Jefferson Rueda e a Galinha a Cabidela

rueda

Com tema “Com Quantas Penas se Salva um Prato Nacional” , nem preciso dizer que questões sanitárias foram amplamente abordadas em sua palestra. Ele que vem do interior e está acostumado a comer a galinha ao molho pardo, discutiu e defendeu seu ponto de vista quanto ao uso do sangue animal, defendendo com propriedade sua ideia de que por uma questão ética o bicho deve ser aproveitado por inteiro, por respeito a gente e ao próprio animal – e foi assim, enquanto defendia e expunha seu ponto vista, despenou, sapecou e limpou as viceras  de uma galinha caipira, tendo o cuidado de colher o sangue para fazer seu tão querido frango ao molho pardo. Depois de pronto serviu a mesa, onde seus filhotes já esperavam ansiosos para devorar o almoço e foi assim com jeito e cheiro do interior, da vida que passa lenta e calmamente que ele deu o seu recado, foi demais!

almoço rueda

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s