O meu encontro com o Mestre Queijeiro

queijos

Bruno Cabral é formado em gastronomia na Espanha e certificou-se mestre-queijeiro em curso do governo da Catalunha,  em 2009. Desde então, apaixonou-se de tal forma sobre o assunto que fez dele sua vida. Voltou para  Brasil em meados de 2011, tornou-se sócio/chef do resturante Donostia (algo que já ficou pra traz). Mais tarde, criou o site Mestre Queijeiro, que garimpava os melhores queijos de pequenos produtores nacionais e os vendia online. Foi só em 2014, que seu maior projeto se realizou: a abertura da Mercearia Mestre Queijeiro, em Pinheiros.

Passei uma manhã te ouvindo falar e defender o rico queijo e leite cru, foi assim espetacular.

queijo mantiqueira

Admirei-o, desde o começo de sua prosa, por sua luta ao lado do produtor de queijos artesanais e pelo conhecimento sobre queijos que ele foi adquirindo não só em cursos e eventos no exterior, mas também percorrendo fazendas Brasil afora. Resultado, foi o primeiro brasileiro convidado para ser jurado e representar o nosso país no World Cheese Awards, o maior evento de queijos do mundo. De quebra, conseguiu colocar o nosso queijo da Serra da Canastra para concorrer na categoria – Queijo de leite de vaca de meia cura.

 

Anúncios

Carne, queijo, crisp de bacon e chutney de cebola

Cebola

Brisando na Cozinha do FeijaoNoPrato, e dois ou três dedos de prosa – Tive o prazer de mais uma vez esse ano tornar real uma amizade virtual e ainda participar das pequenas doses de trafico de alimentos e ingredientes que rola nos bastidores do Encontro Gourmet e não poderia jamais deixar de dividir com vocês essa delícia, o incrível chutney de cebolas dessa moça linda e encantadora e olha como sou boa gente vou contar como você pode encontrar essa *gostusura, correr lá no blog dela que vou deixar aqui e fazer sua encomenda que ela envia potes cheio de delicias e cercado de carinho.

Eu fiz um hambúrguer, com queijo cheddar e por cima coloquei uma boa porção desse chutney e para finalizar um crispe de bacon bem crocante.

Para o hambúrguer – 1q de fraldinha, 4colheres (sopa) de azeite e 3 colheres (sopa) de água gelada, amasse bem até que essa carne pegue uma liga, molde os hambúrgueres de 150g de leve na chapa quente, tempere com sal e pimenta moídos na hora, quando virar essa carne tempere novamente com sal e pimenta moídos na hora, coloque o queijo abafe e deixe derreter, coloque no pão, coloque uma porção da cebola e finalize com crisp de bacon.

Para o bacon basta levar as fatias ao micro-ondas e deixar que as mesmas fritem e fique crocantes, pode ser no forno no fogão também, depois basta quebrar com ajuda de uma faca em pedacinhos que ficam bem crocantes.

Gallete ou Torta Rústica de Tomates Assados

torta rústica

Era feriado, era dia de preguiça e era dia de fazer o casamento da farinha com fermento e se tiver recheio para coroar essa união aí a festa fica completa. Coloquei lindos tomatinhos cerejas vermelhinhos e amarelos, sal e pimenta moídos na hora, cebola picada em pedaços grandes e dentes de alho tudo isso somado a uma generosa regada de azeite honesto vai ao forno bem baixinho, não precisa pressa o segredo aqui é a paciência. Depois desses tomatinhos ficarem macios mas sem se desmanchar, do tipo que vai explodir na boca a cada naco de torta devorado, você retira do forno e reserve e nesse momento começa a brincadeira com a massa de pão, de torta ou o simples encontro da farinha com fermento.

 

Massa

  • 1/2 tablete de fermento biológico
  • 1 colher (sopa) de açúcar
  • 1/3 de xícara (chá) de leite morno
  • 2 e 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (café) de sal
  • 1 ovo
  • 3 colheres (sopa) de margarina em temperatura ambiente (usei margarina pra uso culinário)
  • Óleo para untar

Dissolva o fermente com o açúcar e o leite morno, acrescente 2 colheres (sopa) de farinha de trigo e misture bem. Cubra e deixe descansar por 15 minutos. Em uma tigela misture o restante da farinha de trigo e o sal, faça uma abertura no centro e coloque o ovo, a margarina (ou manteiga) e a massa fermentada. Junte a mistura de fermento e trabalhe com a massa em uma superfície enfarinhada até que esteja macia e homogênea. Coloque em um recipiente untado com óleo e gire a massa para que fique besuntada com o óleo. Cubra e deixe crescer por 40 minutos. Após esse tempo baixe a massa com as mãos e deixe crescer novamente por 15 minutos. Abra a massa em círculo (30cm de diâmetro) e coloque sobre o fundo externo de uma assadeira (25cm de diâmetro) eu usei uma assadeira de vidro para pizza e apenas enfarinhada. Nesse momento eu apliquei o recheio , que no meu caso foi queijo fresco (conservado em salmora, esse queijo tem o sabor mais forte e mais pronunciado que o queijo fresco que estamos acostumados, ele dá recheios de tortas e acompanhamentos de saladas maravilhosos – vou deixar a marca aqui em baixo), coloquei por cima os tomates assados tendo o cuidado de separar bem o azeite e para fechar com chave de ouro coloquei um pouco mais do queijo e levei ao forno médio até que a massa esteja dourada e assada o que seria +/- 30 minutos.

Bolinhas de Ricota no Azeite

bolinhas

Com a mesma ricota postada semana passada, eu fiz essa conserva que fica show para acompanhar sua torrada, fatia de pão ou até mesmo compor seu sanduíche – dica simples e encantadora e de quebra pode se encaixar na *catigoria economia doméstica porque se planejar é tudo minha gente.

Com a mesma massa da ricota já postada aqui – você tempera com sal e pimenta moídos na hora e amasse bem e forme as bolinhas, em um vidro esterilizado você coloque azeite extra virgem até o meio e coloque um dente alho cortado ao meio e se quiser umas ervinhas, no meu caso usei folhas de manjericão, coloque as bolinhas e se precisar termine de completar o vidro com azeite, guarde na geladeira e espere 3 dias para consumir assim o azeite e as bolinhas pegam os sabores tanto do alho quanto da erva utilizada.

vidro

Ricota Fresca

Ricota

Eu ando pensando e repensando minhas compras em super e hipermercados, sempre fiz muitas coisas em casa mas ando pensando que deveria fazer mais e seguindo essa proposta fiz minha ricota ontem a noite, para fazer o almoço de hoje (que foi uma simples deliciosa lasanha de espinafre com ricota), e hoje fiz outra ricota que vou mostrar amanhã o destino dessa outra ricotinha, sugiro que fiquem ligados. O fato é que ricota é algo tão simples de se fazer que não vejo nenhum motivo se quer para cair na tentação e comprar uma pronta e olha essa receita te renderá uma ricota macia, cremosinha, úmida e não seca como a grande maioria que encontramos no mercado.

A receita é de uma amiga que tenho muito, muito carinho um companheira de blog das antigas e vou deixar lá embaixo o endereço dela e sugiro que vão até lá e leiam com carinho o trabalho dela que eu adoro e super recomendo.

1 Litro de Leite de Saquinho com alto teor de gordura (eu faço com leite integral de caixinha e dá super certo)
3 colheres de sopa de vinagre branco ou de limão
6 colheres de sopa de creme de leite
sal a gosto

Ferva o leite, desligue o fogo e acrescente o vinagre ou o limão, misturando bem.

Feche a panela e aguarda dez minutos.

Pegue uma peneira fina, coloque um pano limpo dentro da peneira (pode ser pano de prato nunca usado ou uma fralda de criança – também nunca usada, né?), coloque em cima de uma vasilha para escorrer o soro.

Volte para a panela, você verá o soro separado da gordura do leite. Leve esse leite e coloque na peneira, deixe o soro escorrer para a vasilha, apertando o pano para tirar o liquido.

Deixe descansando durante meia hora, coloque a coalhada (gordura do leite) em uma vasilha para temperar.

O tempero é a gosto, mas terá que adicionar o sal e o creme de leite (quem quiser, pode colocar um pouco do soro no lugar do creme).

também poderá colocar salsinha, cebolinha, alho, pimenta do reino ou pimenta calabresa… enfim, a criação fica com você.

Mas se você quiser colocar apenas o sal e o creme de leite, já fica maravilhoso.

Outra coisa, se o leite coalhou ou azedou, não jogue fora, no lugar de levar ao fogo, você já pode colocar direto no pano e a peneira para tirar o soro e fazer a sua ricota.

O soro do leite, você pode guardar em uma garrafa pet para fazer pães ou tortas. Existem sucos que usam esse soro do leite e são bem caros por sinal.

Se você for fazer suco, use o leite que coalhou naturalmente, já que o soro que tem limão ou vinagre, tem o gosto mais ácido.

Outra coisa que eu descobri, é que o soro do leite também é o famoso e querido Whey Protein. O soro do leite é cheio de proteínas, vitaminas, minerais e enzimas.

Fonte – Blog Manga com Pimenta

Pão de queijo de frigideira ou apenas uma dica

frigideira

Gente o nome pão de queijo foi apenas uma doce referência e fiquem tranquilos que eu sei bem que pão de queijo mineiro está muito longe dessa receita – mas também quero defender que esse lanche para um momento emergência e fome total é uma ótima escolha. De preparo super rápido e podendo pirar o cabeção no quesito recheios você vai cair de amores por essa receita.

Na cestinha – 1 ovo, 1 clara, 2 colheres (sopa) de polvilho azedo, 1 colher (sopa) água, 1 colher (sopa) de iogurte natural, 1 pitada de sal, 3 fatias de queijo branco para o recheio.

Bata todos ingredientes no mixer ou liquidificador, com exceção do queijo fresco do recheio. Coloque 1/3 da massa na frigideira antiaderente pré-aquecida e cozinhe e fogo baixo. Quando soltar da panela, vire e deixe o outro lado dourar, coloque o queijo e faça um rolinho e deixe um pouquinho para o queijo derreter. Rende 3 porções.

Lasanha com um toque de ricota defumada

lasanha

O que fazer quando sua cria quer uma lasanha de 4 queijos e você descobre que o provolone esta valendo quase um rim?! Sim meu povo o preço do bichinho é assim uma afronta e nessas horas sou radical, não compro e acredito que todos deveriam fazer o mesmo, pois assim mudaríamos um pouco as coisas e daríamos chances de talvez outros produtos e produtores entrarem no mercado. Bom então eu passei a mão em um litro de leite, um pote de requeijão cremoso de 400g, uma boa colherada de manteiga que aqueci dourei levemente 1 colher de sopa de farinha de trigo, juntei o leite e o requeijão e mexi até esse molho criar consistência levemente engrossada, temperei com um toque de sal moído na hora e um pouco de noz-moscada que também ralei na hora e reservei. Peguei dois pacotes de massa para lasanha e fui montando camadas de molho, massa e queijos (mussarela, queijo prato e ricota defumada ralada) e finalizei com molho e parmesão ralado. Levei ao forno no tempo indicado na embalagem da massa e depois acionei o grill para gratinar e criar essa capa de queijo dourar e crocante.