Iscas de peixe com maionese temperada

peixe

Essa receita saiu aqui na minha cozinha para participar dos 15 anos do Panelinha – Nem preciso dizer que *adorrrrô a Rita né?! E sendo assim o Feijão não poderia ficar de fora dessa linda festa, ainda falta duas receitas que posto no decorrer dos dias – minhas considerações sobre o peixe da diva; feito no forno já é o céu e com sabor incrível não carece muito esforço para eleger a receita como queridinha – fica sequinho e muito, muito saboroso, acompanha super bem a caipirinha ou cerva gelada do final de semana – e se quiser comer de maneira mais saudável também é uma ótima pedida para acompanhar o uma massa que ao sair quente da panela só necessita um pouco de manteiga e um tantinho de parmesão e nesse caso você elimina a maionese e pronto o almoço já pode ir pra mesa.

Para as iscas

Ingredientes

600 g de peixe branco (como congrio)
caldo de 1 limão cravo
2 ovos
1 xícara (chá) de farinha de trigo
2 xícaras (chá) de farinha de mandioca flocada, tipo biju
4 colheres (sopa) de azeite
sal e pimenta-do-reino moída na hora

Modo de Preparo

1. Preaqueça o forno a 200 ºC (temperatura média). Forre duas assadeiras retangulares com papel-alumínio e, com um pincel, unte cada uma delas com 2 colheres (sopa) de azeite. Reserve.

2. Corte os filés em tiras de 2 x 8 cm e transfira para um recipiente. Tempere com o caldo de limão, sal e pimenta-do-reino moída na hora.

3. Coloque os ovos em uma tigela, tempere com uma pitada de sal e misture bem com um garfo.

4. Coloque a farinha de trigo e a farinha de mandioca, respectivamente, em pratos fundos e tempere com sal. Se os flocos de farinha de mandioca estiverem muito grandes pressione com as costas de uma colher para quebrar.

5. Para empanar, passe a isca farinha de trigo, de todos os lados, mergulhe nos ovos e, por último, pressione na farinha de mandioca. Transfira para uma das assadeiras e repita com todas as iscas.

6. Arrume as iscas deixando que haja espaço entre elas. Esse é o segredo para que fiquem bem crocantes.

7. Leve ao forno preaquecido para assar por 20 minutos. Na metade do tempo, retire as assadeiras do forno, vire as iscas com uma espátula e volte para o forno.

8. Quando estiverem douradas, retire do forno e sirva com os molhos de maionese.

Para a maionese temperada

Ingredientes

2 gemas de ovo
1 colher (sopa) de vinagre ou caldo de limão
1 colher (sopa) de mostarda de Dijon
200 ml de óleo

Modo de Preparo

No copo do mixer junte as gemas, a mostarda, o vinagre e o óleo. Pressione o mixer contra o fundo do copo e bata por 10 segundos, sem mexer. Quando a maionese começar a se formar, levante o mixer para uma das laterais, sem parar de bater, e repita para o outro lado. Em 15 segundos, a maionese fica pronta!

Ingredientes

 Para o Molho Tártaro

1 colher (sopa) de pepino em conserva picado fino
1 colher (sopa) de alcaparras
1/2 talo de cebolinha

Modo de Preparo

Em água corrente, lave as alcaparras e o pepino para tirar o excesso de sal. Pique fino todos os ingredientes e junte à maionese preparada. Se preferir, bata no mixer.

Fonte – Site Panelinha

Anúncios

Pavlova de chocolate da diva Nigella

pavlova

Primeiro vamos falar da foto, não resiste em postar essa foto com querubim ao fundo e doido para atacar o doce, na sessão de fotos de foodblog as crianças sofrem e ficam aflitas para ver o final e poder enfim atacar a comidinha – fica registrado aí a prova do crime. Bom agora  a pavlova que já virou quase um hit do repertório das minhas sobremesas, sempre faço acho que é relativamente simples e o resultado impressiona, quando você espalha o creme de chantilly e colocar lindas e coloridas frutas frescas por cima, fica de verdade um encanto – sem falar que tem cara de sobremesa feita em casa, pelas mãos da mamãe da vovó eu gosto deste tipo de comida despretensiosa.

  • 6 ovos médios separados
  • 300g de açúcar refinado
  • 3 colheres de cacau em pó (peneirado)
  • 1 colher de vinagre balsâmico (ou vinagre de vinho tinto)
  • 50g de chocolate meio amargo (picadinho)

Cobertura de framboesa:

  • 500ml de creme de leite (batido)
  • 500g de morangos e coloquei também algumas cerejas
  • 3 colheres de chocolate escuro (ralado)

 

  • Preaqueça o forno a 180ºC e separe uma assadeira com papel vegetal.
  • Para fazer o merengue de chocolate, bata as claras em neve até ficarem brilhosas.
  • Em seguida, inclua o açúcar, uma colher de cada vez, até a mistura ficar consistente.
  • Coloque o vinagre, o cacau em pó e o chocolate picado.
  • Então, misture delicadamente, até que o chocolate esteja completamente misturado.
  • Disponha o merengue de chocolate na assadeira com o forno a 180ºC, reduzindo para 150ºC logo em seguida.
  • Deixe no forno por 1h15 e espere esfriar.
  • Corte em pedaços generosos, coloque uma camada de creme de leite por cima e distribua os morangos e cerejas  sobre a pavlova.
  • Finalize com raspas de chocolate.

Fonte – Nigella

 

Um trucão para seu molho de tomate do dia a dia

massa

Penso que dicas para o mudar e dar uma cara nova, uma graça na sua comida do dia a dia é legal, né não?! Bom sendo assim venho contar pra vocês uma maneira simples de dar uma levantada no seu molhinho de tomates, você pode começar seu molho do zero com tomates frescos e se precisar de uma receita é só colocar na busca aqui do blog ou então pode utilizar latas de tomates pelados que vai te render um molho incrível e pra começar, aqueça uma frigideira grande de fundo pesado e enquanto a mesma aquece coloque um pouquinho de erva doce na tábua de corte e de uma leve amassada na mesma para que ela solte melhor seu perfume e sabor e para dar uma leve defumada leve ela a essa frigideira quente e deixe torrar levemente, some azeite e uma cebola bem picadinha com dente de alho e deixe sofrer na frigideira até a cebola ficar transparente, some os tomates pelados, tempere com sal e pimenta moídos na hora e coloque um toquinho de leite para quebrar o ácido, deixe apurar e sirva com sua massa cozida al dente.

Obs – esse molho super combina se for feito com fatias finas de linguiça calabresa defumada.

Fonte – Meu esposo, que também comanda as panelas por aqui vez em sempre.

O que tem na geladeira e só

sanduiche

Quando se tem quase um time de futebol em casa a cozinha trabalha o tempo todo e a todo vapor – mas o fato é que final de mês rola uns *soborôdeontê ou um limpa na geladeira e foi exatamente num momento desse que rolou o cachorro quente de assadeira ou poderia ser o sanduba família ou você pode usar o mesmo conceito e fazer as porções individuais em pequenos potinhos. A forma de fazer não tem segredo, pegue restinhos de frios, sobra de frango desfiado ou salsichas que sobraram e faça um molho com tomates, cebola e alho sofrido no azeite, some todas essas sobrar e se tiver milho verde, azeitonas, ervilhas também pode somar a esse molhinho – pegue pão de forma e tire a casca e unte com manteiga a travessa, forre com uma camada de pão, molho, mussarela e cobre com outra camada de pão e mais molho e queijo e leve ao forno, até que esteja quentinho, retire do forno e coloque batata palha e sirva acompanhado de bom suco e uma salada.

Feijão verde simples assim

feijão

Um barraquinha vendendo feijão verde fresquinho, e estava assim tão lindo que não resiste em comprar umas boas bacias aqui pra casa – já teve risoto de feijão verde um assunto para outro post, e teve feijão de tudo que é jeito, amo, amo e amo. Mas feijão verde pode ser feito assim : cozinha na panela normal pois ele bem macio, descarta toda a água e deixe uma frigideira grande de fundo pesado aquecer bem, some uma boa colherada de sopa de manteiga de garrafa, alho, cebola tudo bem picadinho e deixe sofrer um pouco na manteiga, some o feijão escorrido, sal e pimenta moídos na hora e muito coentro. Sirva com purê de batatas rústico e cubos de pernil de porco cozidos lentamente na panela de ferro.