Panna Cotta com calda de morango e cerejas frescas

panna cotta

 

Panna Cotta significa literalmente “natas cozidas”, é uma sobremesa típica da região italiana do Piemonte, elaborada a partir de nata de leite, açúcar, gelatina e especiarias, especialmente canela – pode ser servida sozinha ou acompanhada de calda , geleia ou compota de frutas. Como nessa época se encontra muitas lindas cerejas (embora o preço não esteja tão lindo quanto elas), eu resolvi apostar nessa delicia que no meu mundo tem um preparo simples e relativamente rápido salvo o tempo de espera da geladeira. Eu considero essa sobremesa sedutora e sutil no sabor e exatamente por isso gosto de servir a minha panna cotta com uma boa cobertura – pois acredito que isso amplia o sabor desse pudinzinho.

Para a panna cotta – 300 g de creme de leite fresco, 300 g de leite integral, 125 g de açúcar, 1 colher (chá) de extrato de baunilha, 8 g de gelatina em pó dissolvido em 2 colheres (sopa) de água quente. Misture o leite, o creme de leite (ou nata) e o açúcar numa panela. Coloque em fogo médio mexendo sempre. Quando começar a fervura, desligue. Enquanto isso dissolva a gelatina em água quente e adicione à mistura. Mesa bem e adicione a baunilha mexa bem. Coloque em pequenos bowls ou em taças em porções individuais e leve para gelar e pegar consistência. Enquanto isso prepare a calda eu utilizei 2 colheres (sopa) de geleia de morango honesta, 150 g de cerejas frescas sem caroços e meia xícara (chá) de água, coloque tudo numa panelinha e ferva até que a cereja esteja cozida e tenha se formado uma caldinha leve. Sirva essa calda fria cobrindo sua panna cotta já gelada.