Uma história de amor – Roberta Sudbrack e Fátima Anselmo

sudbrack

Não poderia deixar de começar por ela, ela que é sem dúvida minha chef predileta e leva na sua marca o slogan da ousadia (pelo menos meu conceito) mostrou com todo louvor o porque devemos ter essa conexão e sabendo da importância do tema ela aproveitou e deixou sua produtora de brotos e minis verduras, sua parceira e porque não dizer um de seus braços, contar uma linda história de vida, de amor e de total respeito. Eu que assistia a tudo atenta não consegui me conter e chorei por uma ou duas vezes durante a palestra. Sempre soube do carisma, generosidade e respeito de Roberta mas quando vemos ao vivo essa conexão fica difícil conter a emoção. E foi assim com Fátima dizendo não ter simples plantas em seu terreno e sim pequenas e valiosas pérolas que num futuro próximo ela ira entregá-las a grande artista que é a chef – que essa dupla se tornou a primeira do dia a ser aplaudida de pé, entre abraços e lágrimas Roberta se manteve ali no propósito de deixar sua aliada e parceira contando essa história e foi cozinhando e ouvindo a prosa – e ao final podemos ver uma de suas criações a salada de pupunha cru com brotos (inclusive de chuchu), e flores deixando a todos de boca aberta com tamanha simplicidade e beleza – o robalo não ficou atrás.

robalo sudbrack

 

 

 

 

 

Anúncios

Feijão No Prato na Semana Mesa

semana-mesa-sp_atala

Você não vai ser nem louco de perder né?! Feijão vai contar tudo, tudo que rolou no maior encontro de gastronomia da América Latina aqui e nas minhas outras redes sociais então é só começar a me seguir e você não vai perder nem uma novidade do que rola ou rolou por lá.

*Semana Mesa.

Menu Degustação Restaurante Otávio Machado

peixe com purê de abóbora

O blog junto com mais outros blogs bacanas, foi convidado para conhecer o menu degustação dessa casa, e pensa num lugar fofo, gostosinho com boa comida e para coroar ainda na companhia de gente legal? Isso mesmo, foi tudo isso aí juntinho num lugar só – A chef Juliana Mendes que trabalhou fora do país, passou pelo conceituado Maní, hoje pilota a cozinha do restaurante e pilota com categoria viu minha *nega?! Pois a comida estava primorosa – as entradinhas eu postei nas outras redes sociais (se você ainda não me segue por lá, demorou em? rs), e aqui vou postar todo o resto. Começando por essa tilápia grelhada com crosta de pão, purê de abóbora e molho de ervas.

filé de porco com crisp

Logo em seguida veio o mignon suíno com raclete de batata doce e queijo coalho, geléia de dedo de moça e crispy de cebola roxa – fantástico.

cordeiro

E por fim veio o cordeiro com toda sua categoria – assado com pasta refrescante de coalhada e esse lindo gratin de batatas para dar um sustância ao prato, (perfeito).

sopa de frutas

Como todo bom jantar, a sobremesa fechou a noite e que noite. Para começar foi servida essa sopa de frutas vermelhas com sorbet artesanal de rosas e paçoca da casa. Pirei!!!

abacaxi

E fechando a noite veio esse abacaxi em infusão de capim santo com farofa de aveia, gelatina de mel e sorvete artesanal de coco. Não tenho palavras.

bebendo

E assim como diria *Chico Buarque – com alguns bons amigos bebendo de bem com a vida, terminamos uma noite super agradável e se liga na dica, se tiver oportunidade não deixe de conhecer pois o menu da chef é incrível.

*Quero deixar aqui um super obrigada pelo convite e se você gostou o restaurante fica aqui.

 

Catupiry e Feijão No Prato

aula

Ontem fui a uma aula na loja super mega hiper legal da Catupiry – foi uma deliciosa manhã e uma manhã de comilança também diga-se de passagem. A catupiry sempre inovando e mostrando que podemos fazer muito mais com seus produtos do que a nossa já tão amada e idolatrada coxinha de frango com catupiry. E assim começou a aula com uma bruscheta maravilhosa, com um toquinho de alho, catupiry, presunto cru, rúcula e para finalizar um fiozinho de azeite honesto.

bruscheta

E logo em seguida veio um escondidinho ou desconfiadinho né (rs)? Bom eu achei a ideia de montagem genial, pois o purê de batata foi colocado no fundo do ramekim e logo a seguir veio uma carninha moída com sabor de comida de mãe, aquele refogadinho no melhor estilo caseirinho e para coroar cobriu tudo com catupiry, parmesão e forno.

semifredo

E como todo bom encontro em volta de uma mesa termina em uma sobremesa ou café – ainda não descobri como é o fim do encontro *bemnheeee , lá eles nos proporcionaram a oportunidade de provar um MARAVILHOSO semifredo de laranja e morangos feito com catupiry, receita essa que vou reproduzir em breve por aqui – quando experimentei fiquei passada a ferro, o negócio era simplesmente  a cara da riqueza.

*Bom a toda equipe da Catupiry meu super obrigada, estava tudo delicioso e o carinho e gentileza no qual fui recebida sem palavras. E pra você que quer comprar coisinhas legal ou tomar um café com um pãozinho de queijo quentinho e totalmente recheado com catupiry, chega lá na loja deles o endereço você encontra aqui.

Semana Mesa e Guga Rocha

abóbora

Para comemorar o dia do terror, o Halloween, o Chef Guga Rocha, apresentador do programa Homens Gourmet e palestrante da Semana Mesa SP, elaborou uma receita deliciosa com a abóbora, símbolo comemorativo da data. E para dar um toque final de chef, acrescentou camarões e castanha de caju.

O chef Guga Rocha ministrará a palestra A cozinha dos quilombos, no festival Mesa ao Vivo, que integra o evento Semana Mesa SP, o mais importante evento de enogastronomia da América Latina, que acontece entre os dias 3 e 5 de novembro, no Centro Universitário Senac – Santo Amaro, em São Paulo.

O Halloween no Brasil é mais conhecido como dia das bruxas, comemorado dia 31 de outubro.  Diz à lenda que a passagem dessa noite é marcada pela saída dos mortos-vivos de seus túmulos para amedontrar todos aqueles que estão por perto.

Ingredientes

1 abóbora média

300 g de camarões

150 g de abacaxi (em cubos)

80 g de castanha de caju torrada

200 ml de leite de coco

150 g de requeijão

20 ml de azeite de oliva da Espanha

30 g de cebola roxa (picado bem pequeno)

10 g de alho (moído)

5 g de coentro (picado)

10 g de salsinha (picada)

5 g de gengibre (picado)

1 pimenta dedo de moça (sem sementes picada bem pequeno)

15 g de tempero cajun*

Sal

 

Modo de preparo

Tire a tampa da abóbora e retire todas as sementes;

Cozinhe-a no vapor por 10 minutos com a abertura para baixo;

Retire e forre com o requeijão toda parede interna da abóbora (reserve);

Frite a cebola, alho, gengibre e pimenta no azeite de oliva;

Junte os camarões e o abacaxi refogue rapidamente e adicione o leite de coco,

Tempere com o tempero cajun, salsinha, coentro e sal;

Adicione as castanhas e ponha essa mistura dentro da abóbora, leve tudo ao forno para aquecer e sirva acompanhado de chips de batatas fritas e arroz branco.

 

Dica do Guga:

Faça meu tempero cajun

2 colheres (sopa) de páprica

2 colheres (sopa) de alho em pó

2 colheres (sopa) de cebola em pó

1 colher (sopa) de pimenta do reino moída

1 colher (sopa) de pimenta de caiena em pó

1 colher (sopa) de orégano

1 colher (sopa) de tomilho seco

1 colher (sopa) de alecrim seco

 

Modo de preparo:

Misture tudo e use em tudo!

Esse tempero é uma delicia, vai mudar sua vida

* Semana Mesa

Rocambole de carne e um novo forno

rocambole

Ontem foi dia de eleição, eu como muitas pessoas acredito teriam que votar pela manhã e voltar para fazer seu almoço ou fazer seu dever cívico depois do almoço e eu fiquei com a primeira opção e já pensando que teria os meninos para alimentar e que esse almoço não poderia ser nem demorado nem complicado, resolvi testar o SolarDom e fazer esse rocambole – foi o melhor rocambole que já fiz, pois devo dizer que odeio rocambole de carne seco e todas as vezes que faço no forno convencional eu coloco um pouco de iogurte na carne para justamente evitar que o mesmo fique seco e ontem eu consegui um rocambole douradinho por fora e assado dentro e bem úmido dentro e sem o iogurte, adorei o resultado.

Na cestinha – 500g de carne moída – 1 colher de sobremesa de manteiga – 1 ovo – 2 colheres de sopa de aveia em flocos finos – 1 lata de milho e ervilha (aquela que já vem misturadinho) – 100 g de queijo mussarela fatiado – 100 g de presunto fatiado – 200 g de bacon em fatias – temperos a gosto (eu coloquei alho sofrido no pilão, sal e pimenta do reino moídos na hora).

Preparo – Coloque a carne, o ovo, aveia , manteiga e os temperos numa travessa e misture até que pegue uma liga e reserve. Em uma tábua grande, abra uma folha de papel alumínio e coloque as fatias de bacon lado a lado, abra a carne por cima e coloque o presunto, queijo e a mistura de ervilha e milho, comece a enrolar o rocambole com a ajuda do papel, depois de fechadinho eu o coloquei na assadeira, sem o papel alumínio e fechei bem as pontas. Levei no forno SolarDom por apenas 25mts e saiu assim, úmido, douradinho e lindo.

Fonte – Informações desse forno você tem aqui.

LG, Feijão No Prato e SolarDom juntinhos….

forno

Tá pintando aí uma nova história de amor – e vou contar e dividir tudinho com vocês. Então foi assim, estava eu no cafofo, já começando a colocar a louça na máquina quando toca o interfone, e o porteiro avisa, D. Eliana tem encomenda aqui em baixo, como?! rs Bom o maridão vai buscar, sim ele é fofo de doer minha gente e quando penso que não chega essa coisa linda aí, com flores e cesta de café, é muito amor minha nega(o). E agora vai começar meu novo namoro e sabe com quem? Claro com forno SolarDom da LG, um forno 5 em 1 – executa função de forno elétrico, com convecção, micro-ondas, grill, ainda com a função SteamChef – cozimento à vapor – que retém mais os nutrientes dos alimentos e agora meninas, se segurem que vai pintar muita receita, vou usar e abusar do bichinho – fiquem ligada aqui.

presentes