Evitando o Pão

rolinho

As vezes evitamos o carboidrato a noite, ops – devo dizer que isso quase nunca acontece pois por aqui as boquinhas são nervosas por demais, mas seu caso é evitar o pão e quer fazer um pequeno lanche ou pequeno almoço eu aconselho e muito esses belos e frescos rolinhos de alface americana com um substancioso recheio de frango. E pra fazer não tem segredo e nem se quer receita só uma dica mesmo.

Tempere seu peito de frango com aquele temperinho que sua família gosta e cozinhe, depois de cozido desfie bem (eu utilizo a batedeira para esse trabalho), e ai junte a esse frango desfiado, azeitona picadinha, cebolinha bem picada, ervilha e milho verde, uma boa regada de azeite honesto, corrija o sal e pimenta do reino e para que fique molhadinha junte iogurte natural até que fique com uma consistência cremosa. Pegue folhas de alface americana limpa e seca e faça seus rolinhos recheando com esse creme de frango e prenda com auxilio de palitinhos.

Anúncios

O trigo branco em grão

trigo

Então é carnaval?! E dizem que atrás do trio elétrico só não vai quem já morreu?! Será mesmo verdade? Houve um tempo que eu gostava dessas festas mas hoje sou do partido de ficar no meu espaço e aproveitar o tempo ao lado das pessoas que amo e que fazem meu mundo louco ficar um tanto mais divertido – sei que com festas e altas temperaturas uma salada cai bem e essa de trigo é mesmo providencial. Acho esse grão branco de trigo a cara da riqueza, e depois de cozido em água e não deixe o mesmo ficar molenga em amiga, se liga no ponto al dente – deixe esfriar bem e junte os ingredientes, milho verde cozido no vapor, azeitonas picadas, ervilhas, azeite, vinagre balsâmico , pimenta do reino moída na hora, sal e salsinha picada – misture bem e terá uma linda salada para acompanhar seu grelhado.

Dando um toque de *gramurr na sua saladinha do dia a dia

grego

Começo de ano e todos querendo começar de maneira mais leve depois da esbórnia das festas – mas ninguem merece aquela salada sem alegria né minha *gentemm, então passa mão num grego Nestlé sem adição de açúcar, um bom punhadinho de sal e pimenta moídos na hora e um toque generoso de azeite honesto, misture bem e acrescente ervinhas frescas de sua preferência. Só um trucão pra fazer da sua salada um momento de luxo no seu almoço. 🙂

Obs- Gosta do conteúdo do Feijão no Prato? Então curta e compartilhe na pagina do face e me siga nas outras redes sociais que lá vai encontrar coisinhas diferentes daqui, vamos lá pessoal mas um ano cheio de tempero, sabor e comilança.

Salada de batata com rabanete e molho de raiz forte

batatas com rabanete

Tenho paixão por batatas, e a considero um ingrediente genial – fico sempre em busca de receitas novas com esse ingrediente, e essa salada é um excelente acompanhamento para carnes vermelhas e penso que faria bonito em um churrasco. E tem um frescor que combina muito bem com dias quentes. A receita é da minha super hiper amiga Valentina, não deixe de visitar  blog dela que é lindo de viver.

2 kg de batatas cozidas cortadas em pedaços médios

Rabanetes cortados em rodelas

Maço de cebolinha verde cortada em rodelas bem finas

Para o molho de raiz forte:

Um pedaço de 5 cm de raiz forte, ralado bem fininho – se não tiver a raiz compre a raiz forte no formato de creme e use 2 colheres de sopa bem generosas.

Suco de meio limão

4 colheres de sopa de azeite de oliva

2 colheres de sopa de maionese

O preparo não podia ser mais fácil e rápido: cozinhe as batatas, e enquanto elas estão cozinhando ponha o rabanete e cebolinha numa saladeira. Você terá tempo até de preparar o molho. Quando as batatas ficarem prontas, escorra a água e ponha na saladeira. Jogue o molho por cima, e ajuste o sal.

*Essa receita serve 10 pessoas, por isso se deseja mais ou menos salada, basta fazer os ajustes na receita.

Salada de batatas com iogurte honesto

salada de batatas

Quem me segue nas outras redes sociais, viu que falei sobre esse iogurte grego, iogurte puro e honesto – sem espessantes e todos os *antis que você possa imaginar ( e se você ainda não me segue, te convido a começar pois lá aparece todos os dias e o dia todo muita coisa legal), enfim fiz uma bela salada de batatas que não é uma receita né *bonita(o) é apenas uma dica e acompanha super bem seu assado de domingo ou seu grelhadinho do dia a dia. Para fazer (tudo a olho e sem receita), cozinhei no vapor as batatas e é importante não deixar que fiquem muito molengas, cortei em cubos e com elas ainda quente exprime suco de um limão e temperei com sal e pimenta moídos na hora e reservei. A parte peguei o iogurte, coloquei uma colher (sopa) de azeite uma boa pitada de pimenta moída na hora e com a salada fria agreguei o molho e misturei até que este fica-se todo envolto as batatas, acrescentei azeitonas picadinhas, fiz a correção de sal e *voulá salada prontinha para servir.

iogurte

No último minuto do segundo tempo

salada de frutas

Só no trucão, para se safar de um docinho de ultima hora um tipo pá pum você me entende? Então corre na geladeira pica umas frutinhas que estejam por lá dando bobeira ou mesmo na sua fruteira luxo, coloque em um potinho bonitinho e por cima some uma caldinha feita rapidamente com leite condensado e leite de coco – para isso basta colocar a quantidade de leite condensado que você acha que vai precisar (tudo no olhômetro mesmo) e afinar esse leite com um pouco de leite de coco a finalidade do leite de coco além de dar o sabor é também dar uma afinada no leite condensado, então vá colocando aos poucos e deixe na textura que te agradar mais.

Strogonoff de filé mignon suíno

strogonofe de porco copia

Boa tarde para quem começou a segundona com filho de 1 aninho com pé quebrado e com febre, aff – só Jesus na causa, mas vamos que vamos e a opção hoje é para aquela comidinha express sem lero lero, cheia de sabor e que deixa a criançada feliz da vida. Eu penso que talvez vocês estejam cansados de receitas de strogonoff, mas esse utiliza um corte que tem sido bem divulgado nas geladeiras daquele supermercado que é lugar de gente feliz, e de fato é um corte excelente, já me rendeu várias receitas, e o preço é bem melhor que o mignon bovino que esta mesmo pela hora da *morrrttteee.

Na cestinha; 1 k de filé mignon suíno picadinho em cubos, 2 colheres (sopa) de azeite, 1 colher (sopa) de manteiga, 1 cebola picada bem miudinho, pegue alho, sal grosso e pimenta do reino em grão e sofra no pilão, use essa mistura para temperar a carne (depois que a mesma já estiver douradinha) , 200 g de champions em conserva fatiados, 3 tomates sem pele e sem sementes picadinhos, 1/2 xícara (chá) de conhaque,  2 colheres (sopa) de catchup, 2 colheres (sopa) de mostarda, 2 caixinhas de creme de leite.

Para preparar ; Em uma frigideira de fundo pesado, aqueça o azeite e doure a carne aos poucos, em fogo alto para não juntar suco, reserve a carne e coloque na frigideira uma colher de manteiga e refogue a cebola. Junte a carne e some a sua mistura de tempero sofrida no pilão, despeje o conhaque, incline levemente a frigideira para que o conhaque incendeie. Deixe flambar até acabar a chama e junte os champions fatiados. Acrescente os tomates, o catchup e a mostarda e misture bem. Abaixe o fogo, tampe a panela e deixe cozinhar por 5 minutos, incorpore delicadamente o creme de leite e retire do fogo antes que levante fervura. Sirva com arroz branco, batata palha e salada de folhas.

*Na hora do soninho do filhote eu volto aqui para que possamos prosear mais e aproveito para falar do cookie gigante de quinta feira a noite. Sou eu meninas (os) pagando promessas.