Cuscuz doce

Image and video hosting by TinyPic

Nessas férias passei momentos preciosos com minha tia Amélia a mulher mais doce que minha infância se recorda e foram momentos tão doces e maravilhosos que até agora não saí do clima. No dia anterior a minha ida a casa dela nos encontramos para o almoço de começo de ano e foi quando eu falei que adoraria comer o cuscuz que ela faz como ninguém e assim nasceu o encontro e o cuscuz que comi com ovo caipira frito de gema molhinha e pode ser acompanhado também por bife ou apenas com leite e café – é verdadeiramente uma iguaria. E ao chegar em casa mesmo sem um cuscuzeiro eu fiz meu cuscuz na panela de cozimento a vapor e também não fiz o cuscuz neutro e sim um docinho para acompanhar o café do fim da tarde. Foi realmente um momento impar.

  • 1 xícara (chá) de coco fresco ralado ou pode ser coco seco
  • 1 xícara (chá) de flocos de milho pré-cozido
  • 1 e 1/2 xícara (chá) de açúcar
  • 1 pitada de sal
  • 3 xícaras (chá) de leite de coco
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • Queijo minas frescal ou mussarela para rechear.

Misture numa travessa grande todos os ingredientes , forre uma panela de cozimento com um paninho limpo e de tecido fino coloque metade da massa do cuscuz – coloque o queijo e cubra com restante de massa, molde como se fosse um bolinho, cubra com as pontas do paninho, leve a panela ao fogo e cozinhe lentamente no vapor – é assim demora um pouquinho amiguinha no cuscuzeira o tempo é bem menor eu creio que seja pelo motivo dele ficar bem menor e mais apertadinho. Mas compensa muito é maravilhoso.

Na hora de servir com ele ainda quentinho coloquei um pedaçinho de manteiga por cima e ficou assim um verdadeiro pecado.

*Tem um blog novo de moça muito fofa que me visitou aqui e ela fez o cuscuz neutro esse que minha tia faz eu achei fantástico mas eu não consegui localizar o blog dela – pois salvei mas meu computador não anda bem das pernas sendo assim se aparecer deixe nos comentários seu endereço por favor creio que muitas pessoas vai gostar de ver seu post. Ela postou até a foto de um cuscuzeiro.

Anúncios

12 comentários sobre “Cuscuz doce

  1. Oi Lica! Obrigada por ter comentado a respeito do meu blog!

    Esse seu cuscuz parece ficar muito saboroso também!!!

    Aqui em Pernambuco, o cuscuz faz parte da nossa refeição de todos os dias, mas não temos o costume de comê-lo doce… o máximo que consumimos é: depois de pronto da forma tradicional, na hora de servir, cortamos as fatias e em nosso prato o ensopamos com um copo de leite quente bem docinho.
    Minha mãe tbm costuma prepará-lo acrescentando na receita tradicional coco ralado (melhor fresco) e depois de pronto, na hora de servir,o ensopamos com leite de coco morno e adoçado.

    O endereço do meu blog é:

    http://temperobomdavan.blogspot.com

    * Estou tentando arrumar um tempinho para acrescentar mais receitas, mas infelizmente minhas férias acabaram, e voltei a minha correria diária…

    Estou sempre te acompanhando… Até mais!
    Bju 😉

  2. Van que ótimo que vc apareceu e agora vou salvar seu endereço novamente e olha muito obrigada pela explicação pois ninguém sabe melhor sobre a cultura da terra do quem realmente vive nela e adorei saber mais sobre o cuscuz e acredito que todos que passam por aqui vai gostar também. E mesmo sem tempo tente continuar postando pois seu blog é especial.

    Muito obrigada!

    http://www.saboresdalica.blogspot.com

  3. Lica,
    eu lembrei da casa da minha mãe é desse jeito cheio de delicias, ovo caipira, cuscuz,bolinho frito de polvilho, hummmmmmmm!!
    Esse seu cuscuz que coisa deu uma vontade de fazer tbm. Deu água na boca.

  4. Menina, tô numa fase péssima: tentando emagrecer, voltando à rotina depois das férias, não consigo cozinhar, ao mesmo tempo tento não fazer nada para me empanturrar. Ainda assim, sua foto me deixou com água na boca. Uma tentação. Beijos

  5. Como filha de pernambucano, desde pequena saboreamos cuscuz, adoro! Prefiro bem simples, apenas com leite.
    Minha mãe, na falta de cuscuzeira (muitos anos atrás no Rio) fazia na tampa da panela. Ô coisa boa!
    Bjs.

  6. Ai que saudade da minha avóóóóó! Ela fazia deste jeitinho… uma vez pediu que a presenteássemos com uma cuscuzeira… que felicidade a dela quanto teve seu pedido atendido… Como é bom a simplicidade… Vivia fazendo cuscuz. Temperinho de vó não tem jeito, né… não tem igual.
    Mas era exatamente deste jeito que ela fazia o cuscuz mais delicioso do mundo.

    Bjo,
    Talita Cristina

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s