O calor, a Cerva Gelada e o Petisco

comidinha

Final de semana chegando, calorão e a turma já sonha com cervejinha gelada, e o que fazer para embalar essa bebida que é paixão nacional? Eu te mostro aqui, que tal esses fagottinis fritinhos, super crocantes e super fácil de fazer – basta abrir a embalagem,  e fritar em imersão em óleo quente, até dourar – para acompanhar uma salsa um molhinho bem gostoso e de preferência picante.

Obs – Pode ser capeletti ou Ravioli e com o recheio da sua preferência.

Anúncios

Direto da cozinha da vizinha pra minha – Bolinho de jiló

bolinho

Se tem algo que o blog me trouxe e sempre traz são boas amizades – que a cada reencontro gera muitos papos, risadas, troca de experiências, fofocas das boas e fortifica ainda mais os laços dessas amizades – a Patricia foi mais uma amiga que ganhei ano passado por conta dessa cozinha virtual aqui e ela é uma pessoa super divertida, alto astral enfim e a bicha ainda cozinha bem, não ninguém merece né?! Bom e nos encontramos esses dias em um evento e a bicha já chegou toda  montada na felicidade pois vinha de um boteco, eu mereço?! Descreveu os bolinhos que traçou por lá de tal maneira que ficou mesmo irresistível não replicar a receita (não copiei eu recriei pois como diz o mestre Atala cozinheiro não copia faz releitura da receita – kkkkk). Bom então na minha releitura do bolinho luxo de jiló eu recheei com queijo ao invés da linguiça, versão que ainda quero fazer. Genthenn não deixei de fazer esse bolinho pra acompanhar a serva do final de semana, vai por mim.

Para executar – 100g de cebola picada finamente / 50g de alho triturado / 1 colher de sopa de azeite / 250 g de jiló picado bem miúdo / 1/2 colher de sopa de sal / 1/2 colher de chá de pimenta do reino / 200ml de água / 300g de farinha de trigo / 1/2 maço de salsinha e queijo mussarela cortado em palitinhos para rechear. Para prepara a massa – Em uma panela aqueça o azeite em fogo baixo e refogue a cebola e o alho até murchar, junte o jiló e refogue por 5 minutos até começar a mudar de cor. Tempere com sal e pimenta. Caso queira uma massa mais pedaçuda e verdinha não refogue o jiló por muito tempo e se quiser a massa mais lisinha refogue o jiló por 10 minutos. Adicione a água e quando começar a ferver acrescente a farinha de uma só vez, mexendo vigorosamente até que a massa desgrude do fundo da panela. Deixe essa massa esfriar e depois molde os bolinhos recheando com queijo e para empanar eu passei na farinha de trigo, leite e farinha de rosca. Frite em óleo quente e sirva assim quentinho com o queijo bem puxa puxa.

Fonte – Gastronomia & +

Amendoim torrado no microondas

amendoim no micoondas

Essa receita que também é uma super dica vem lá na maravilhosa cozinha da Nana, também conhecida como Manga com Pimenta. Então minha *gentemm não deixe passar.

Jogue todo o amendoim (500 gramas / um saquinho) numa boa vasilha que suporte o calor (seu amendoim vai a loucura e a sua vasilha também se for de plástico, já cheguei a queimar uma vasilha porcaria dentro do microondas fazendo amendoim).  Leve o Amendoim para o Micro ondas durante cinco minutos, retire do forno, mexa, adicione a salmoura (duas colheres rasa de sobremesa de sal e quatros colheres de sobremesa de água) para quem for servir como petisco. Para uso de alguma receita eu não acho bacana salgar.

Volte a vasilha para o microondas, durante dois minutos e meio, novamente mexa, aguarde um pouquinho, veja se está assado, senão repita essa operação no seu micro ondas até o amendoim estiver assado (sempre com dois minutos ou três minutos e meio de tempo) . No meu microondas, o tempo de preparo foi 14 minutos, mas como cada microondas tem uma personalidade própria, o tempo pode ser maior ou menor, o ideal é sempre acompanhar como está indo o processo de preparo do amendoim no micro ondas.