Um trucão para seu molho de tomate do dia a dia

massa

Penso que dicas para o mudar e dar uma cara nova, uma graça na sua comida do dia a dia é legal, né não?! Bom sendo assim venho contar pra vocês uma maneira simples de dar uma levantada no seu molhinho de tomates, você pode começar seu molho do zero com tomates frescos e se precisar de uma receita é só colocar na busca aqui do blog ou então pode utilizar latas de tomates pelados que vai te render um molho incrível e pra começar, aqueça uma frigideira grande de fundo pesado e enquanto a mesma aquece coloque um pouquinho de erva doce na tábua de corte e de uma leve amassada na mesma para que ela solte melhor seu perfume e sabor e para dar uma leve defumada leve ela a essa frigideira quente e deixe torrar levemente, some azeite e uma cebola bem picadinha com dente de alho e deixe sofrer na frigideira até a cebola ficar transparente, some os tomates pelados, tempere com sal e pimenta moídos na hora e coloque um toquinho de leite para quebrar o ácido, deixe apurar e sirva com sua massa cozida al dente.

Obs – esse molho super combina se for feito com fatias finas de linguiça calabresa defumada.

Fonte – Meu esposo, que também comanda as panelas por aqui vez em sempre.

Anúncios

Kebab ou nem tanto assim

kebab

 

Bom quando falamos em kebab já imaginamos um belo sanduíche e bem ao contrário do que se pensa, o kebab não é sinônimo de sanduíche e sim na verdade, seu recheio –  pode vir dentro do pão, sobre o pão, sozinho, com legumes, couscous, arroz com aletria, pastas… “O kebab se popularizou na Europa, onde ficou conhecido como sanduíche. Foi levado para a Alemanha pelos imigrantes turcos depois da Segunda Guerra”, diz Rodrigo Libbos, chef do Kebab Salonu, de São Paulo. Ele explica que os brasileiros normalmente visitam a Europa, e não o Oriente Médio. Por isso cometem o mesmo erro dos europeus ao nomear o prato. “A diferença da Europa para a Turquia é que lá pegou o kebab enrolado, que é o sanduíche. No Oriente Médio, monta-se a carne em cima do pão, ou no prato, com outros acompanhamentos”. A minha versão nem é a do tal churrasco cortado em tiras fininhas e sim com Kafta o que eu acho uma delícia, coloco sobre o pão folha uma bela camada de homus tahine a salada que no meu caso foi de alface em tiras e tomates em cubos, dou uma leve temperada com azeite honesto e limão, coloco a kafta no centro e enrolo formando um sanduíche, na mesa deixo a disposição um molho de tahine que fica perfeito para acompanhar. A receita da kafta e do homus você encontra aqui no blog, basta colocar na busca ao lado e vai encontrar. Para manter o sanduíche fechadinho eu enrolo com papel alumínio.

 

Obs – Pessoal se querem saber um pouco mais do meu dia a dia, e ver um pouco das minhas viagens, passeios e eventos que frequento, basta me seguir no instagram – espero vocês por lá e se gostam do conteúdo do Feijão no Prato, compartilhe e curtam para manter a pagina no ar, muito obrigada.

Tostex de brócolis com queijo e um presente

tostex

Hoje não tem uma receita e sim uma dica e uma dica quente de um lanchinho que pode transformar aquele simples tostex do dia a dia em um lanche encantador e memorável e digo mais por aqui já virou vicio – mas antes de tudo tenho que contar como tudo aconteceu (senta que lá vem história), eu sempre fã de Ariana que muitos conhecem e se não conhece vai conhecer pois vou deixar o link do site dela aqui no final do texto, enfim continuando – eu sempre a vi como uma pessoa do bem, e mesmo a vendo em alguns eventos nunca cheguei até ela, sempre olhava de longe até que o encontro de blogueiros me deu esse presente, ainda não falei com ela pessoalmente pois o destino quis assim, nos desencontramos no evento mas conversamos muito nesses últimos dias e até descobri que mora perto de mim e assim como nasce uma amizade e entre uma conversa e outra uma e outra caneca de café, também nasce o compartilhar das receitas e dicas e essa receita ou dica eu peguei da minha querida amiga Ariana, e ela fez para utilizar um pão delicioso que ganhamos no evento e eu corri atrás e embarquei na ideia dela e só posso dizer amiga que foi lindo! E para executar eu cozinhei um pouco de brócolis no vapor e depois o refoguei com um generoso fio de azeite e alho e cebola picadinha, temperei com sal maldon e pimenta moída e reservei – peguei pão 100% integral e coloquei duas fatias de queijo o brócolis por cima e levei ao tostex apenas para aquecer o pão e derreter o queijo, e se você tiver um bom vinho na adega passe a mão por uma taça e tenha um ótimo final de dia.

*Fonte – A Casa Encantada

Palmito assado com ervas e manteiga ghee

palmito

Por vezes preciso fazer comidinhas que não necessitem da minha presença o tempo todo ao lado do fogão – pois tem dias da semana que tenho tarefas de escola para executar com o Enzo e isso toma bastante tempo pela manhã e é exatamente nessa hora que faço do forno o meu melhor amigo e na minha visão de cozinheira ele é realmente um grande aliado. Coloquei o palmito sobre uma folha grande de alumínio e reguei com manteiga ghee (manteiga clarificada) um fio de azeite, ervas finas desidratadas, pimenta moída na hora, grãos de aroeira uma leve chuva de sal maldon e antes de fechar meu maravilhoso envelope eu somei alguns dentes de alho inteiros. Fechei o pacote e levei em forno baixo até que o palmito esteja macio. Enquanto fazia a tarefa com o Enzo sentia o perfume do assado invadido a casa e por vezes me fazendo perder a concentração, sirva com um grelhado.

*obs – no meu instagram tem uma foto da manteiga ghee (clarificada) que utilizo e do local onde você pode adquirir caso não encontre perto de você, esse lugar entrega no conforto do seu lar. Me siga por lá e saiba da minha rotina e produtos que testo e muitas outras coisinhas.

Uma dica e um pastel de forno

pastel de forno cópia

Hoje não tem receita é apenas uma dica, mas uma dica quente em meu povo?! Adoro uma massa de pastel de forno vendida a um preço honesto em todos os mercados, tem duas ou três marcas já testei todas mas vou colocar a foto da que utilizei nesse dia lá no Instagram, me sigam por lá e vejam como é meu dia a dia e muitas dicas, inclusive a páscoa do Feijão no Prato está toda postada lá. Bom mas essa massa é ótima e fácil de lidar , primeiro retire uma meia hora antes do uso, e umedeça as bordas para que feche bem direitinho. Eu fiz um refogado de legumes, com abobrinha italiana, berinjela japonesa e cebola, cheiro verde picadinho, azeitonas, tomates picados em cubos e um bom fio de azeito honesto e temperei com sal e alho sofrido no pilão e pimenta moída na hora – esse foi o recheio escolhido. É importante que esse recheio esteja frio na hora de usar. Depois de recheado e fechado o pastel, pincelei com ovo batido e levei ao forno médio até dourar.

Carne e legumes tudo em uma panela só

carne com legumes

Ô abre alas que o Feijão no Prato quer passar – mas não vai fazer feio na avenida e por isso vem deixar pra vocês uma receita express, tudo em uma panela só – pois tudo que queremos no feriadão é a praticidade.

Para executar a receita – aqueça sua panela wok ou uma frigideira larga com fundo pesado, e coloque um fio de óleo de soja e refogue rapidamente a carne que deve ser cortada bem fininha, tempere a mesma na panela quente com alho e sal sofrido no pilão e retire essa carne da panela e reserve. Na mesma panela regue com um bom fio de óleo de gergelim e refogue os legumes (utilizei; brócolis, couve flor, cenoura em palitos, erva doce) acrescente duas colheres sopa de shoyu e abaixe o fogo para que esse legumes dê uma leve cozida, o importante é que eles fiquem crocantes, mas perca o sabor de legumes crus – depois disso feito, some a carne reservada dê uma aquecida na mesma deixando os sabores de misturarem e retire do fogo. Sirva com arroz japonês branco.