Neston – Uma farofa e um presente

bacon

Esses dias fui a um aniversário de um menino que é considerado meu sobrinho, filho de uma irmã que não tive de sangue mas que Deus tomou conta logo de me presentear com a presença dela em minha vida de uma outra maneira. E não foi a minha surpresa ao encontrar uma senhora muito querida e boa na lida com as panelas, sim minha gente uma pessoa de responsa, que não deixa a peteca cair quando o assunto é servir uma comida boa aos seus convivas e assim entre uma conversa e outra ela super querida me deu a receita da farofa de neston e ainda me disse que poderia fazer a lata toda e guardar na geladeira que a mesma ficaria crocante como se estivesse feito naquele momento, e eu não menos *danada que ela, tratei logo de fazer a receita e guardar na geladeira e ver se ela realmente tinha me dado o pulo do gato e não é que deu certinho, e aqui posso dizer que morri 3 vezes de amores por essa farofa. E para fazer tem segredo não, só capricho e muito carinho – coloque uma frigideira de fundo pesado e grande para aquecer, e coloque nela para fritar 300g de bacon picadinho e deixei até soltar a gordura e ficar crocante, nesse momento junte a lata de neston e com fogo baixo e paciência vai mexendo até que o mesmo doure levemente, desliguei o fogo – e eu coloquei um toquinho de sal e pimenta moída na hora e pronto agora é só brilhar com seus convidados.

Obs – Fogo baixo e misture sem parar pois o neston tende a queimar muito rápido.

 

Anúncios

Farofa úmida

farofa

Acredito que aqui nessa terrinha quase todos são fãs de farofa, aqui com meu eleitorado isso não é diferente – tenho uma tia (tia Gracinha) que faz uma farofa maravilhosa, daquele tipo que você come e não esquece jamais – igual a essa deste post. Eu conheci essa farofa na casa da irmã da minha cunhada e foi uma paixão, ficou na minha lembrança um casamento entre farofa e cuscuz, aquele cuscuz paulista sabe qual é né?! Eu coloquei na minha cabeça que tinha que reproduzir a receita para dividir com vocês pois algo tão simples e ao mesmo tempo tão delicioso não poderia ficar guardado a sete chaves ou simplesmente em uma cozinha só. 🙂

Para a farofa – Aqueci uma frigideira de fundo pesado e reguei com azeite e deixei murchar uma cebola picadinha com alho macerado com sal e pimenta, juntei 3 cenouras raladas e deixei ela dar uma lixeira murchada, adicionei meia lata de tomates pelados em cubos e verifiquei o tempero, comecei então a somar a farinha de milho aos poucos, a mesma não pode secar, lembre-se que a farofa é úmida, então quando chega nesse ponto desligue o fogo e some cheiro verde e azeitonas picados.

Farofa de biscoito de polvilho

farofa de biscoito

Essa foi apenas mais uma das receitas ou dicas que me encheu de encanto no evento Semana Mesa SP, a farofa de biscoito globo ou o também conhecido biscoito de polvilho, pensa em algo simples? Sim pessoal é simples e encantador por demais, foi assim arrasadora a maneira com a qual a chef Ana Luiza Trajano serviu a linguiça artesanal de maior *responsa que já vi na vida.

E se você quer reproduzir no conforto do seu lar essa delícia, vou deixar aqui a dica. Aqueça uma panela de fundo pesado e coloque uma boa colherada de manteiga com sal, dê uma boa regada de azeite honesto e acrescente um pacote de biscoito globo (também conhecido como biscoito de polvilho) totalmente esmagado para ficar em textura de farinha ou melhor mas se parece com panko. Deixe o mesmo dourar um pouquinho e vai obter uma farofa crocante e deliciosa. Se quiser pode temperar com uma pimentinha e cheiro verde bem picadinho.

*Mais tarde eu volto, então fique ligado e me siga nas redes sociais para não perder nada dessa cozinha. 🙂

Balanço final do Semana Mesa 2014

g11(1)

De 3 a 5 de novembro, cerca de 20 mil pessoas, 140 chefs e 30 produtores passaram pelo Centro Universitário Senac – Santo Amaro, para participar das mais de 150 atividades paralelas, em três dias.

Subiram ao palco do congresso internacional Mesa Tendências grandes nomes da gastronomia nacional e internacional, para apresentar à plateia a história e as particularidades dos seus mais fiéis produtores. A chef Roberta Sudbrack trouxe Dona Fátima (brotos e ervas), do Sítio Verde Orgânicos, Brejal-Petrópolis/RJ; o chef Guga Rocha apresentou Rafaela Suassuna (queijo de cabra inspirado nos quilombos), de Recife/PE; a chef Ana Luiza Trajano palestrou ao lado dos produtores João Neto (porcos Monteau) e Patrícia Polato (Linguiçaria Real de Bragança), Bragança Paulista/SP.  Também no Mesa Tendências aconteceu o lançamento do Guia Alimentar da População Brasileira, que contou com a participação do Prof.º Carlos Monteiro e Patrícia Jaime, do Ministério da Saúde.

Entre as atrações internacionais, merece destaque a divulgação dos assuntos discutidos na reunião do G11, Conselho Internacional do Basque Culinary Center, formado por onze dos mais importantes cozinheiros do mundo com a participação do prestigiado chef espanhol Ferran Adriá, do francês Michel Bras, do japonês Yukio Hattori, do chileno Rodolfo Guzman, do mexicano Enrique Olvera, do espanhol Joan Roca, do peruano Gastón Acurio e do brasileiro Alex Atala, que este ano assumiu o papel de anfitrião. Também palestraram no evento o argentino Antonio Soriano, ao lado do caçador Joaquim Schittko e jornalista e escritora Soledad Barrut que falou sobre ‘o futuro da alimentação se houver comida no futuro’.

O encerramento ficou a cargo do chef francês Michel Bras, um dos mais influentes do mundo. Em bate-papo com o jornalista Josimar Melo, ele emocionou a plateia ao falar sobre suas inspirações e seus pratos mais emblemáticos como o gargouillou e o bolinho coulant (receita que inspirou o petit gâteau).  O público presente também conheceu o tema da Semana Mesa SP para 2015“A Nova Gastronomia: compartilhando, cultura, conhecimento e paixão.

 

Muito disputado pelos comensais, o Mesa Ao Vivo proporcionou cerca de 30 atividades diárias, com aulas abertas com notáveis chefs, degustações com opções de vinhos, espumantes e cervejas especiais. Por lá, o público conheceu ingredientes e aprendeu receitas de diferentes regiões do Brasil em aulas ministradas por chefs como Janaina Rueda, Bar da D. Onça (São Paulo); Manu Buffara, do Manu (Curitiba); Edinho Angel do Amado (Bahia), Wanderson Medeiros, do Picuí (Alagoas), Floriano Spiess, do Cozinha do Autor (Porto Alegre),Kátia Barbosa do bar Aconchego Carioca e Flávio Miyamura, do Miya Na área etílica, aconteceram os workshps com degustações como o Wine of Argentina e a palestra sobre a harmonização entre Cachaça e Queijo, com Jairo Martins e o mestre queijeiro italiano Renato Brancaleone.

Farofa estreou na programação da Semana Mesa SP com a missão de fortalecer as raízes da cozinha brasileira e estreitar a relação entre comensais público, produtores, chefs e restaurantes. Com entrada gratuita, a feira gastronômica comercializou cerca de 7.240 refeições  nos food trucks e barracas com comidas regionais elaboradas por chefs consagrados como Wanderson Medeiros, do restaurante Picuí (AL), Edinho Engel, do Amado (BA), Onildo Rocha, Grupo Roccio (PB), Marcos Livi do  Veríssimo Bar (SP) e chefs do Slow Food. O local também acolheu 10 barracas de produtores familiares onde o público interagir e adquiriu os ingredientes diretamente dos produtores de diferentes regiões do País.

Apaixonados por queijos puderam degustar e votar no Primeiro Concurso de Queijos Artesanais do Brasil, promovido pela Merceraria Mestre-Queijeiro e pelo Slow Food Brasil. Nesta primeira edição, entraram na disputa cerca de 100 tipos de queijos de produtores de todo o país, que foram premiados com selos ouro, prata e bronze, não havendo um único vencedor.

 

Mesa na Cidade, que aconteceu nos dias 4, 5 e 6 de novembro nos restaurantes Attimo, Tuju e Miya, reuniu notáveis chefs que elaboraram primorosos Jantares Magnos. No dia 4, os chefs Jefferson Rueda, Rodrigo Oliveira, Thiago Castanho e Alberto Landgraf cozinharam juntos no restaurante Attimo. Já no dia 5 as panelas do  restaurante Tuju foram comandadas pelos chefs Lucas Bustos, Kamilla Seidler, Ivan Bielawski, Antonio Soriano e Michelangelo Cestari. No dia 6, o  Miya, recebeu os chefs Flávio Miyamura, Daniel Redondo e Manu Buffara.

Saímos de lá com tema da Semana Mesa SP 2015 – “A Nova Gastronomia: compartilhando, cultura, conhecimento e paixão. Fiquem ligadinhos e se tiverem oportunidade de ir, vai ter uma das melhores experiências da sua vida – pois além de enriquecer seu caderninho de truques e receitas, vai compartilhar, amor e paixão pela comida.

 

Alex Atala 3