Mexido – um prato carregado de boas lembranças pra mim

mexido

Quando era adolescente vivia na casa de uma amiga querida que pude reencontrar nessas últimas férias, e depois de um longo café e muita conversa (que não deu pra matar as saudades) mas que deu pra voltar um pouco no tempo e lembrar de muitas coisas boas e saber de notícias não tão boas assim, como o falecimento da mãe dela que era uma pessoa incrível, eu voltei pra casa com a certeza de que postaria o famoso mexido aqui – Bom em Goiás mexido é um clássico e na casa dessa minha amiga eu comi por muitas vezes o melhor mexido que já pude provar, um sabor único e sempre que faço em casa me lembro dela e do mexido que ela faz como ninguém. E pra fazer não tem segredo, basta juntar todos os retinhos da sua geladeira e um porção de arroz, e começar a brincadeira; no meu caso eu aqueci uma frigideira de fundo pesado e refoguei meia cebola picadinha com um dente de alho também picado peguei esse refogado e deixei no cantinho da frigideira e no espaço livre da mesma eu estralei dois ovos, coloquei um toquinho de sal e mexi, assim que ficaram prontos eu misturei com o refogado e juntei um pouquinho de carne moída, cenoura raladinha o arroz e por fim coloquei um toquinho de pimenta moída na hora e cheiro verde picadinho.