Farofa na Semana Mesa

FAROFA-3

Com entrada gratuita, o Farofa será semelhante a uma feira gastronômica em que os comensais poderão provar alimentos naturalmente cultivados. O local abrigará 18 food trucks e 10 barracas com comidas regionais elaboradas por chefs consagrados como Wanderson Medeiros, do restaurante Picuí (AL), Edinho Engel, do Amado (BA), Onildo Rocha, Grupo Roccio (PB),Kátia Barbosa do bar Aconchego Carioca e Marcos Livi do  Veríssimo Bar (SP). Também teremos espaços destinados aos representantes do Slow Food Brasil  como as barracas de Camila Cristina da Rocha, do Convívio Mata Atlântica, Claudia Girelli, Convívio Campo Grande (MS) e Daniel Castelli do Convívio Serra Gaúcha.

O local também acolherá 10 barracas de produtores familiares onde o público poderá interagir e adquirir os ingredientes diretamente dos produtores de diferentes regiões do País como o café, cultivado da Fazenda Alegre, de São João da Boa Vista (SP); o mel nativo da Amazônia, de Belém (PA), o queijo de cabra da produtora Rafaela Suassuna, de Recife (PE) além do feijão verde e as farinhas oriundas de produtores do Convívio  Campo Grande (MS).Outras informações estão disponíveis no

Anúncios

LG, Feijão No Prato e SolarDom juntinhos….

forno

Tá pintando aí uma nova história de amor – e vou contar e dividir tudinho com vocês. Então foi assim, estava eu no cafofo, já começando a colocar a louça na máquina quando toca o interfone, e o porteiro avisa, D. Eliana tem encomenda aqui em baixo, como?! rs Bom o maridão vai buscar, sim ele é fofo de doer minha gente e quando penso que não chega essa coisa linda aí, com flores e cesta de café, é muito amor minha nega(o). E agora vai começar meu novo namoro e sabe com quem? Claro com forno SolarDom da LG, um forno 5 em 1 – executa função de forno elétrico, com convecção, micro-ondas, grill, ainda com a função SteamChef – cozimento à vapor – que retém mais os nutrientes dos alimentos e agora meninas, se segurem que vai pintar muita receita, vou usar e abusar do bichinho – fiquem ligada aqui.

presentes

Salada de batatas com iogurte honesto

salada de batatas

Quem me segue nas outras redes sociais, viu que falei sobre esse iogurte grego, iogurte puro e honesto – sem espessantes e todos os *antis que você possa imaginar ( e se você ainda não me segue, te convido a começar pois lá aparece todos os dias e o dia todo muita coisa legal), enfim fiz uma bela salada de batatas que não é uma receita né *bonita(o) é apenas uma dica e acompanha super bem seu assado de domingo ou seu grelhadinho do dia a dia. Para fazer (tudo a olho e sem receita), cozinhei no vapor as batatas e é importante não deixar que fiquem muito molengas, cortei em cubos e com elas ainda quente exprime suco de um limão e temperei com sal e pimenta moídos na hora e reservei. A parte peguei o iogurte, coloquei uma colher (sopa) de azeite uma boa pitada de pimenta moída na hora e com a salada fria agreguei o molho e misturei até que este fica-se todo envolto as batatas, acrescentei azeitonas picadinhas, fiz a correção de sal e *voulá salada prontinha para servir.

iogurte

Feijao No Prato e Guga Rocha

Guga

Foi assim do começo ao fim do evento, de forma descontraída, falamos sobre comida, sobre cultura, sobre viagens, sobre experiências e claro bebemos vinho e comemos. Uma aula leve, descontraida me deixou ainda mais encantada com Guga, aquele que leva o titulo de Homem Gourmet dado pela Fox Life.

mãos

Com as mãos agis vai cortando os ingredientes e falando de sua relação com os mesmo e até de possíveis trocas destes ingredientes por outros – a cada segundo vai se apaixonando mais pelo seu jeito de cozinhar, pela sua história, enfim ele é um conhecedor da cozinha brasileira, mas tem os pés bem fincados ao chão.

aula

Essa aí logo acima é um gostinho da aula pra vocês.

livro e vinho

O seu livro, que devo dizer que é muito legal, interessante, com receitas e dicas práticas e com testos muito legais.  LIVRO – Receitas para Pegar Mulher – e eu ainda estou me decidindo que tipo de mulher eu sou e assim que chegar a uma escolha eu conto pra vocês.

guacamole com manga

A Guacamole do Guga – leva cubos de manga é um show.

lembrança

A lembrança, seu autógrafo em meu livro e olha Guga eu vou seguir seu conselho e vou usar o amor como o sal da vida.

 

Mané Pelado e Requeijão

mané

Morri três vezes com esse bolo, só pra constar tenho uma relação de amor profundo com mané pelado, isso sem falar no fato de que meu amado pai era apaixonado por esse bolo – e aí uma doida como eu vê a possibilidade de colocar nada mais nada menos que queijo cremoso no centro do bolinho e o que para muitos era apenas um bolinho se transforma agora em um bolo de respeito – veja bem na minha cabeça o simples mané sempre foi um bolo de respeito mas acredito que tem muitos Goianos que não dão o devido valor a iguaria. Bom discussões a parte, o fato é que o bolo é imperdível é maravilhoso, e pronto.

  • 500 g de mandioca ralada (rale naquele lado do ralinho para queijo)
  • 300 g de queijo minas curado ralado (no ralo grosso)
  • 300 g de açúcar
  • 4 ovos
  • 200 ml de leite de coco
  • 1/2 xícara (chá) de leite
  • 100 g de manteiga em temperatura ambiente
  • manteiga para untar
  • açúcar refinado para polvilhar

Numa tigela grande junte a mandioca, queijo, açúcar, ovos, leite de coco, leite, manteiga e misture tudo muito bem. Unte e polvilhe com açúcar a forma em formato de anel e deite metade da massa sobre a mesma, coloque 400g de requeijão cremoso e cubra com restante da massa, leve ao forno preaquecido a 180 graus por +/- 1 hora ou até que esteja dourado.

Sorvete de rapadura de um chef querido

sorvete de rapadura

Receita do Rodrigo chef do restaurante Esquina do Mocotó, um chef que mora de verdade no meu coração e tudo que você comer no Mocotó vai ser memorável, pode acreditar – então amigas (os) se joguem na receita.

Coloque na cestinha

1 q de sorvete de creme/250g de coalhada ou iogurte/400g de melado de cana/2 colheres (sopa) de suco de limão-cravo/250g de creme de leite fresco/250g de rapadura picada.

Preparo; Misture a coalhada, o melado e o limão. Deixe no congelador por cerca de 12horas. Quando a mistura estiver firme, coloque na batedeira na velocidade baixa, e vai incorporando o creme de leite aos poucos, aumente a velocidade e bata até que a mistura quase dobre de volume. Coloque o sorvete levemente amolecido e bata até que a mistura fique homogênea, acrescente a rapadura picada e gelada. Leve novamente ao congelador por mais 12 horas e está prontinho para ser servido.

*Fonte – Chef Rodrigo.

 

 

 

 

Sanduíche de pepino, cream cheese e hortelã

sanduiche de pepino

Bom agora pela manhã vou deixar a dica desse lanchinho que virou um hit aqui na minha cozinha, lanchinho delícia para ajudar a colocar o pé no freio um pouco ou melhor pegar mais leve, porque vou falar, a coisa tá feia e dizem que vem chegando o verão né não?!

É só cortar o pepino japonês (com ou sem casca, você decide) em rodelas bem fininhas (eu uso o descascador de legumes). Em uma tigelinha misturar o cream cheese, um fiozinho de azeite, hortelã picadinha, sal e pimenta. Passa essa misturinha em duas fatias de pão de forma (usei um de chia com macadâmia), bota o pepino por cima e voilà!

Dá pra substituir o cream cheese por requeijão, maionese, cottage, aquele creminho de minas ou outro de sua preferência.

*Fonte – A receita veio daqui.