Madeleines de maçã, canela e gengibre

madeleines

Madalenas ou Madeleines são bolinhos feitos em formato de concha – Diz a lenda que depois da Segunda Guerra Mundial as Madeleines se tornaram um produto comum, sendo produzido em larga escala em várias fabricas por toda a França – eu sou apaixonada por esses bolinhos, acho que esse formato tem um lindo apelo visual e faz um chá ficar todo requintado com pouco esforço. Fico pensando que se tivesse meninas por aqui, poderiamos fazer um belo chá da tarde para as bonecas, e no centro da mesa colocaria um pequeno tacho de cobre cheio dessas mimosas conchinhas, mas como isso não aconteceu eu sou mãe de meninos eu costumo fazer um lanche pra eles e servir minhas conchinhas de maneira menos glamourosas porem com toda classe que elas merecem.

– xícara medidora de 240ml

1 ovo grande
1 clara grande
3 colheres (sopa) de açúcar demerara
½ colher (chá) de extrato de baunilha
½ xícara (70g) de farinha de trigo
½ xícara (70g) de açúcar de confeiteiro, peneirado
1 colher (chá) de canela em pó
¼ colher (chá) de gengibre em pó
1 pitada de sal
85g de manteiga sem sal, derretida e fria
1 maçã Gala, descascada e ralada no ralo grosso

Numa tigela grande, usando um fuê, bata levemente os ovos, claras, açúcar e baunilha até obter uma mistura homogênea.

Peneire a farinha, o açúcar de confeiteiro e o sal numa tigela média e adicione-os à massa. Finalize juntando a manteiga e a maçã e misturando delicadamente, de baixo para cima, até homogeneizar – a massa ficará rala. Cubra a tigela com filme PVC e leve à geladeira por pelo menos 1 hora ou por até 24 horas – depois disso, a massa ficará mais espessa e firme.

Pré-aqueça o forno a 180°C – você vai usar a grade central para assar as madeleines. Unte generosamente com manteiga uma forma de madeleines*. Encha cada cavidade com aproximadamente 1 colher (sopa) de massa, dependendo do tamanho.
Coloque a forma dentro de outra assadeira de beiradas baixas e asse até as madeleines ficarem firmes e douradas, com um calombinho no centro, 10-12 minutos. Retire as madeleines da forma usando a ponta de uma faquinha e transfira-as para uma gradinha, para esfriarem – é importante removê-las da forma ainda quentes, pois podem grudar depois de frias.

Rende – 12 unidades

*Fonte – Technicolor

Anúncios

Brigadeiro de Churros – Para não Chegar de Mãos Vazias na Casa do Anfitrião

brigadeiro de churros

Acho tão fofo levar algo feito artesanalmente, para fazer um pequeno agrado aquela pessoa que de alguma maneira se preparou para te receber na casa dela – e não precisa ser nada elaborado e caro, uma coisa simples feita com carinho e bem embaladinha já basta e pensando nisso eu fiz panelinhas recheadas com esse brigadeiro que vai virar um hit nas sobremesas por aqui e depois feche com um lindo laço de fita de cetim e pronto. Tenho certeza que depois de um bom almoço e com a casa já vazia ela vai se sentar no sofá e abrir essa panelinha de brigadeiros e se sentir no céu e a ainda vai ter a panelinha de quebra para servir uma sopinha, colocar umas bolachinhas e ou mil outras coisinhas e ideias.

1 lata de leite condensado, 5 colheres (sopa) de leite ninho, 1 colher (sopa) de manteiga, 50ml de leite, açúcar refinado e canela para enrolar o brigadeiro e doce de leite para rechear.

Preparo – Numa panela de fundo grosso, coloque o leite condensado, o leite em pó, manteiga e leite – leve ao fogo baixo para cozinhar sem parar de mexer até soltar do fundo da panela, transfira para um prato e deixe esfriar.

Com as mãos untadas de manteiga forme as bolinhas e passe na mistura de açúcar e canela, coloque na forminha de papel, assim que terminar todos, coloque o doce de leite em ponto firme na manga com o bico pitanga e recheio no centro.

Frio + Canela + Maçã = Bolo de Maçã

bolo

Aqui em Sampa já bate vento frio na janela e na minha cozinha já começa a aparecer comidinhas de inverno, bem mas calóricas e que no fim se transforma em refeições cheia de amor e carinho – uma tarde de tempo nublado com garoa fina e vento geladinho é um verdadeiro convite a um bolo fresquinho com uma caneca de café ou chá e se pintar uma companhia para um bom papo sua tarde vai terminar feliz eu garanto. Esse bolo bem fofinho e com uma presença marcante da canela é mesmo perfeito, sempre que faço esse bolo meus cubos de maçã se depositam no fundo do bolo, no  começo eu ficava chateada, mas hoje eu já acho que isso dá uma certa bossa ao meu bolinho.

  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 2 xícaras de açúcar
  • 1 colher de sopa de fermento em pó
  • 1 colher de sopa de canela em pó
  • 1 pitada de sal
  • 3 ovos
  • 3 maçãs grandes
  • 1 xícara de óleo vegetal
  1. Unte e polvilhe com farinha um tabuleiro médio (23×35), ou uma fôrma de buraco no meio
  2. Em uma tigela grande, peneirar a farinha e o açúcar
  3. Juntar os demais ingredientes secos
  4. Reservar
  5. Descascar as maçãs, reservando as cascas
  6. Picar em cubinhos
  7. Bater no liquidificador os ovos, o óleo e as cascas da maçã
  8. Juntar essa mistura na tigela com os ingredientes secos e misturar delicadamente
  9. Junte as maçãs picadas, misture e despeje na assadeira
  10. Asse por cerca de 40 a 50 minutos em forno médio
  11. Depois de pronto polvilhar açúcar e canela