casa minha mãe fazia só para o meu pai, e ela sempre me dizia que era horrível, por isso nunca tive curiosidade de provar… mas olhando teu pratinho assim… deu vontade.Bjos, Lú.

  2. Anonymous disse:

    Como toda criança, eu detestava jiló. Mas meu pai me ensinou a comê-lo e a valorizar o “amarguinho” assim:– Fazia um delicioso ‘jabá com jerimum’, a famosa abóbora com carne seca;– Em separado, cortava o jiló em lâminas bem fininhas e passava numa frigideira com um pouco de óleo bem quente e bastante alho. Por fim, salpicava cebola batidinha e um pouco de pimenta do reino;– Bem, já no prato, dizia que era só pegar um pedaço da abóbora (meio doce) e um pedacinho do jiló (amargo) e sentir o contraste dos sabores na boca… que delícia!Sem contar que também fazia um jiló cozido com bacon que era um tira-gosto de primeira!nadia – rj

  3. Pessoal vou voltar com a fotinha do jiló, pois percebi que muitas não sabe do que se trata. Muito obrigada pelo carinho!Nadia eu amei a receita do seu pai, e vou tentar reproduzí-la aqui em casa, depois me mande um email pra eu te contar o resultado. elianascaramal@gmail.com

  4. Eliana como somos do mesmo estado onde jiló se come até com farinha, não poderia deixar passar sem falar o jeitinho simples que é simplesmente preparar no arroz. Com certeza você já experimentou mas vale a dica para as amigas.Nunca preparei assim com carne, vou experimentar.Bjs!

  5. lica minha amiga..acreditas..numca comi jiló..só porque diziam que amargava..e..eu nem tentava comer de medo do sabor…rss..que loucura..mas..essa semana comi na casa de uma amiga..sem saber: uma conserva de jiló!!!!…menina..que coisa boa(consaerva aperitivo..tipo como se faz berinjelas)e..achei o maximo..ela vai me passar a receita..sei que vai açucar para tirar o amargo do dito cujo..rsssss..beijus..

  6. ok, já fui ao meu amado wikipedia ver o que é isso. nunca vi esse legume aqui portanto nem faco ideia… a comida ficou boa e até que gostava de provar jiló. aprendi hoje já mais uma coisa, obrigada!!! beijocas

  7. Apesar do prato estar lindíssimo, eu passo!!!! Minha mãe diz que o que ela considera “fracasso” na minha educação alimentar, é nunca ter conseguido despertar as minhas papilas gustativas a favor do jiló e do café…mas como diz: enquanto há vida há esperança…Beijos!!!

  8. Leila querida se joga amiga, pois creio que pelo menos um desses itens você vai gostar em?! risosLuciana Macêdo esse realmente é um clássico, quero fazer pra postar nessa série também. heheNina que maravilha, eu nunca comi assim, mas vou fazer rapidinho. heheheJuliana é só chegar viu?! Obrigada por sua visita.Iliane eu faço uma também que alias vai compor essa série, mas não é cortadinha como a de beringela são pedaços grandes, agora vou estar de olho a espera da receita da sua amiga. hehehenysa pena que está tão longe pois do contrario poderia mandar um pouquinho pra ti.goreti mas é assim mesmo, as vezes gostamos mais de algo e menos de outras coisas ou até mesmo não suportamos né?! hehehe Mas te falo que jiló é muito bom. hehehe

  9. Minha avo fazia o jilo cozidinho, mas ainda assim eu achava amargo… e minha mae tbem!La em casa jilo era comidinha para os canarios! hehe!!Beijos Eliana!Ana

  10. Anonymous disse:

    Eliana,eu aaaaaaaaaaamo jiló, isso vem da minha mistura de goiano com mineiro. Pena que eu não ache aqui. Esse prato deve ter ficado uma delícia, como todas as suas receitas que eu já preparei.Nham, nham :-).Maria Amélia

  11. Anonymous disse:

    Eliana,em casa minha mãe nos ensinou a comer de tudo, então miolo de boi a milanesa, jiló era presença constante em casa, e eu adoro!!! como muito refogado, aprendi a fazer em conserva, em restaurante adoro comer frito (caio de boca) e recentemente peguei uma receita de farofa de jiló ,mas ainda nao fiz.QUERO MAIS RECEITAS COM JILO… adorei seu brog……rsrs….bjks, Ana Maria

  12. Anonymous disse:

    Eliana,em casa minha mãe nos ensinou a comer de tudo, então miolo de boi a milanesa, jiló era presença constante em casa, e eu adoro!!! como muito refogado, aprendi a fazer em conserva, em restaurante adoro comer frito (caio de boca) e recentemente peguei uma receita de farofa de jiló ,mas ainda nao fiz.QUERO MAIS RECEITAS COM JILO… adorei seu brog……rsrs….bjks, Ana Maria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s