Palmito assado com ervas e manteiga ghee

palmito

Por vezes preciso fazer comidinhas que não necessitem da minha presença o tempo todo ao lado do fogão – pois tem dias da semana que tenho tarefas de escola para executar com o Enzo e isso toma bastante tempo pela manhã e é exatamente nessa hora que faço do forno o meu melhor amigo e na minha visão de cozinheira ele é realmente um grande aliado. Coloquei o palmito sobre uma folha grande de alumínio e reguei com manteiga ghee (manteiga clarificada) um fio de azeite, ervas finas desidratadas, pimenta moída na hora, grãos de aroeira uma leve chuva de sal maldon e antes de fechar meu maravilhoso envelope eu somei alguns dentes de alho inteiros. Fechei o pacote e levei em forno baixo até que o palmito esteja macio. Enquanto fazia a tarefa com o Enzo sentia o perfume do assado invadido a casa e por vezes me fazendo perder a concentração, sirva com um grelhado.

*obs – no meu instagram tem uma foto da manteiga ghee (clarificada) que utilizo e do local onde você pode adquirir caso não encontre perto de você, esse lugar entrega no conforto do seu lar. Me siga por lá e saiba da minha rotina e produtos que testo e muitas outras coisinhas.

Gravatinha com legumes assados

gravata

As vezes me pego no dilema, o que fazer para o almoço?! Ou mesmo aquele assim; Ui, hoje tudo esta atrasado e preciso correr contra o tempo – nesses momentos eu lembro de quanto o forno é melhor amigo da cozinheira, higienizo os legumes que neste caso foram; abobrinha italiana, mini cebolinhas, pimentão, beringela, tomates sem sementes e corto tudo em cubos médios, coloco 2 dentes de alho picadinhos, uma boa regada de azeite honesto, pimenta moída na hora e uma pequena chuva de sal maldon e levo ao forno médio e enquanto o forno trabalha eu cuido de todas as outras tarefas, tipo: Estender as camas, juntar brinquedos, organizar as contas para pagar no dia, colocar roupa na secadora e novamente encher a lava roupas, dar um tapa no banheiro e quando volto a mágica já aconteceu e o perfume que espalha pela casa deixa qualquer um inebriado e só falta mesmo cozinhar uma massa al dente e juntar o lé com o cré ou seja os legumes com massa, abrir o vinho e ter uma refeição perfeita.

Torta saudável de queijo fresco e escarola

quiche

Meu povo não precisamos comer todos os dias com carne, e se esse é o seu mundo estamos juntos, se não; que tal começar a tentar?! Você vai estar aberto a novas experiências e a novos sabores e porque não novas histórias para contar?! Essa torta foi feita com um queijo super especial, e o que é melhor um queijo nosso desenvolvido, feito e com toda nossa carga cultural. Para os pequenos e grandinhos que torcem o nariz ao ver um verdinho, acredito que assim fique mas atraente e para aqueles que querem aderir uma dieta sem carne, fica a dica de uma comida que vai além do tomate com alface.

Massa – 2 xícaras (chá) de farinha de trigo, 5 colheres (sopa) de manteiga ou margarina vegetal, 1 pitada de sal, 1 gema e água o suficiente para amassar e homogenizar essa massa, depois de pronta deixe descansar por 15 mts, só então abra e forre o fundo da sua assadeira, a minha tinha 22cm de diâmetro .

Recheio – 300 g de queijo fresco amassado, sal, orégano e pimenta moída na hora, 1/2 pé pequeno de escarola lavado e picado, 1/2 cebola picada, 1 dente de alho picado, 2 tomates s/pele e s/ sementes picados, 1 cenoura pequena ralada, 1 colher (sopa) de azeite, 1 xícara (chá) de creme de leite, 1  1/2 colher (sopa) de farinha de trigo, 3 ovos.

Preparo do recheio – Misture o queijo, os temperos, o sal a cebola, o alho, o creme de leite e os ovos. Adicione os tomates, a cenoura, a escarola, a farinha de trigo e misture bem. Espalhe o recheio na massa reservada e leve ao forno pré aquecido a 180 graus, por aproximadamente 25mts.

Uma dica e um pastel de forno

pastel de forno cópia

Hoje não tem receita é apenas uma dica, mas uma dica quente em meu povo?! Adoro uma massa de pastel de forno vendida a um preço honesto em todos os mercados, tem duas ou três marcas já testei todas mas vou colocar a foto da que utilizei nesse dia lá no Instagram, me sigam por lá e vejam como é meu dia a dia e muitas dicas, inclusive a páscoa do Feijão no Prato está toda postada lá. Bom mas essa massa é ótima e fácil de lidar , primeiro retire uma meia hora antes do uso, e umedeça as bordas para que feche bem direitinho. Eu fiz um refogado de legumes, com abobrinha italiana, berinjela japonesa e cebola, cheiro verde picadinho, azeitonas, tomates picados em cubos e um bom fio de azeito honesto e temperei com sal e alho sofrido no pilão e pimenta moída na hora – esse foi o recheio escolhido. É importante que esse recheio esteja frio na hora de usar. Depois de recheado e fechado o pastel, pincelei com ovo batido e levei ao forno médio até dourar.

Mexido – um prato carregado de boas lembranças pra mim

mexido

Quando era adolescente vivia na casa de uma amiga querida que pude reencontrar nessas últimas férias, e depois de um longo café e muita conversa (que não deu pra matar as saudades) mas que deu pra voltar um pouco no tempo e lembrar de muitas coisas boas e saber de notícias não tão boas assim, como o falecimento da mãe dela que era uma pessoa incrível, eu voltei pra casa com a certeza de que postaria o famoso mexido aqui – Bom em Goiás mexido é um clássico e na casa dessa minha amiga eu comi por muitas vezes o melhor mexido que já pude provar, um sabor único e sempre que faço em casa me lembro dela e do mexido que ela faz como ninguém. E pra fazer não tem segredo, basta juntar todos os retinhos da sua geladeira e um porção de arroz, e começar a brincadeira; no meu caso eu aqueci uma frigideira de fundo pesado e refoguei meia cebola picadinha com um dente de alho também picado peguei esse refogado e deixei no cantinho da frigideira e no espaço livre da mesma eu estralei dois ovos, coloquei um toquinho de sal e mexi, assim que ficaram prontos eu misturei com o refogado e juntei um pouquinho de carne moída, cenoura raladinha o arroz e por fim coloquei um toquinho de pimenta moída na hora e cheiro verde picadinho.

O picadinho e a tradição que vem se perdendo

picadinho

Nós Brasileiros temos como prato básico o arroz e feijão, uma tradição que vem perdendo força para os inúmeros congelados e comidas pré preparadas existentes hoje no mercado e por isso para dar o alerta que não podemos deixar essa tradição tão rica se perder, que eu aproveitei um pequeno acidente de percurso em minha cozinha para mostrar que a comidinha do dia a dia é cheia de bossa minha gente.

Eu tinha alguns filés de contra coxa de frango no freezer e qual não foi minha surpresa ao descongelar e ver que tinha apenas 3 unidades (eu sempre costumo colocar as quantidades nas etiquetas mas dessa vez passou batido), e já com o almoço sendo preparado no último minuto do segundo tempo, ou seja sem tempo algum para descongelar outra carne ou até mesmo chegar até o açougue do bairro, coloquei a *caixola para funcionar – sim, aquele objeto de luxo que temos acima do pescoço (rs), e tratei de retirar da geladeira um gomo de linguiça defumada e algumas cenoura, saquei do armário um lata de tomates pelados em cubos e pronto a festa estava feita ou melhor o almoço. Foi só picar em cubos os filés e temperar com sal e pimenta sofrido no pilão, cortei o gomo de linguiça em cubos pequenos e com a panela quente eu reguei um fio de óleo de cozinha e refoguei o frango até dar aquela boa selada e juntei a linguiça e deixei dar uma leve refogada, somei as cenouras cortadas em cubos e a lata de molho, uma meia xícara de água – tampei a panela e deixei cozinhar por alguns minutos coisa rápida depois que pega a pressão já fique de olho, abra a panela depois uns 4 ou 5 mts e corrija o tempero e deixe apurar o molho.

Evitando o Pão

rolinho

As vezes evitamos o carboidrato a noite, ops – devo dizer que isso quase nunca acontece pois por aqui as boquinhas são nervosas por demais, mas seu caso é evitar o pão e quer fazer um pequeno lanche ou pequeno almoço eu aconselho e muito esses belos e frescos rolinhos de alface americana com um substancioso recheio de frango. E pra fazer não tem segredo e nem se quer receita só uma dica mesmo.

Tempere seu peito de frango com aquele temperinho que sua família gosta e cozinhe, depois de cozido desfie bem (eu utilizo a batedeira para esse trabalho), e ai junte a esse frango desfiado, azeitona picadinha, cebolinha bem picada, ervilha e milho verde, uma boa regada de azeite honesto, corrija o sal e pimenta do reino e para que fique molhadinha junte iogurte natural até que fique com uma consistência cremosa. Pegue folhas de alface americana limpa e seca e faça seus rolinhos recheando com esse creme de frango e prenda com auxilio de palitinhos.

Creme de Cabotia

sopa

Para um menino que adora sopas e pra você já ir se preparando para temperaturas mas frescas (será)?! Bom o fato é que por aqui os pequenos e grandinhos adoram sopinhas e creminhos e vez ou outra eu coloco o caldeirão no fogo para tirar lá lindas e fumegantes tigelinhas de sopa e porque não dizer cheia de carinho?! Esse creminho eu fiz com meia cabotia orgânica que tinha na geladeira e o esquema foi o seguinte – aqueci a panela de pressão (mas pode fazer na panela comum – foi só para ganhar tempo mesmo), regue com um fio de azeite e deixe suar uma cebola picadinha com um pouco de sal e alho sofrido no pilão, some os pedaços de meia abóbora cabotia e duas batatas, coloque água quente, feche a panela e deixe cozinhar até ficar bem macia – retire do caldo (reserve este caldo) e coloque no liquidificador (ou utilize o mix como eu) e depois reserve. Em outra panela deixe dar uma leve fritada em um gomo de linguiça calabresa cortada em cubinhos (pode ser frango desfiado, carne de sal, carne de panela ou até mesmo linguiça fresca), some o creme que bateu e comece a afiná-lo utilizando aquele caldo que reservou, até encontrar o ponto desejado. Sirva quentinho acompanhado de cebolinha picada e torradinhas.

Um bife e meio para 4 sanduiches

abobrinha

O que fazer quando se tem um bife e meio e quatro boquinhas famintas a espera de um jantar tardio?! Simples sanduíches, caprichados e saborosos. Corte uma abobrinha em fitas finas, tempere com sal e pimenta moídos na hora, regue com um fio de azeite generoso uma grelha ou frigideira pesada e deixe aquecer bem, grelhe essas fitas de abobrinha e reserve. Lave dois tomates e corte em rodelas, regue com fio de azeite honesto e tempere com sal e pimenta moídos na hora – abra ao meio os pães (eu usei francês), mas pode ser o que tiver a mão na hora deixe os mesmo reservados – pegue seus bifes e unte com azeite e os coloque na chapa bem quente, tempere com um toquinho de sal e pimenta moídos na hora, vire a carne e tempere do outro lado (aqui deixei ao ponto), retirei da chapa quente  reservei por alguns minutinhos, depois do tempo aguardado eu os fatiei em tiras fininhas, voltando ao pão, coloque algumas tiras de abobrinha grelhada, tirinhas de carne, fatias de tomate e para finalizar eu coloquei burrata que apenas abri com auxilio das mãos e depositei por cima dos tomates, feche o sanduíche e sirva.

Carne e legumes tudo em uma panela só

carne com legumes

Ô abre alas que o Feijão no Prato quer passar – mas não vai fazer feio na avenida e por isso vem deixar pra vocês uma receita express, tudo em uma panela só – pois tudo que queremos no feriadão é a praticidade.

Para executar a receita – aqueça sua panela wok ou uma frigideira larga com fundo pesado, e coloque um fio de óleo de soja e refogue rapidamente a carne que deve ser cortada bem fininha, tempere a mesma na panela quente com alho e sal sofrido no pilão e retire essa carne da panela e reserve. Na mesma panela regue com um bom fio de óleo de gergelim e refogue os legumes (utilizei; brócolis, couve flor, cenoura em palitos, erva doce) acrescente duas colheres sopa de shoyu e abaixe o fogo para que esse legumes dê uma leve cozida, o importante é que eles fiquem crocantes, mas perca o sabor de legumes crus – depois disso feito, some a carne reservada dê uma aquecida na mesma deixando os sabores de misturarem e retire do fogo. Sirva com arroz japonês branco.