Dalva e Dito e Eu…

sanduiche

Um belo dia eu resolvo comer um sanduba sem pretensão de nada, lá no Dalva e Dito do querido Alex Atala – e sai completamente apaixonada e pra mim estava eleito ali o melhor sanduba de pernil de Sampa. Mas a história não poderia parar por ai, fiquei matutando na minha cabeça durante toda a minha viagem de férias como poderia ter sido feito aquele lanche tão rico em sabor e a textura da carne incrível e daí resolvi fazer minha versão, versão essa que me encheu de alegria – pois ficou sensacional.

Então vamos já pra cozinha fazer o tal sanduba – Um pedaço de pernil, faça furos na peça de carne e tempere com sal, pimenta em grãos e alho sofridos no pilão, cubra com vinho e deixe marinar por 2horas – após esse tempo, pegue a peça de carne transfira para uma assadeira besunte um toquinho de azeite na mesma e cubra com o vinho que a marinou, tampe com papel alumínio e leve ao forno baixo – isso vai levar algumas boas horas lá no forno bem baixinho, quando aquele vinho secar a carne já deve estar desmanchando, então retire da assadeira e faça um fundo com cebolas em rodelas, tomates em cubos grandes, pimentão em rodelas e coloque a carne que você deve terminar de desfazer com o garfo, tampe novamente com papel alumínio e leve ao forno e deixe que esses ingredientes cozinhem e forme um molhinho grossinho e pegue o sabor da carne, então retire do forno e monte seu lanche com o pãozinho escolhido e um toquinho de uma boa mostarda.

Falafel

falafel

Esse bolinho de grão de bico de Israel é uma das minhas paixões – sempre que vou a 25 de março aqui em Sampa eu chego lá no Raful para degustar essa e outras delícias servidas com muita propriedade por lá, mas como nem sempre posso ir até lá e em contra partida sempre me bate uma vontade de comer essa delicia eu me vi obrigada a aprender a fazer (isso sem falar no fato de ter um irmão vegetariano que também adora esse sanduba aí). Reza a lenda que ir até Israel e não comer falafel é como ir a Itália e não comer macarronada – eles são super tradicionais por lá e são vendidos em bancas e restaurantes espalhados por todos os lados, faz parte da dieta diária daquele povo. Enfim se você curte esse tipo de comida devo dizer que esse sanduíche é demais.

Para a receita do bolinho;

1/2 kg de grão de bico
70 g de salsinha ou coentro
6 dentes de alho esmagados
Uma pitada de sal
Uma pitada de pimenta preta
1/2 colher de chá de cominho
Duas cebolas médias
1 colher de bicarbonato de sódio
Óleo para fritar

Modo de preparo

Deixe os grãos de bico de molho em água fria com bicarbonato de sódio durante a noite. Coloque o grão de bico, coentro, alho e a cebola em um moedor de carne. Adicione os ingredientes restantes e misture em um recipiente. Aqueça o óleo a alta temperatura e abaixe o fogo ligeiramente. Use uma colher para fazer bolinhos de falafel (do tamanho de almôndegas) e fritá-los no óleo até dourar. Escorra o óleo dos bolinhos. Para montar o sanduíche você Coloque humus, tomate e cebola picados no pão sírio antes dos bolinhos, e depois acrescente verduras e legumes, como cenoura ralada,  repolho e o que mais gostar. Para finalizar, coloque tahine por cima e pronto!

*Se não tem receita de humus é só colocar na busca aí do blog pois temos essa receita aqui.

 

Pegando leve

sanduiche levinho

 

Pegando leve ou nem tanto assim, porque vamos combinar é difícil a carne é fraca mas…. Pensando que logo o verão está ai e que muitos querem estar com corpichuu em cima vou aparecer por aqui com algumas opções bem saudáveis e não tão calóricas para que você possa consumir no seu jantar.

Então é assim; pegue seu pão preferido (a se for integral melhor ainda né) passe um pouco de cream cheese, rodelinhas de pepino cortadas no mandolin, rodelas finas de tomate, folhas de mini agrião e algumas fatias de blanquet de peru e pronto.

*Dica tempere a saladinha que vai no sanduíche com pimenta moída na hora, sal e um fio de azeite honesto.

 

Hamburguer no pão australiano

pão autrasliano cópia 2

O fogão volta a funcionar – se bem da verdade ele nunca parou mas o mal estar provacado pelo começo da gestação me fez deixar um pouco de lado o bloguito. Com a receita de uma querida amiga a Sheila os meus lanchinhos tomaram uma carinha nova.

Aqui no blog tem várias receitas de hamburguer (coloque na busca e escolha o que mais te apetece) – eu apenas os moldei em tamanhos bem menores pois se trata de mini pão australiano. A combinação é de verdade perfeita, o picante da geléia o adoçicado do pão e frescor da saladinha foi responsável pela viagem ao céu ao provar o lanche.

Depois do hamburguer pronto com queijo derretidinho, coloque-o no pão com uma pequena colheradinha de geléia de pimenta por cima e para coroar uma saladinha de alface americana com tomatinhos picados em cubos e temperada apenas com azeitinho honesto, feche o pão e está pronto para atacar.