Bolonhesa de Porco

bolonhesa

Sempre recebo email perguntando se vale mesmo a pena investir em um ou outro eletrodoméstico e sempre falo que na cozinha uma boa panela, umas boas espátulas e colheres de bambu, um bom pilão de pedra sabão, uma boa faca e tábua de corte e bons ingredientes já andou metade do caminho, e quando o negócio é colocar algo na tomada eu diria que um bom processador e um bom moedor de carnes (semi profissional) é o céu. E com esse bom moedor nasceu esse bolonhesa totalmente homemade e que foi uma almoço muito feliz e agradável – a influência veio do casal mais querido do mundo da gastronomia ; Jefferson Rueda e Janaína Rueda que faz do porco a estrela da sua casa e eu carrego muita influência deles sem sombras de dúvida.

Para o Bolonhesa – Utilizei 1  1/2 de lombo de porco, 100 g de copa fresca suína, 3 latas de tomates pelados cortados em cubos, 1 cebola pequena picadinha, 1 dente de alho sofrido com sal grosso no pilão, ervas e azeite.

Aqueci uma panela de fundo pesado, reguei com azeite e deixei refogar a carne, quando estava refogada somei a cebola picadinha, o alho sofrido e deixei murchar um pouco e pegar sabor, somei os tomates pelados em cubos as ervas de minha preferência e deixe cozinhar lentamente em fogo bem baixinho – até que esse molho ficasse bem apuradinho e cheio de sabor.

Para a carne eu comprei fresca, cortei em tiras largas e deixei quase começar a congelar, passei pelo meu moedor de carne e já utilizei.

Depois deste molho pronto, coloquei por cima de um espaguete que foi cozido ao dente e salteado no azeite aromatizado com ervas e servi com uma linda chuva de queijo canastra de leite cru.

Anúncios

O que tem na geladeira e só

sanduiche

Quando se tem quase um time de futebol em casa a cozinha trabalha o tempo todo e a todo vapor – mas o fato é que final de mês rola uns *soborôdeontê ou um limpa na geladeira e foi exatamente num momento desse que rolou o cachorro quente de assadeira ou poderia ser o sanduba família ou você pode usar o mesmo conceito e fazer as porções individuais em pequenos potinhos. A forma de fazer não tem segredo, pegue restinhos de frios, sobra de frango desfiado ou salsichas que sobraram e faça um molho com tomates, cebola e alho sofrido no azeite, some todas essas sobrar e se tiver milho verde, azeitonas, ervilhas também pode somar a esse molhinho – pegue pão de forma e tire a casca e unte com manteiga a travessa, forre com uma camada de pão, molho, mussarela e cobre com outra camada de pão e mais molho e queijo e leve ao forno, até que esteja quentinho, retire do forno e coloque batata palha e sirva acompanhado de bom suco e uma salada.

Rolê de frango ou comida do dia a dia

frango

Aqui é uma cozinha de verdade minha nega, tem comidinha do dia a dia tudo feito com carinho e capricho – por isso divido com vocês a comida que vai a minha mesa, que alimenta minha família é a extenção do carinho que tenho pelos meus querubins a vocês que vem aqui e me leem e me dão sempre o maior carinho nas redes sociais e por email. E por isso hoje venho dividir meus rolês de frango o almoço do dia a dia com todos.

Temperei um quilo de contra coxa (sem pele) com aquele temperinho de sempre, pimenta moída na hora, alho e sal sofrido no pilão e um toquinho de suco de limão – coloquei no meio cenoura em palitos, pimentão vermelho em palitos e palitos de linguiça defumada, fechei com auxilio de palitinhos de dente, e refoguei na panela de pressão, somei uma lata de tomates pelados, fechei a panela e deixei pegar a pressão por 5 a 6 mts, abri a panela – corrigi o tempero e deixei apurar o molho. Servi com purê de batatas e um salada.

Capelete ordinário ou nem tanto assim

massa

Sabe aquele pacotinho de massa *recheada que leva o nome de capelete e fica brilhando lá na geladeira do supermercado – é tipo assim ele olha pra você e você até tenta resistir a tentação dessas facilidades da vida moderna mas no fim não consegue, então o que fazer?! Eu trago uma solução, dê uma graça no mesmo, ao invés de passar a mão também pelo sachê de molho pronto, compre tomates frescos e um lindo buquê de manjericão isso somado a pequenos cubinhos de alho e um bom parmesão ralado vai transformar o seu capelete ordinário em um belo jantar, acredite.

Cozinhe a massa como pede as instruções da embalagem e reserve. Aqueça uma frigideira larga com fundo pesado e dê uma generosa regada de azeite honesto e doure dois dentes de alho cortadinhos em cubos bem pequenos, logo em seguida junte seus tomates que depois de higienizados apenas foram cortados em cubos grandes e deixe o mesmo dar uma cor no azeite no alho e uma leve cozinhada, então some folhinhas de manjericão, desligue o fogo e junte a massa – tudo melhor estilo pá pum. Leve a messa e sirva junto um bom parmesão, azeite e vinho.

Molho de tomate honesto pá pum

molho

Sempre temos massa em casa e por muitas vezes vejo as pessoas apelando para o sachê de molho pronto e de gosto duvidoso – enfim, hoje venho aqui provar que podemos sim ter um molho honesto e feito de uma maneira bem simples (vejam bem meu povo, não é aqueleee molho da mama mas é infinitamente melhor que o sachê).

Para executar a receita – Eu peguei duas latas de tomates pelados, e usei apenas o pulsar do triturador de alimentos o truque é deixar bem pedaçudo, isso vai fazer seu molho ficar bem saboroso e diferente, reserve. Pegue uma panela pesada e regue com um bom fio de azeite honesto, coloque um tantinho de alho sofrido no pilão com sal, e uma cebola bem picadinha, assim que a cebola ficar transparente – junte os tomates processados e deixe o mesmo apurar ( você pode também colocar um buquê de ervas para saborizar), coloque um toquinho de açúcar e quando esse molho ficar bem apuradinho você confere o tempero e coloque tantinho de pimenta moída na hora e pronto, terá um um molho delicioso feito em pouquíssimo tempo e sem transtornos.

Facilitando a vida

panela de pressão

Com o tomate madurinho a 1 real o quilo no fim de feira, fica realmente irresistível não comprar um montão deles e fazer tomates assados (para virar um molho simples e cheio de sabor pra sua bela massa, ou para fazer um belo lanche e deixar seu sandubinha com  um plus a mais), e até mesmo fazer muito molho sem nenhum um tipo dos *antes que contem as marcas prontas existentes no mercado e depois de pronto basta congelar as porções e ter sempre molhinho pronto na hora que precisar. Aí você vai pensar assim; poxa seria ótimo, mas fazer molho vai dar muito trabalho e vou precisar de horas só pra fazer isso e blá blá blá…. Não bonita, vou te falar uma coisa, tem uma panela de pressão elétrica aí? Então pegue 2 1/2 q de tomates bem madurinhos e passe pelo processador ou liquidificador , eu gosto do processador para deixar um pouquinho pedaçudo  e reserve. Aqueça a panela, com um generoso fio de azeite honesto, e refogue o alho com cebola bem picadinhos quando a cebola ficar transparente, some os tomates processados, tempere com sal e pimenta moídos na hora e um toquinho de açúcar para segurar a acidez feche a panela e deixe cozinhar na pressão por 20 mts depois desse tempo cozinhe por 15 mts com a panela aberta para apurar o molho ao final deste tempo, faça a correção do tempero e some mas um fio de azeite e aí, a mágica já vai ter acontecido. Sirva seu molho com uma massa, sobre panquecas, sobre seu belo parmegiana ou apenas regadinho com azeite e acompanhando umas torradas – pessoal o céu é o limite diante dessa belezura.

Legumes assados e uma de suas mil uma utilidades

legumes assados

Vai por mim amiga (o), você deve investir em um ótimo forno – pois ele pode facilitar e muito a sua vida no dia a dia, e é bem isso que acontece aqui nesse lar doce lar (ou nem tão doce assim), risos. Enfim, passe a mão em uma assadeira grande e coloque primeiro brócolis com as flores bem separadinhas, depois coloque ao lado abobrinha italiana cortadas em meia lua e não muito finas, e continue com rodelas de mini berinjela, cebola cortada em tamanho grande ( eu prefiro usar mini cebolinhas), tomates cortados em 4 partes, por cima bastante dentes de alho inteiros e sem casca, uma generosa regada de azeite honesto, pimenta do reino e sal moídos na hora. Cubra com folha de alumínio e leve ao forno preaquecido por 20 a 30 minutos, em forno médio. Retire do forno e veja se esta tudo macio e de preferência sem desmanchar. Dessa vez utilizei um tanto para acompanhar como o molho da minha massa, e apenas coloquei por cima da massa cozida al dente e reguei com o um pouquinho mais de azeite e salpiquei queijo parmesão. Ao longo desses dias vou dar outras dicas de como utilizar esses legumes, que pode ser guardado na geladeira por uma semana.