Do grão ao bagaço

bolinho de milho

Devemos aproveitar o alimento por inteiro, essa foi uma das lições da Semana Mesa 2014 – lição essa que a vovó já nos ensinava e foi por isso que ao fazer um angú de milho verde para acompanhar um franguinho ensopado de domingo, eu resolvi aproveitar o bagaço do milho para fazer um bolinho bem famoso em Goiás o “bolinho de milho frito”, bem temperadinho fica perfeito para acompanhar a cerva *cú de foca em bate papo legal com bons amigos em plena segunda-feira. Agora me diga a vida é ou não é, uma beleza?!

Para fazer o bolinho – você pega o bagaço do milho que utilizou para fazer cural, angú ou até mesmo um bolo ou mingau e junte duas boas colheres de sopa de farinha de trigo, uma de amido de milho, bastante cheiro verde picadinho, uma cebola picadinha, alho e sal sofrido no pilão, pimenta de cheio, um ovo e por último uma colher de chá de fermento em pó, misture bem e ele tem que ficar com consistência de uma massa de moldar com colher, tipo uma quenelle, coloque suavemente no óleo de cozinha quente e deixe dourar.

*A temperatura do óleo não pode ficar extremamente quente, pois corre o risco do bolinho ficar cru por dentro. Se tiver mole demais coloque mais farinha um toquinho a mais de amido.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s