Direto da cozinha da vizinha pra minha – Bolinho de jiló

bolinho

Se tem algo que o blog me trouxe e sempre traz são boas amizades – que a cada reencontro gera muitos papos, risadas, troca de experiências, fofocas das boas e fortifica ainda mais os laços dessas amizades – a Patricia foi mais uma amiga que ganhei ano passado por conta dessa cozinha virtual aqui e ela é uma pessoa super divertida, alto astral enfim e a bicha ainda cozinha bem, não ninguém merece né?! Bom e nos encontramos esses dias em um evento e a bicha já chegou toda  montada na felicidade pois vinha de um boteco, eu mereço?! Descreveu os bolinhos que traçou por lá de tal maneira que ficou mesmo irresistível não replicar a receita (não copiei eu recriei pois como diz o mestre Atala cozinheiro não copia faz releitura da receita – kkkkk). Bom então na minha releitura do bolinho luxo de jiló eu recheei com queijo ao invés da linguiça, versão que ainda quero fazer. Genthenn não deixei de fazer esse bolinho pra acompanhar a serva do final de semana, vai por mim.

Para executar – 100g de cebola picada finamente / 50g de alho triturado / 1 colher de sopa de azeite / 250 g de jiló picado bem miúdo / 1/2 colher de sopa de sal / 1/2 colher de chá de pimenta do reino / 200ml de água / 300g de farinha de trigo / 1/2 maço de salsinha e queijo mussarela cortado em palitinhos para rechear. Para prepara a massa – Em uma panela aqueça o azeite em fogo baixo e refogue a cebola e o alho até murchar, junte o jiló e refogue por 5 minutos até começar a mudar de cor. Tempere com sal e pimenta. Caso queira uma massa mais pedaçuda e verdinha não refogue o jiló por muito tempo e se quiser a massa mais lisinha refogue o jiló por 10 minutos. Adicione a água e quando começar a ferver acrescente a farinha de uma só vez, mexendo vigorosamente até que a massa desgrude do fundo da panela. Deixe essa massa esfriar e depois molde os bolinhos recheando com queijo e para empanar eu passei na farinha de trigo, leite e farinha de rosca. Frite em óleo quente e sirva assim quentinho com o queijo bem puxa puxa.

Fonte – Gastronomia & +

Anúncios

Gravatinha com legumes assados

gravata

As vezes me pego no dilema, o que fazer para o almoço?! Ou mesmo aquele assim; Ui, hoje tudo esta atrasado e preciso correr contra o tempo – nesses momentos eu lembro de quanto o forno é melhor amigo da cozinheira, higienizo os legumes que neste caso foram; abobrinha italiana, mini cebolinhas, pimentão, beringela, tomates sem sementes e corto tudo em cubos médios, coloco 2 dentes de alho picadinhos, uma boa regada de azeite honesto, pimenta moída na hora e uma pequena chuva de sal maldon e levo ao forno médio e enquanto o forno trabalha eu cuido de todas as outras tarefas, tipo: Estender as camas, juntar brinquedos, organizar as contas para pagar no dia, colocar roupa na secadora e novamente encher a lava roupas, dar um tapa no banheiro e quando volto a mágica já aconteceu e o perfume que espalha pela casa deixa qualquer um inebriado e só falta mesmo cozinhar uma massa al dente e juntar o lé com o cré ou seja os legumes com massa, abrir o vinho e ter uma refeição perfeita.

Torta saudável de queijo fresco e escarola

quiche

Meu povo não precisamos comer todos os dias com carne, e se esse é o seu mundo estamos juntos, se não; que tal começar a tentar?! Você vai estar aberto a novas experiências e a novos sabores e porque não novas histórias para contar?! Essa torta foi feita com um queijo super especial, e o que é melhor um queijo nosso desenvolvido, feito e com toda nossa carga cultural. Para os pequenos e grandinhos que torcem o nariz ao ver um verdinho, acredito que assim fique mas atraente e para aqueles que querem aderir uma dieta sem carne, fica a dica de uma comida que vai além do tomate com alface.

Massa – 2 xícaras (chá) de farinha de trigo, 5 colheres (sopa) de manteiga ou margarina vegetal, 1 pitada de sal, 1 gema e água o suficiente para amassar e homogenizar essa massa, depois de pronta deixe descansar por 15 mts, só então abra e forre o fundo da sua assadeira, a minha tinha 22cm de diâmetro .

Recheio – 300 g de queijo fresco amassado, sal, orégano e pimenta moída na hora, 1/2 pé pequeno de escarola lavado e picado, 1/2 cebola picada, 1 dente de alho picado, 2 tomates s/pele e s/ sementes picados, 1 cenoura pequena ralada, 1 colher (sopa) de azeite, 1 xícara (chá) de creme de leite, 1  1/2 colher (sopa) de farinha de trigo, 3 ovos.

Preparo do recheio – Misture o queijo, os temperos, o sal a cebola, o alho, o creme de leite e os ovos. Adicione os tomates, a cenoura, a escarola, a farinha de trigo e misture bem. Espalhe o recheio na massa reservada e leve ao forno pré aquecido a 180 graus, por aproximadamente 25mts.

Gorgonzola era o que tínhamos para um jantar

macarrão

Sobrou dias atrás um pedaço de gorgonzola e para um jantar rápido e certeiro fiz uma massa cozida al dente, e em uma frigideira de fundo pesado reguei com azeite honesto dourei um dente de alho bem picadinho e juntei o queijo em pedaçinhos e duas caixinhas de creme de leite e assim nasceu meu macarrão com molho de gorgonzola *mequetrefe e muito saboroso – pode acreditar. Para um jantar honesto e sem frescuras.

Capelete ordinário ou nem tanto assim

massa

Sabe aquele pacotinho de massa *recheada que leva o nome de capelete e fica brilhando lá na geladeira do supermercado – é tipo assim ele olha pra você e você até tenta resistir a tentação dessas facilidades da vida moderna mas no fim não consegue, então o que fazer?! Eu trago uma solução, dê uma graça no mesmo, ao invés de passar a mão também pelo sachê de molho pronto, compre tomates frescos e um lindo buquê de manjericão isso somado a pequenos cubinhos de alho e um bom parmesão ralado vai transformar o seu capelete ordinário em um belo jantar, acredite.

Cozinhe a massa como pede as instruções da embalagem e reserve. Aqueça uma frigideira larga com fundo pesado e dê uma generosa regada de azeite honesto e doure dois dentes de alho cortadinhos em cubos bem pequenos, logo em seguida junte seus tomates que depois de higienizados apenas foram cortados em cubos grandes e deixe o mesmo dar uma cor no azeite no alho e uma leve cozinhada, então some folhinhas de manjericão, desligue o fogo e junte a massa – tudo melhor estilo pá pum. Leve a messa e sirva junto um bom parmesão, azeite e vinho.

Um risoto maravilhoso e uma foto ruim

risoto

Calma me povo eu bem sei que a foto está assim o ÓÓÓ do borogodó – mas o risoto estava tão bom, mas tão bom que resolve postar assim mesmo e não deixar mais essa perdida no fundo do baú ou melhor dos arquivos. E olha tem segredo nenhum, basta digitar na busca risoto e vai encontrar o modo de preparo fácil fácil – nesse eu utilizei um bom e honesto caldo de legumes, vinho branco e no final já com o fogo desligado eu adicionei rapas de limão siciliano e o suco do mesmo, adicionei parmesão ralado um bom naco de manteiga e uma regada generosa de azeite e pronto – comida sem segredos.

Molho de legumes express para massa

molho primavera

Acabou as férias e voltar para casa é sempre muito bom, mas colocar as coisas em ordem é outra história (rs). Bom na volta a geladeira estava vazia, comprei poucas coisas em uma passada rápida ao mercado, e hoje no almoço fiz essa massa, cozida al dente e com esse molho simples e espetacular – se você anda precisando de uma receita de massa, como molho express e com sabor sensacional, chegou no lugar certo.

Para executar a receita – Coloquei uma frigideira de fundo pesado para aquecer bem, e dourei um dente de alho picadinho, somei uma abobrinha picada em cubos e uma berinjela também picada em cubos deixei que os mesmos cozinha-se um pouco sem colocar água, adicionei 4 tomates sem pele e picados em cubos e deixei que tudo desse uma leve cozinhada e forma-se um molho bem grossinho, e para finalizar somei um pouco de azeitonas verdes picadinhas e um toque de pimenta do reino moída na hora e um bom fio de azeite honesto- basta corrigir o sal e servir com a massa, que foi cozida al dente, depois de escorrer a água eu juntei algumas folhas frescas de rúcula e coloquei o molho por cima.