Pacotinhos de aveia instantânea

aveia

Aprender é sempre maravilhoso, mas quando se aprende com uma pessoa querida e que sabe como a banda toca, é muito amor! Então hoje a dica que peguei na cozinha da vizinha está aqui, mas olha não sejam doidos de não visitar a maravilhosa cozinha dela (com toda licença Ofélia querida). Bom, tenho um filho que devora aveia no café da manhã, todos os dias e incansavelmente e esses pacotinhos pra ele, são verdadeiros porta jóias – pensa você acordar e ter seu café diário super prático, saudável e sem frescuras e mimimi – tudo melhor estilo pá pum. Ah já sei você vai me falar que queria tomar esse café no trabalho e não gostaria de levá-lo em saquinhos e ter que levar mas uma tigelinha e tal, eu já te dou a solução, coloque o conteúdo de seu saquinho nesse lindo vidro, já coloca a colherinha e quando chegar lá, basta adicionar a água e tomar seu café.

Para a receita base você vai precisar de:

  • 5 xícaras (de chá) de aveia em flocos (utilizei 4 de flocos finos para 1 de flocos multi grãos),
  • 1 xícara (de chá) de leite em pó,
  • 1 xícara (de chá) de açúcar mascavo,
  • 1 colher (de sopa) de chia.

Misture tudo muito bem!

Para o complemento dos pacotinhos:

  • Frutas secas
  • Sementes secas
  • Castanhas secas
  • Eu dividi em duas partes a quantidade total da receita base e adicionei em uma parte:

 

  • 1 xícara (de chá) de banana passa cortadas em rodelas pequenas,
  • 1/4 de xícara (de chá) de castanha do pará quebradas grosseiramente,
  • 1/4 de xícara (de chá) de nibs de cacau (que também ficaria ótimo substituído por gotinhas de chocolate),
  • 1/4 de xícara (de chá) de sementes de girassol.

Esta parte dos complementos fica aberto para criar da forma que mais gostar, uva passas, ameixa, blueberry, toda fruta desidratada vai ficar sensacional, variar as castanhas, adicionar sementes novas, tudo depende do seu gosto pessoal, eu particularmente me surpreendi com o sabor do damasco e coco, foi meu preferido!

Você pode também fazer a receita base e adicionar somente grãos e castanhas e quando for tomar seu café da manhã cortar algumas frutas frescas e adicionar no lugar das frutas secas, com morangos frescos e banana e fica maravilhoso!

Coloque em cada saquinho 1/2 xícara do preparo pronto, feche e guarde por até 3 meses.

Para preparar cada manhã coloque o preparo do saquinho em 1 xícara de leite quente, mexa bem e deixe em repouso por uns 2 minutos no mínimo (se gosta da aveia não quente espere 5 minutinhos, ela ficará morna e a aveia muito mais hidratada). Vai se arrumando para sair e enquanto isso a aveia descansa!

Se gostar dela bem geladinha, você pode deixar pronto no dia anterior na geladeira e consumir pela manhã, funciona tanto no leite como no iogurte grego!

Fonte – A Casa Encantada

 

Anúncios

Cookies Floresta Negra

cookies

Fazer biscoitos é uma brincadeira surpreendentemente divertida se tem crianças então, aí a brincadeira fica completa, diversão na certa e garantida. Sei que cookies e biscoitos em geral mete medo em muita gente, muitas pessoas me falam sempre que acham complicado e que tem medo de tudo desandar e perder os ingredientes, mas eu sempre respondo que biscoito no meu mundo entra na regra da confeitaria, tem que seguir milimetricamente todas as medidas e pesos, e ai sim vai ter um resultado perfeito. Então vamos brincar?!

– xícara medidora de 240ml

1 xícara + 1 colher (sopa) – 150g – de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, temperatura ambiente
¼ xícara + 2 colheres (sopa) – 75g – de açúcar cristal
¼ xícara (44g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
1 ovo grande
½ colher (chá) de extrato de baunilha
50g de cerejas secas
150g de chocolate amargo ou meio-amargo em gotas – usei um com 53% de cacau

Pré-aqueça o forno a 180°C. Forre uma assadeira grande, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Em uma tigela média, misture com um batedor de arame a farinha, o fermento e o sal.
Na tigela grande da batedeira bata a manteiga e os açúcares até obter um mistura clara e cremosa. Junte o ovo e a baunilha. Raspe as laterais da tigela. Em velocidade baixa, junte os ingredientes secos batendo somente até incorporar. Com uma espátula de silicone, incorpore as cerejas e o chocolate.
Faça bolinhas com 2 colheres (sopa) niveladas de massa e coloque nas assadeiras preparadas, deixando 5cm de distância entre uma e outra. Asse por 10-12 minutos ou até que os biscoitos estejam levemente dourados por toda a superfície e um pouquinho mais escuros nas extremidades. Co uma espátula fina de metal, solte os biscoitos do papel e deixe esfriar completamente na assadeira.

Rend.: cerca de 20 unidades

Fonte – Lindo e delicioso Blog Technicolor Kitchen

cookies P

Bolo de Maçã com Noz Pecan ou Aproveitando a Fruta por Inteiro

bolo de maçã

Hoje foi um dia nublado, por horas embalado por uma garoa fina e muito frio – assim, um dia perfeito para um bom soninho depois do almoço e ao acordar aquecer e perfumar a casa com esse simples e arrebatador bolo de maçã com castanhas – não gosto muito de domingos sei lá, acho que faço parte da população que tem a síndrome do fantástico, aquele sentimento de saudades, aperto no coração quando o final de semana vai se acabando e eu logo sinto que as crias vão seguir suas vidas já um pouco sem mim durante toda a semana, marido passa o dia fora e é como diria Chico Pinheiro “é vida que segue” – eu adoraria tê-los sempre em baixo de minhas assas, mas sei que isso não é e nunca vai ser possível, então sigo batendo meus bolinhos para que pelo menos no futuro quando eles já não estiverem mais por aqui, tenham sempre vontade de voltar e vir dividir comigo e com o pai uma fatia de bolo e uma xícara de café.

  • 3 maçãs (tamanho médio)
  • Suco de um limão
  • 1 xícara (chá) de óleo de milho
  • 4 ovos
  • 1 1/2 xícara (chá) de açúcar
  • 1 1/2 xícara (chá) de uvas passas brancas
  • 1/2 xícara (chá) de nozes picadinhas
  • 2 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (sopa) de fermento em pó
  • Açúcar e canela para polvilhar o bolo depois de pronto

Modo de preparo
1- Lave as maçãs, descasque-as (reserve as cascas) e corte-as em cubos pequenos. Coloque de molho em uma vasilha coberta com água e suco de limão.
2- No liquidificador, bata o óleo, os ovos, o açúcar e as cascas das maçãs. Reserve.
3- Em um recipiente, peneire a farinha de trigo e o fermento em pó.
4- Acrescente as passas, as nozes e as maçãs escorridas e picadas. Misture bem e adicione o preparo do liquificador. Mexa para misturar.
5- Despeje a massa em uma assadeira redonda (25cm de diâmetro) untada e polvilhada. Leve ao forno pré-aquecido por cerca de 40minutos. Retire do forno, polvilhe o açúcar e a canela em pó.

Amanteigados de limão e café com amor

biscoito

Para deixar o seu café da tarde uma verdadeira fofurice, eu trago amanteigados de limão em formato de ursinhos fofos abraçados a uma amêndoa –  é pura fofurice na sua mesa e feito por você mesma. É ou não é um carinho puro?!

Essas bolachinhas são tão simples de fazer, que você jamais vai encontrar uma desculpa para não executar essa receita e encher sua lata de biscoitos com essas fofuras.

Para o biscoito – 200g de manteiga sem sal gelada e cortada em cubinhos, 100g de açúcar granulado, 300g de farinha de trigo, 2 gemas de ovos (tamanho M), raspas de 3 limões. Coloque todos os ingredientes na batedeira e bata com a raquete até virar uma bola só, retire embrulhe com papel filme e leve para gelar por uma hora. Abra a massa com rolo em bancada enfarinhada corte com o cortador desejado e leve ao forno baixo até começar a dourar, retire o biscoito, e transfira com muito cuidado para uma grade e deixe esfriar.

Se não tem a pá em formado de raquete ou não tem batedeira pode fazer nas mãos mesmo, utilize as pontas dos dedos e vai juntando os ingredientes até soltar das mãos. E pode usar também o processador de alimentos.

Obs – eu cortei com um cortador em formato de ursinho e coloquei uma amêndoa no meio e com os bracinhos eu envolvi essa castanha.

Pão de Queijo Pá Puw ou…..

queijo

poderia ser chamado de pão de queijo certeiro e sem mistérios e olha antes que minha caixa de email´s bombe com uma grande chuva de criticas falando a respeito do assassinato a receita do tradicional pãozinho mineiro eu vou logo dizendo que aqui nesta mesma cozinha tem a receita do tradicional pãozinho mineiro, feito com queijo meia cura, com o polvilho levemente umedecido e escaldado mas esta mesma cozinha também fala para pessoas que tem uma vida corrida que procura cozinhar mas faz isso utilizando receita práticas e sem *rescolero e essa é perfeita para esse publico. Esse pãozinho fica com uma casquinha crocantinha e por dentro puxa puxa – muito saboroso e diria até necessário para acompanhar seu cafézinho da tarde ou manhã. A receita é da cozinha da vizinha e você pode ir até lá que não vai se arrepender da leitura e receitas que vai encontrar por lá, o link abaixo da receita.

Ingredientes:

200gr de creme de leite UHT (1 caixinha)

100gr de queijo meia cura ralado fininho (ou 1 xícara bem prensado)

140gr de polvilho azedo (1 xícara)

1/4 de colher de cha de sal (eu usei um pouquinho menos porque meu queijo já era salgadinho)

Modo de Preparo:

Aqueça o forno a 200gr.

Em uma tigela misture todos os ingredientes até obter uma massa lisa e homogênea. Eu iniciei misturando com uma espátula e quando já estavam incorporados usei as mãos.

Faça bolinhas e coloque em uma assadeira anti aderente ou forrada com papel manteiga ou silpat.

Asse por 15 minutos ou até ficarem bem inflados e douradinhos! É importante que o forno esteja bem quente senão virarão cookies de polvilho!!

Fonte – Delicioso blog Gastronomia &+

Bolo de limão

bolo

Hoje o dia foi tenso, mil coisas um filhote não muito bem e a gente vai levando – só agora consegui passar por aqui, sem falar no Whats né galera que tá bombando (rs). Bom com o jantar no fogo eu venho postar a receita desse bolo que é simplesmente divino, para acompanhar um mate como esta na colher da foto (a erva) ou um café fresco com dois dedos de prosa é perfeito.

3 xícaras (chá) de farinha de trigo
2 colheres (chá) de fermento em pó
1/2 colher (chá) de sal
200 g de manteiga em temperatura ambiente
2 xícaras (chá) de açúcar
4 ovos
1 xícara (chá) de leite
raspas de 2 limões
manteiga e farinha de trigo para untar e polvilhar

Modo de Preparo

1. Preaqueça o forno a 180ºC (temperatura média). Unte uma fôrma redonda ou de pudim com manteiga e polvilhe com farinha de trigo.

2. Passe pela peneira a farinha, o fermento e o sal. Reserve.

3. Na batedeira, bata a manteiga até que fique fofa. Adicione o açúcar e bata apenas para misturar. Junte os ovos, um a um, batendo bem entre cada adição. Diminua a velocidade e adicione os ingredientes peneirados aos poucos, alternando com o leite. A cada adição, bata apenas para misturar.

4. Desligue a batedeira, adicione as raspas de limão, misture com uma espátula e transfira para a fôrma. Nivele a massa girando a fôrma rapidamente sobre a mesa.

5. Leve ao forno preaquecido e deixe assar por aproximadamente 45 minutos. Espete um palito no bolo para verificar o ponto. Se o palitinho sair sujo de massa, deixe assar mais um pouco. Depois de assado, retire o bolo do forno e deixe esfriar por mais 5 minutos.

6. Num prato grande, desenforme o bolo e espalhe o glacê com uma colher. Se quiser, decore com fatias bem finas de limão e sirva a seguir.

Para o glacê

Ingredientes

1/3 xícara (chá) de suco de limão peneirado
2/3 xícara (chá) de açúcar

Modo de Preparo

Enquanto o bolo esfria, numa tigelinha misture bem o suco de limão e o açúcar. Reserve.

Obs- eu não fiz o glacê pois meu Bento adora bolo e não acho legal coberturas, prefiro o bolo simples mesmo.

Obs – Receita retirada do site Panelinha.

Como antigamente

café

Sei que hoje os tempos são outros e existem mil máquinas de café expresso, com cápsulas ou que são capazes de moer o grão na hora e tals (eu mesma tenho uma máquina de expresso que utiliza cápsulas), mas ainda gosto muito do cafézinho passado na hora pelo coador de pano e nesse caso pode ser no menor para uma pessoa apenas ou no maior para mas amigos que gostem de dividir esse momento. Um abre aspas para a caneca vermelha que foi do meu pai, e por muitos anos vi meu pai fazer esse ritual do café todas as manhãs para acompanhar sua leitura diária do jornal impresso – tenho um carinho enorme por ela.

* Esse coador e suporte para uma única dose eu encontrei na minha ida a Tiradentes (MG).