Loja da Nutella no Brasil

nutella

A avenida Paulista cheia de bossa, recebe uma lojinha da Nutella e eu venho aqui contar pra vocês um pouquinho do que anda rolando por lá. Então como tudo com nutella fica maravilhoso eu acredito que tudo deve ter seu valor, valor esse que não é tão absurdo visto que o produto por si só já é bem carinho né *gentennn – Também é bom deixar claro meu povo que lá nada é feito de Nutella e sim com Nutella de maneira que não é dificil ter as mesmas guloseimas reproduzidas no conforto do seu próprio lar. Tem sonho, bolacha, bolo de cenoura e croissant, tudo com tamanho bem tímido e fora o crepe (crepe esse que esta sendo uma sensação) tudo é pronto, feito na hora só o crepe que tem valor de 12 R$ e com mais 1R$ você pode acrescentar banana. As filas ainda estão sendo um problema e lugar funciona de Seg a Sáb das 10hs até 22hs e Dom. das 14hs às 20hs com intervalo de 1h para limpeza do local. Ainda não aceita cartões

 

Anúncios

Azeite na sobremesa!

coco

Esse é meu bolo de infância foi também a paixão do meu pai – e por conta dele eu aprendi a fazer o que chamo de melhor mané pelado do mundo, essa receita que vou colocar aqui vai te render um bolinho de mandioca de comer de joelhos e se precisar de uma sobremesa surpreendente ele também vai se transformar nela. O mas engraçado é pensar que eu acredito que nem um goiano pensou que aquele bolo servido como quitanda em todas as casas, e vendido aos montes em todas as padarias da cidade poderia ter uma apresentação tão linda e saborosa, isso só me faz acreditar cada vez mais que a cozinhar é sempre estar fazendo mágica, transformando e acrescentando pode sair misturas surpreendentes.

Mané Pelado com Sorvete de Coco, Calda de Maracujá e Azeite Orgânico

Para o bolo:

  • 500 g de mandioca ralada (rale naquele lado do ralinho para queijo)
  • 300 g de queijo minas curado ralado (no ralo grosso)
  • 300 g de açúcar
  • 4 ovos
  • 200 ml de leite de coco
  • 1/2 xícara (chá) de leite
  • 100 g de manteiga em temperatura ambiente
  • manteiga para untar
  • açúcar refinado para polvilhar

Numa tigela grande junte a mandioca, queijo, açúcar, ovos, leite de coco, leite, manteiga e misture tudo muito bem. Unte e polvilhe a forma com açúcar e deite a massa sobre a mesma leve ao forno preaquecido a 180 graus por +/- 1 hora ou até que esteja dourado.

Para o Sorvete: 800ml de creme de leite, 200ml de leite de coco, Adoce com açúcar a seu gosto (se preferir pode adoçar com leite condensado) bata com mix ou liquidificador e leve a sorveteira.

Para servir: Um pedaço do bolinho, uma boa bola de sorvete por cima e uma colher de maracujá por sobre o sorvete – regue com um bom fio de azeite orgânico e sirva.

Para servir seis pessoas você vai precisar 2 maracujás que estejam com bastante poupa.

 

Hambúrguer com queijo azul, crispy de bacon e maple

hamburguer queijo azul

Hambúrguer que pode ser intitulado como gourmet – tá moda então como tudo é passageiro vamos aproveitar enquanto essa onda não passa. Tive a ajuda da minha querida amiga Valentina para executar essa receita e vocês podem visitar o blog dela que é lindo de viver entrando no link que vou deixar no final da receita. Bom meu parecer sobre a receita: 1 – Gostei /2 – Acho que uso da cebola roxa é imprescindível/ 3 – Totalmente desnecessário o uso do maple no pão (fica muito doce, para o meu paladar). E sendo assim vou colocar minha versão da receita que acabou sendo bem modificada da original.

4 fatias de bacon

500 g de carne moída

1/2 xícara (chá) de maple (xarope de bordo) Você vai dividir esse maple em duas partes.

Sal e pimenta do reino moídos na hora

3/4 de xícara (chá) de queijo azul

1 Cebola roxa grande cortada em rodelas finas

4 pães de hambúrguer

Coloque as fatias de bacon em uma frigideira antiaderente e vai virando ocasionalmente durante +/- 3 minutos até ficar bem douradinha, retire e deixe sobre um papel toalha. Depois de fria você deve quebrar em pedacinhos para ficar como um crocante e reserve. Em uma tigela junte a carne, 1 1/2 colher (sopa) de maple o sal e a pimenta. Mexa até que essa carne fique com uma liga – molde os 4 hambúrgueres e faça uma leve depressão no centro para evitar abaulamento quando o mesmo for grelhado. Aqueça uma frigideira de ferro ou uma grelha ou até mesmo o seu grill, regue um fio de óleo de cozinha e grelhe seus hambúrgueres – enquanto os mesmos estão grelhando pegue o queijo azul some o maple e leve ao microondas por 15 segundos, retire e mexa e leve novamente por mais 15 segundos. Corte seus pães ao meio, coloque o hambúrguer ,o crispy de bacon, coloque a mistura de queijo, e as cebolas cortadas em rodelas finas, feche com a outra parte do pão e sirva.

*Visitem o blog da minha querida amiga.

*Fonte – A receita original.

“É a dança do maxixe, é um homem no meio com……..

maxixe

Calma que aqui não é “bonde do tigrão” nem “é o tchan” da vida nem nada parecido, foi apenas uma alusão ao nome dessa deliciosa hortaliça. E quem já ouviu falar da dança do maxixe nem imagina que maxixe também é uma hortaliça africana que teria sido trazida ao Brasil pelos escravos. Além de ser uma fonte rica de minerais, o maxixe tem poucas calorias e rende sucos, saladas e pratos deliciosos de farofas a refogados.

Então foi assim; almoço honesto, saboroso, nutritivo, no melhor estilo comida que conforta vinda da vovó. Arroz, feijão, carne moída(ou boi ralado) com maxixe refogadinho, salsa de repolho e banana da terra frita.

*Fonte – Vocês podem saber tudo e muito mais do maxixe aqui.

Risoto de Risoni, com escalopinho suíno

risone

Risoni ou Orzo nada mais é do que uma massa de macarrão em formato de arroz, formato esse que nos dá o direito de brincar bastante e criar muitos pratos diferentes – Esse risoto é inusitado pelos ingredientes que apesar de simples, unidos ao sabor do leite de coco fica mesmo surpreendente. Acredito que você pode variar os legumes de acordo com o que tem ai na sua geladeira. Então *amor coloque a caixola para funcionar e crie receitas e combinações – hummm e não se esqueça de voltar aqui e me contar ou pelo email, face ou sinal de fumaça.

  • 1/4 xícara (chá) de azeite
  • 1 cebola picadinha
  • 1 talo de alho poró
  • 2 dentes de alho picadinho
  • 1 colherer (sobremesa) gengibre ralado
  • 1 colher (chá) de curry
  • 1 1/2 xícara (chá) de risoni
  • 1 xícara (chá) vinho branco
  • 700 ml de caldo de galinha
  • 200 ml de leite de coco
  • 150 g de cogumelo paris fresco e fatiado
  • 1 cenoura ralada
  • 1 abobrinha ralada (só a parte verde)
  • 1 pimenta dedo de moça picadinha
  • Sal e pimenta-do-reino à gosto
  • 50 g de manteiga gelada em cubinhos
  • 100 g de queijo parmesão ralado

Numa panela coloque o azeite, e refogue o alho poró, a cebola, o alho até dourar. Acrescente o gengibre, o curry e o risoni, misture tudo muito bem e adicione o vinho e deixe o álcool evaporar e coloque o leite de coco, junte aos poucos o caldo de galinha misturando sempre, até que o macarrão esteja macio mas “al dente”. Acrescente a cenoura, abobrinha e o cogumelo e deixe cozinhar por mais 3 min. Acerte o sal e a pimenta, coloque a manteiga gelada e o queijo ralado e mexa vigorosamente e sirva imediatamente.

*Para acompanhar eu temperei alguns escalopinhos suíno, com sal e pimenta moídos na hora e grelhei. Mas pode ser servido como prato único.

Nhoque de ricota, escarola e parmesão

espinafre

Hoje estou servindo a mesa mais tarde – um dia cheio, uma dor de cabeça dos infernos, mas como aqui não é muro das lamentações vamos seguindo com receitas pois é pra isso que vocês se sentam a mesa aqui comigo né bonita?!

Só tenho algo a declarar, essa receita é imperdível.

Processei 350gr de ricota com 1 xícara de escarola refogada (com alho e azeite, coisa rápida, só um susto na panela) e espremida. Juntei ao processador 1 ovo, 3 colheres de cream cheese e cerca de 1/2 xícara de parmesão (do ótimo!) ralado. Depois, é só transferir para uma tigela e acrescentar farinha até conseguir um ponto que dê para modelar bolinhas com a massa – aqui usei cerca de 3 colheres de sopa de farinha de trigo. Para finalizar é só temperar – sal (cuidado que o parmesão já é salgado!), pimenta do reino branca e noz moscada.

O próximo passo é modelar as bolinhas e levar para uma panela com bastante água fervendo e cozinhar como o nhoque tradicional. Ou seja, é só retirar com uma escumadeira os nhoques que subirem à superfície.

Para o molho eu fui de tomate e manjericão, bem tradicional, mas molho branco ou pesto também funcionam super bem. Você também pode trocar a ricota comum pela de búfala, pode trocar a escarola por espinafre, rúcula ou agrião (nesse caso nem é preciso refogar antes), pode juntar nozes, passas…

Galera pode se jogar com fé – que essa receita é de comer de joelhos.

*fonte – Retirei deste blog

 

Curry de frango

frango ao curry

Esse ano o inverno definitivamente não foi muito intenso, veja bem não estou reclamando de nada – apenas fazendo um comentário. A verdade é que não foi a falta do frio intenso que me privou de comer comidinhas mas quentes e cremosas. Esse franguinho ficou com molho bem cremoso que por cima do meu arroz branquinho formou o casamento perfeito.

Na cestinha; 1q de filé de frango em cubos e temperadinho com alho sofrido do macerador, um toquinho de sal e um pouquinho de limão (que é pra retirar as mágoas do frango). Coloque para aquecer uma panela de fundo grosso, e some uma colher de sopa de óleo e refogue o frango, depois de refogado – some duas colheres de sopa de curry e 600ml de creme de leite fresco e aí é só ir misturando até o creme engrossar. Sirva com arroz branco.