Quibebe Goiano

Image and video hosting by TinyPic

Com o frio que está fazendo aqui em São Paulo, resolvi que faria mas essa receita do meu estado. Que é uma perdição! Eu fiz usando uma costelinha defumada que tinha na geladeira, mas o prato tradicional é feito com cubos de coxão-mole (carne bovina). Clarice essa costelinha é da melhor qualidade (risos), foi inevitavel não lembrar de você falando sobre as costelinhas encontradas ai no Japão.

  • 1 quilo de mandioca (limpa)
  • 1/2 quilo de costelinha defumada (ou coxão mole em cubos)
  • 1 colher (sobremesa) de açafrão
  • 1 pimenta dedo de moça
  • 1 cebola
  • 1 colher (sopa) de óleo
  • Sal
  • Água para o cozimento

Aqueça o óleo na panela de pressão e refogue as costelinhas com a cebola picadinha, junte água quente tampe a panela e deixe cozinhar até ficar macia. Junte a mandioca cortada em pedaços médios a pimenta e um pouco mais de água se necessário, tampe a panela e deixe cozinhar bem a mandioca até começar a desmanchar. Tire a pressão e mexa bem para o caldo ficar bem grossinho faça a correção de sal. Sirva quentinho acompanhado de arroz branco. Eu tinha uma couve na geladeira então dei um susto nela no azeite bem quente com alho picadinho e toquinho de sal e servi junto.
*Como usei costelinha defumada não precisei de sal. Se for usar a carne fresca tempere-a com sal e pimenta antes de refogar.

Caldo Verde a Minha Moda

Image and video hosting by TinyPic

Com chegada do friozinho em São Paulo os cremes e sopinhas vieram juntos, então nos próximos dias muitos desses pratos vão brilhar por aqui (risos). Esse caldo é bem simples e muito saboroso. Fiz um purê com três batatas médias e reservei. Numa panela com um colher de sobremesa de azeite dourei fatias finas de linguiça calabresa, uma cebola picadinha e dois dentes de alho bem picadinho. Juntei o purê de batatas, e fui juntando água fervente até ficar bem molhinho. Temperei com sal, pimenta e adicionei meio maço de couve manteiga cortado em tirinhas finas (essas tirinhas eu cortei ao meio pra ficar bem picadinha). Deixe a couve cozinhar um pouco, tire o caldo do fogo e sirva regado com azeite e pra acompanhar torradinhas feitas com azeite e orégano.

Caldo de feijão preto com cachaça

Image and video hosting by TinyPic

Fiquei uns dias pensando no que faria para participar desse evento Sabores da Minha Terra, que a querida Bia gentilmente me convidou e eu muito feliz e honrada aceita na hora. Fiquei imaginando que não existe nada mais nosso que a CACHAÇA! Essa realmente é brasileira e que ninguém duvidi disso (risos). Ai escolhi essa receita. Bia muito obrigada pelo convite eu fiquei realmente muito feliz. E deixo aqui o convite para Cláudia e Silvia Arruda.

  • 1 colher (sopa) de azeite de oliva
  • 1 cebola média picadinha
  • 1 dente de alho picadinho
  • 1/2 xícara (chá) de cachaça
  • 3 xícaras (chá) de feijão preto cozido
  • 2 colheres (sopa) de salsinha bem picadinha
  • 1 pimenta dedo de moça picadinha
  • Sal a gosto
  • 200 g de bacon picado em cubinhos bem pequenos e fritos

Leve ao fogo uma panela com o azeite, e refogue a cebola e o alho até a cebola ficar macia. Acrescente a cachaça e deixe reduzir por 5-10 minutos, até evaporar quase todo o líquido. Junte o feijão(o feijão deve ser medido junto com caldo) a pimenta e o sal. Assim que ferver, retire do fogo e transfira para o liquidificador. Bata até obter um creme, misture a saldinha e sirva em pequenas xícaras ou canequinhas e polvilhe com bacon frito por cima.

*Fonte- Revista Menu

Sopa de arroz basmati da Nigella

Image and video hosting by TinyPic

Tempos atras vi essa receita num programa da Nigella no GNT, e gostei muito por ser rápida e prática, essas receitas pra quem não despensa o sabor nem mesmo nas horas de desespero, que não se tem tempo pra nada, pois essa receita fica pronta em 15 a 20 min e é bem saborosa. Bom só percebi que o arroz dela ficou com mais molho que o meu, dá próxima vez vou corrigir isso. Usei o arroz Basmati Rice, achei maravilhoso porém é bem caro em 500 g eu paguei 18R$, caro eu achei bem caro. Comprei no mercado municipal de São Paulo.

1 xícara (chá) de arroz basmati
1 lata de tomate pelado
500 ml de caldo de frango
1 cebola pequena bem picadinha
1 dente de alho picadinho
3 colheres (sopa) de azeite (honesto)
Parmesão ralado para polvilhar

Esquente o azeite em uma panela média e refogue a cebola e o alho, acrescente o tomate pelado e mexa bem pra que ele desmanche e fique pedaços não muito grandes, acrescente o arroz o caldo de frango e mexa sempre até que o arroz esteja cozido, sirva quentinho regado com fio de azeite e bastante queijo ralado.

Sopa de mandioca

Frio?! Sim muito frio aqui, então resolvi fazer uma sopa, que aquece dá uma sensação de aconchego realmente muito bom, e essa parece um creme fica bem grossinho, uma delícia.

  • 1 q de mandioca
  • 1 1/2 l de água
  • 1 gomo de linguiça tipo calabresa
  • 1 tab de caldo de galinha
  • 1 cebola picadinha
  • 2 dentes de alho picadinho
  • Sal e pimenta a gosto
  • Salsinha

Refogue na panela de pressão, a linguiça, cebola, alho depois adicione a mandioca a água quente o caldo e deixe cozinhar na pressão, por aproximadamente 8 minutos (depende da mandioca) abra a panela e deixe apurar no fogo baixo , até engrossar , coloque a salsinha e sirva de preferencia com uma torradinha feita com azeite, orégano e queijo ralado.