Pimentão assado em cama de legumes

Image and video hosting by TinyPic

*Aff que nome cumprido – mas a receita é tranquilinha e muito legal. Se você chegou aqui em busca de um prato único simples de fazer para seu jantar chegou no lugar certo. O que é melhor na receita certa. Depois de pronto os legumes ficam super macios e com um sabor surpreendente e se o dia for quente sirva apenas regado com um bom azeite e com fatias de um bom pão.

Para receita que não tem medidas você vai fazer assim: retire as sementes de todos os pimentões que você queira rechear e reserve com suas devidas tampinhas. Tempere carne moída com sal, pimenta e alho – junte ervilhas frescas e cenoura ralada um tantinho de manteiga para o recheio não ficar seco demais, misture tudo muito bem e recheie e feche os pimentões e reserve. Pegue uma assadeira unte com azeite e coloque fatias de berinjelas cortadas não muito finas, fatias de tomates e cebola em rodelas – salpique sal e pimenta moídos na hora e regue com azeite, deite por cima dos legumes os seus pimentões recheados, feche com papel alumínio e leve ao forno médio até que estejam macios , nesse momento retire o papel alumínio e deixe secar o líquido que se forma na assadeira – depois é só retirar do forno e servir.

Anúncios

Bolo de milho salgado

Image and video hosting by TinyPic

Em São Paulo eu vejo muito bolo de milho doce mas nunca vi bolo de milho salgado – um bolo muito comum em Goiânia e muito saboroso – o grande lance dessa receita são os temperos o que encanta nesse bolo são de verdade os temperos a pimentinha o queijo derretendo na massa já recheada com a linguiça enfim se você nunca fez esse bolinho não deixe de testar a receita.

  • 3 colheres (sopa) óleo
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 6 espigas de milho verde
  • cebolinha e salsinha picadinha
  • 1 cebola ralada
  • Sal e pimenta de cheiro
  • Queijo mussarela cortado em palitos
  • Linguiça escaldada em água quente

Passe as espigas no ralado e depois passa uma espátula em cada sabugo para retirar o restante de massa que fica, transfira para uma vasilha maior e junte os outros ingredientes, despeje numa assadeira untada , distribua o recheio (queijo e linguiça) e leve ao forno médio até adquirir consistência.

Escondidinho de abóbrinha

Image and video hosting by TinyPic

Eu dificilmente compro um ingrediente para executar uma receita – de forma que toda semana vou a feira e compro o que esta bonito num preço acessível e depois em casa durante a semana vou resolvendo o que fazer e foi assim que nasceu essa encantadora receita que nem é propriamente uma receita e sim uma dica para dar uma cara nova a velha abobrinha de sempre – que já é bastante saborosa.

Rale as abobrinhas de forma que elas fiquem desfiadas, aqueça uma frigideira de fundo pesado regue com um fio de azeite e doure alho e cebola – acrescente a abobrinha um toque de sal e pimenta moídos na hora mexa e desligue o fogo é só pra dar um susto na abobrinha (você não deve cozinhá-la, pois a mesma deve permanecer crocante). Em outra frigideira, aqueça um tantinho de azeite e novamente doure cebola e alho, junte tomates vermelhinhos cortados em cubos , acerte o sal e a pimenta e deixe formar um molhinho, retire do fogo e reserve. Numa travessa que possa ir ao forno, coloque a abobrinha, por cima o molhinho de tomates frescos e pra finalizar cubra com mussarela ralada leve ao forno ou até mesmo ao microondas para o queijo derreter. Sirva acompanhado de arroz branco e salada de folhas.

*As quantidades depende das boquinhas que você vai alimentar no dia.

Queijadinha de fubá

Image and video hosting by TinyPic

Ligar o forno nesses dias tão quentes é realmente pra mim um ato de coragem – ato esse que eu tive ao lembrar que teria que ir a reunião de condomínio para reivindicar algumas coisas e não gostaria de chegar até lá de mãos vazias – para tornar a reunião um tanto mais leve e um tantinho mais doce nasceu em minha cozinha essa delíciosa queijadinha.

Beatriz minha querida amiga foi dar um pulinho lá na terra dos sonhos e se lembrou de mim – ó Deus eu tenho amigas fofas demais e me trouxe um monte de mimos e um deles foi essa forminha linda, linda que abrigou minha queijadinha. Minha amiga como diria o povo lá da roça “eu tô mais feliz que pinto no lixo” hehehehe

Calda

  • 1 xícara (chá) de açúcar
  • 1/2 xícara (chá) de água

Queijadinha

  • 3 ovos
  • 1/2 xícara (chá) de açúcar
  • 100 g de manteiga em temperatura ambiente
  • 3/4 de xícara (chá) de fubá fino
  • 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (chá) de fermento em pó
  • 100 g de coco ralado
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 100 g de queijo parmesão ralado

Calda – em uma panela, dissolva o açúcar na água e leve ao fogo por aproximadamente, 5 mts para formar uma calda leve. Reserve.
Queijadinha – bata no liquidificador os ovos, leite, açúcar e manteiga – transfira a mistura para um recipiente maior e junte a farinha, fubá, coco e o parmesão e a calada reservada misture bem para que todos ingredientes se agreguem e só então junte o fermento em pó. Coloque a massa nas forminhas de papel deixando um espaço para que a queijadinha possa crescer durante o cozimento. Leve ao forno médio preaquecido por aproximadamente 30mts ou até que estejam douradas.

Image and video hosting by TinyPic

Almôndegas de linguiça

Image and video hosting by TinyPic

Precisava de um acompanhamento para meu shiro gohan – tinha descongelado uma linguiça toscana para executar outra receita que acabou não saindo no dia e tudo mudou a linguiça acabou virando lindas almôndegas que repousaram sobre um delícioso molho de tomates frescos e virou o acompanhamento perfeito com direito a uma soda delíciosa.

Então aí vai a dica : Retire a pele da linguiça e passe a mesma pelo processador com a massa obtida faz almôndegas pequenas e reserver. Aqueça uma frigideira grande, regue com um fio de óleo e coloque as almôndegas uma ao lado da outra e deixe dourar, só vire depois que as bolinhas tenha formado uma casquinha douradinha e deixe o mesmo acontecer com o outro lado da almôndega. Para o molho – Regue uma frigideira de fundo grosso com óleo e um fio de azeite e refogue uma cebola grande picadinha com 2 dentes de alho picados, quando a cebola ficar transparente junte os tomates cortados em cubinhos, e deixe apurar o molhinho. Com o molho pronto junte as almôndegas e sirva com seu arroz branco – com shiro gohan – com salada de folhas ou sobre uma massa de macarrão.

ciabatta

Image and video hosting by TinyPic

Se tem algo que eu adoro fazer na cozinha certamente é o tão amado pãozinho. Da minha maneira simples de executar receitas – tenho obtido pãozinhos maravilhosos ao longo do tempo. Nessas férias dei uma passada pela Saraiva adoro ir até lá – pegar os livros me sentar e folhear por horas e horas, nem se quer vejo o tempo passar e sempre mesmo lembrando daquela promessa de não comprar mais livros de culinária eu não consigo resistir e trago um ou outro e foi nesse momento que encontrei esse livro 200 receitas de pães tentadores – amei o nome, amei o livro e já até postei receita do mesmo aqui nessa cozinha e vou fazer tantos outros e fico esperando que todos os leitores gostem da série.

  • 500 g de farinha de trigo, mas um pouco para polvilhar
  • 1 1/2 colher (chá) de açúcar
  • 2 colheres (chá) de fermento biológico
  • 300 ml de água morna
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 1/2 colher (chá) de sal

Misture bem todos os ingredientes só depois comece a acrescentar a água aos poucos. Sove até a massa ficar elástica. Coloque a massa (que terá uma cosistência grudenta) em uma superfície enfarinhada e divida-a em duas partes. Passe bastante farinha nas mãos e modele dois pães alongados, com cerca de 28cm. Coloque-os em uma assadeira untada e enfarinhada. Deixe em um local aquecido, sem cobrir, por cerca de 30 mts ou até que a massa cresça. Asse em forno preaquecido a 200 graus por cerca de 20 mts, até os pães ficarem dourados e emitirem um som oco quando batidos com a ponta dos dedos. Polvilhe farinha e deixe esfriar.

*Fonte – livro 200 receitas de pães tentadores

Salada de batata roxa

Image and video hosting by TinyPic

Como tem feito calor e com isso procuramos comidas mais leves – frias porém cheia de sabor e foi então que andando pelo supermercado encontrei essas lindas batatas roxas – adorei a cor e logo imaginei que elas me dariam uma bela salada o que realmente aconteceu.

Para executar a receita eu lavei bem as batatas e cortei ao meio – coloquei numa assadeira com dentes alho inteiro e com casca – um toque de sal maldon e alguns pedaçinhos de manteiga. Levei ao forno médio e deixei assar – até que fiquem macias por dentro e com uma casquinha crocante por fora – nesse momento eu retiro forno e rego com azeite e suco de limão, polvilhei salsinha e deixei esfriar. Servi a salada com filé de frango e um pãozinho.

Image and video hosting by TinyPic