O calor e o jantar

sanduiche com salsa

Depois de um dia cheio, e graças a Deus com a novela da nova escola do meu filhote recheio da bolacha resolvido eu só queria um bom banho e me esticar sofá e esquecer que o mundo existe, calma esse pensamento durou pouco – Eu sei que tenho filhos e um lar para tocar e depois do banho abri a geladeira e pronto, e em segundos no melhor estilo *Mac Gyver saiu o jantar fresco e delicioso.

Preparo – Tinha deixado pronto uns bifes de panela, e com eles eu apenas peguei duas fatias de pão de forma e em uma delas forrei com uma fatia de queijo muçarela, cobri com um bom bifinho, fatias de tomate, uma salsa de abacate com cebola, coentro, suco de limão, sal e pimenta moídos na hora e uma boa regada de azeite, para finalizar folhinhas de mini agrião.

 

O que tem na geladeira e só

sanduiche

Quando se tem quase um time de futebol em casa a cozinha trabalha o tempo todo e a todo vapor – mas o fato é que final de mês rola uns *soborôdeontê ou um limpa na geladeira e foi exatamente num momento desse que rolou o cachorro quente de assadeira ou poderia ser o sanduba família ou você pode usar o mesmo conceito e fazer as porções individuais em pequenos potinhos. A forma de fazer não tem segredo, pegue restinhos de frios, sobra de frango desfiado ou salsichas que sobraram e faça um molho com tomates, cebola e alho sofrido no azeite, some todas essas sobrar e se tiver milho verde, azeitonas, ervilhas também pode somar a esse molhinho – pegue pão de forma e tire a casca e unte com manteiga a travessa, forre com uma camada de pão, molho, mussarela e cobre com outra camada de pão e mais molho e queijo e leve ao forno, até que esteja quentinho, retire do forno e coloque batata palha e sirva acompanhado de bom suco e uma salada.

Kebab ou nem tanto assim

kebab

 

Bom quando falamos em kebab já imaginamos um belo sanduíche e bem ao contrário do que se pensa, o kebab não é sinônimo de sanduíche e sim na verdade, seu recheio –  pode vir dentro do pão, sobre o pão, sozinho, com legumes, couscous, arroz com aletria, pastas… “O kebab se popularizou na Europa, onde ficou conhecido como sanduíche. Foi levado para a Alemanha pelos imigrantes turcos depois da Segunda Guerra”, diz Rodrigo Libbos, chef do Kebab Salonu, de São Paulo. Ele explica que os brasileiros normalmente visitam a Europa, e não o Oriente Médio. Por isso cometem o mesmo erro dos europeus ao nomear o prato. “A diferença da Europa para a Turquia é que lá pegou o kebab enrolado, que é o sanduíche. No Oriente Médio, monta-se a carne em cima do pão, ou no prato, com outros acompanhamentos”. A minha versão nem é a do tal churrasco cortado em tiras fininhas e sim com Kafta o que eu acho uma delícia, coloco sobre o pão folha uma bela camada de homus tahine a salada que no meu caso foi de alface em tiras e tomates em cubos, dou uma leve temperada com azeite honesto e limão, coloco a kafta no centro e enrolo formando um sanduíche, na mesa deixo a disposição um molho de tahine que fica perfeito para acompanhar. A receita da kafta e do homus você encontra aqui no blog, basta colocar na busca ao lado e vai encontrar. Para manter o sanduíche fechadinho eu enrolo com papel alumínio.

 

Obs – Pessoal se querem saber um pouco mais do meu dia a dia, e ver um pouco das minhas viagens, passeios e eventos que frequento, basta me seguir no instagram – espero vocês por lá e se gostam do conteúdo do Feijão no Prato, compartilhe e curtam para manter a pagina no ar, muito obrigada.

Um bife e meio para 4 sanduiches

abobrinha

O que fazer quando se tem um bife e meio e quatro boquinhas famintas a espera de um jantar tardio?! Simples sanduíches, caprichados e saborosos. Corte uma abobrinha em fitas finas, tempere com sal e pimenta moídos na hora, regue com um fio de azeite generoso uma grelha ou frigideira pesada e deixe aquecer bem, grelhe essas fitas de abobrinha e reserve. Lave dois tomates e corte em rodelas, regue com fio de azeite honesto e tempere com sal e pimenta moídos na hora – abra ao meio os pães (eu usei francês), mas pode ser o que tiver a mão na hora deixe os mesmo reservados – pegue seus bifes e unte com azeite e os coloque na chapa bem quente, tempere com um toquinho de sal e pimenta moídos na hora, vire a carne e tempere do outro lado (aqui deixei ao ponto), retirei da chapa quente  reservei por alguns minutinhos, depois do tempo aguardado eu os fatiei em tiras fininhas, voltando ao pão, coloque algumas tiras de abobrinha grelhada, tirinhas de carne, fatias de tomate e para finalizar eu coloquei burrata que apenas abri com auxilio das mãos e depositei por cima dos tomates, feche o sanduíche e sirva.

Sanduíche de pepino, cream cheese e hortelã

sanduiche de pepino

Bom agora pela manhã vou deixar a dica desse lanchinho que virou um hit aqui na minha cozinha, lanchinho delícia para ajudar a colocar o pé no freio um pouco ou melhor pegar mais leve, porque vou falar, a coisa tá feia e dizem que vem chegando o verão né não?!

É só cortar o pepino japonês (com ou sem casca, você decide) em rodelas bem fininhas (eu uso o descascador de legumes). Em uma tigelinha misturar o cream cheese, um fiozinho de azeite, hortelã picadinha, sal e pimenta. Passa essa misturinha em duas fatias de pão de forma (usei um de chia com macadâmia), bota o pepino por cima e voilà!

Dá pra substituir o cream cheese por requeijão, maionese, cottage, aquele creminho de minas ou outro de sua preferência.

*Fonte – A receita veio daqui.