Gallete ou Torta Rústica de Tomates Assados

torta rústica

Era feriado, era dia de preguiça e era dia de fazer o casamento da farinha com fermento e se tiver recheio para coroar essa união aí a festa fica completa. Coloquei lindos tomatinhos cerejas vermelhinhos e amarelos, sal e pimenta moídos na hora, cebola picada em pedaços grandes e dentes de alho tudo isso somado a uma generosa regada de azeite honesto vai ao forno bem baixinho, não precisa pressa o segredo aqui é a paciência. Depois desses tomatinhos ficarem macios mas sem se desmanchar, do tipo que vai explodir na boca a cada naco de torta devorado, você retira do forno e reserve e nesse momento começa a brincadeira com a massa de pão, de torta ou o simples encontro da farinha com fermento.

 

Massa

  • 1/2 tablete de fermento biológico
  • 1 colher (sopa) de açúcar
  • 1/3 de xícara (chá) de leite morno
  • 2 e 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (café) de sal
  • 1 ovo
  • 3 colheres (sopa) de margarina em temperatura ambiente (usei margarina pra uso culinário)
  • Óleo para untar

Dissolva o fermente com o açúcar e o leite morno, acrescente 2 colheres (sopa) de farinha de trigo e misture bem. Cubra e deixe descansar por 15 minutos. Em uma tigela misture o restante da farinha de trigo e o sal, faça uma abertura no centro e coloque o ovo, a margarina (ou manteiga) e a massa fermentada. Junte a mistura de fermento e trabalhe com a massa em uma superfície enfarinhada até que esteja macia e homogênea. Coloque em um recipiente untado com óleo e gire a massa para que fique besuntada com o óleo. Cubra e deixe crescer por 40 minutos. Após esse tempo baixe a massa com as mãos e deixe crescer novamente por 15 minutos. Abra a massa em círculo (30cm de diâmetro) e coloque sobre o fundo externo de uma assadeira (25cm de diâmetro) eu usei uma assadeira de vidro para pizza e apenas enfarinhada. Nesse momento eu apliquei o recheio , que no meu caso foi queijo fresco (conservado em salmora, esse queijo tem o sabor mais forte e mais pronunciado que o queijo fresco que estamos acostumados, ele dá recheios de tortas e acompanhamentos de saladas maravilhosos – vou deixar a marca aqui em baixo), coloquei por cima os tomates assados tendo o cuidado de separar bem o azeite e para fechar com chave de ouro coloquei um pouco mais do queijo e levei ao forno médio até que a massa esteja dourada e assada o que seria +/- 30 minutos.

Anúncios

Bolinhas de Ricota no Azeite

bolinhas

Com a mesma ricota postada semana passada, eu fiz essa conserva que fica show para acompanhar sua torrada, fatia de pão ou até mesmo compor seu sanduíche – dica simples e encantadora e de quebra pode se encaixar na *catigoria economia doméstica porque se planejar é tudo minha gente.

Com a mesma massa da ricota já postada aqui – você tempera com sal e pimenta moídos na hora e amasse bem e forme as bolinhas, em um vidro esterilizado você coloque azeite extra virgem até o meio e coloque um dente alho cortado ao meio e se quiser umas ervinhas, no meu caso usei folhas de manjericão, coloque as bolinhas e se precisar termine de completar o vidro com azeite, guarde na geladeira e espere 3 dias para consumir assim o azeite e as bolinhas pegam os sabores tanto do alho quanto da erva utilizada.

vidro

Ricota Fresca

Ricota

Eu ando pensando e repensando minhas compras em super e hipermercados, sempre fiz muitas coisas em casa mas ando pensando que deveria fazer mais e seguindo essa proposta fiz minha ricota ontem a noite, para fazer o almoço de hoje (que foi uma simples deliciosa lasanha de espinafre com ricota), e hoje fiz outra ricota que vou mostrar amanhã o destino dessa outra ricotinha, sugiro que fiquem ligados. O fato é que ricota é algo tão simples de se fazer que não vejo nenhum motivo se quer para cair na tentação e comprar uma pronta e olha essa receita te renderá uma ricota macia, cremosinha, úmida e não seca como a grande maioria que encontramos no mercado.

A receita é de uma amiga que tenho muito, muito carinho um companheira de blog das antigas e vou deixar lá embaixo o endereço dela e sugiro que vão até lá e leiam com carinho o trabalho dela que eu adoro e super recomendo.

1 Litro de Leite de Saquinho com alto teor de gordura (eu faço com leite integral de caixinha e dá super certo)
3 colheres de sopa de vinagre branco ou de limão
6 colheres de sopa de creme de leite
sal a gosto

Ferva o leite, desligue o fogo e acrescente o vinagre ou o limão, misturando bem.

Feche a panela e aguarda dez minutos.

Pegue uma peneira fina, coloque um pano limpo dentro da peneira (pode ser pano de prato nunca usado ou uma fralda de criança – também nunca usada, né?), coloque em cima de uma vasilha para escorrer o soro.

Volte para a panela, você verá o soro separado da gordura do leite. Leve esse leite e coloque na peneira, deixe o soro escorrer para a vasilha, apertando o pano para tirar o liquido.

Deixe descansando durante meia hora, coloque a coalhada (gordura do leite) em uma vasilha para temperar.

O tempero é a gosto, mas terá que adicionar o sal e o creme de leite (quem quiser, pode colocar um pouco do soro no lugar do creme).

também poderá colocar salsinha, cebolinha, alho, pimenta do reino ou pimenta calabresa… enfim, a criação fica com você.

Mas se você quiser colocar apenas o sal e o creme de leite, já fica maravilhoso.

Outra coisa, se o leite coalhou ou azedou, não jogue fora, no lugar de levar ao fogo, você já pode colocar direto no pano e a peneira para tirar o soro e fazer a sua ricota.

O soro do leite, você pode guardar em uma garrafa pet para fazer pães ou tortas. Existem sucos que usam esse soro do leite e são bem caros por sinal.

Se você for fazer suco, use o leite que coalhou naturalmente, já que o soro que tem limão ou vinagre, tem o gosto mais ácido.

Outra coisa que eu descobri, é que o soro do leite também é o famoso e querido Whey Protein. O soro do leite é cheio de proteínas, vitaminas, minerais e enzimas.

Fonte – Blog Manga com Pimenta

Cookies Floresta Negra

cookies

Fazer biscoitos é uma brincadeira surpreendentemente divertida se tem crianças então, aí a brincadeira fica completa, diversão na certa e garantida. Sei que cookies e biscoitos em geral mete medo em muita gente, muitas pessoas me falam sempre que acham complicado e que tem medo de tudo desandar e perder os ingredientes, mas eu sempre respondo que biscoito no meu mundo entra na regra da confeitaria, tem que seguir milimetricamente todas as medidas e pesos, e ai sim vai ter um resultado perfeito. Então vamos brincar?!

– xícara medidora de 240ml

1 xícara + 1 colher (sopa) – 150g – de farinha de trigo
1 colher (chá) de fermento em pó
1 pitada de sal
½ xícara (113g) de manteiga sem sal, temperatura ambiente
¼ xícara + 2 colheres (sopa) – 75g – de açúcar cristal
¼ xícara (44g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
1 ovo grande
½ colher (chá) de extrato de baunilha
50g de cerejas secas
150g de chocolate amargo ou meio-amargo em gotas – usei um com 53% de cacau

Pré-aqueça o forno a 180°C. Forre uma assadeira grande, de beiradas baixas, com papel manteiga.
Em uma tigela média, misture com um batedor de arame a farinha, o fermento e o sal.
Na tigela grande da batedeira bata a manteiga e os açúcares até obter um mistura clara e cremosa. Junte o ovo e a baunilha. Raspe as laterais da tigela. Em velocidade baixa, junte os ingredientes secos batendo somente até incorporar. Com uma espátula de silicone, incorpore as cerejas e o chocolate.
Faça bolinhas com 2 colheres (sopa) niveladas de massa e coloque nas assadeiras preparadas, deixando 5cm de distância entre uma e outra. Asse por 10-12 minutos ou até que os biscoitos estejam levemente dourados por toda a superfície e um pouquinho mais escuros nas extremidades. Co uma espátula fina de metal, solte os biscoitos do papel e deixe esfriar completamente na assadeira.

Rend.: cerca de 20 unidades

Fonte – Lindo e delicioso Blog Technicolor Kitchen

cookies P

Muffin de abobrinha, parmesão e hortelã – Para dar um viva a primavera

Muffins

A primavera chegou e junto com ela um calor incrível, e já começo a me movimentar no sentido de mudar o jantar dos pequenos e grandinhos da casa, fazendo lanches que nos remetam a uma comida mais leve – esse bolinho é pra mim a cara dessa estação, e posso te garantir ele feito em uma assadeira maior, e cortado em cubos – com uma pequena cumbuca de um bom azeite vira um belo petisco para acompanhar o suco gelado dos pequenos e breja dos adultos.

  • 3 abobrinhas raladas (cerca de 400grs)
  • 200 grs de farinha de trigo
  • 1 pacote (7 grs) de fermento biológico – eu utilizei fermento quimico em pó para bolo
  • 100 ml de azeite extra virgem
  • 3 ovos
  • 80 grs de queijo parmesão ralado
  • 3 colheres (sopa) de hortelã picadinha

Coloque um pouquinho de azeite numa panela e refogue a abobrinha ralada mexendo sempre por 5mts. Transfira para um prato e reserve (utilize frio). Coloque a farinha e o fermento numa vasilha, misture. Faça um buraquinho no centro e acrescente os ovos, leite e azeite. Misture tudo delicadamente com a ajuda de fouet. Acrescente o queijo ralado, a hortelã e abobrinha, misture gentilmente. Por fim acrescente um toquinho de sal e pimenta à gosto, junte o fermento e torne a misturar delicadamente. Coloque nas forminhas para muffins e leve para assar em forno médio preaquecido e deixe assar por 20 minutos.

*Fonte – Blog Trem Bom

 

Cenario

 

O calor, a Cerva Gelada e o Petisco

comidinha

Final de semana chegando, calorão e a turma já sonha com cervejinha gelada, e o que fazer para embalar essa bebida que é paixão nacional? Eu te mostro aqui, que tal esses fagottinis fritinhos, super crocantes e super fácil de fazer – basta abrir a embalagem,  e fritar em imersão em óleo quente, até dourar – para acompanhar uma salsa um molhinho bem gostoso e de preferência picante.

Obs – Pode ser capeletti ou Ravioli e com o recheio da sua preferência.

O calor e o jantar

sanduiche com salsa

Depois de um dia cheio, e graças a Deus com a novela da nova escola do meu filhote recheio da bolacha resolvido eu só queria um bom banho e me esticar sofá e esquecer que o mundo existe, calma esse pensamento durou pouco – Eu sei que tenho filhos e um lar para tocar e depois do banho abri a geladeira e pronto, e em segundos no melhor estilo *Mac Gyver saiu o jantar fresco e delicioso.

Preparo – Tinha deixado pronto uns bifes de panela, e com eles eu apenas peguei duas fatias de pão de forma e em uma delas forrei com uma fatia de queijo muçarela, cobri com um bom bifinho, fatias de tomate, uma salsa de abacate com cebola, coentro, suco de limão, sal e pimenta moídos na hora e uma boa regada de azeite, para finalizar folhinhas de mini agrião.